Publicidade:

Dicas para plantar batata-doce: guia completo para plantar de 8 formas diferentes

Saber plantar batata-doce é muito útil e não pense que precisa de ter um grande terreno ou campo para fazê-lo. Na verdade, basta-lhe um saco.

Dicas para plantar batata-doce: guia completo para plantar de 8 formas diferentes
Cultive as suas próprias batatas-doces

Se nunca pensou em plantar batata-doce, talvez este artigo vá alterar as suas ideias e projetos. Quando perceber como é simples e prático plantar batata-doce, certamente também vai querer fazê-lo, até porque este é um tubérculo cheio de benefícios para a nossa saúde. Portanto, se já se rendeu às vantagens e ao sabor delicioso deste tubérculo, então ponha em prática as nossas sugestões de cultivo e tenha as suas próprias batatas-doces caseiras.

Batata-doce: aprenda a plantar este alimento nutritivo


Embora não seja tão comum no nosso país, não é apenas o tubérculo da batata-doce que é comestível: também as suas folhas (cozidas) são bastante saborosas e nutritivas. Como a sua folha é muito bonita, pode também ser usada como planta ornamental, plantada tanto em jardins como em vasos – mas, a seguir damos todas as dicas de como e onde o fazer.

A batata-doce tem sido também muita associada a dietas de emagrecimento e de redução do colesterol mau, pois é um alimento rico em fibra, potássio, proteína e fósforo. Além disso, por ser um alimento com um índice glicémico baixo, ajuda a provocar a sensação de saciedade durante mais tempo. Para plantar batata-doce basta seguir estes 4 passos.

plantar batata doce

1º passo – Germinar a batata-doce

Pode plantar batata-doce de três formas: a partir da rama da planta adulta; a partir da semente; ou a partir da germinação do próprio tubérculo. Esta última técnica é a mais usada, principalmente por quem vai iniciar o seu cultivo. Para tal basta colocar uma batata-doce num copo de água que cubra apenas parcialmente o tubérculo. Aos fim de alguns dias verá como criou raízes e rama.

2º passo – Plantar a batata-doce

O solo deve ser fértil e rico em matéria orgânica e é muito importante que não tenha pedras nem outros detritos. Pode ser plantada em terrenos abertos ou em vasos, desde que tenha pelo menos 35 cm de diâmetro e de profundidade. A batata-doce germinada deve ser introduzida na terra de modo a que as raízes, o tubérculo e parte do caule fiquem cobertos. O ideal é fazer plantar batata-doce entre abril e maio para garantir que o tubérculo possa ser colhido antes da chegada do inverno.

3º passo – Rega

A batata-doce não exige muitos cuidados, sendo bastante vigorosa e resistente. O solo deve ser regado de forma a estar sempre húmido, evitando que fique encharcado.

4º passo – Colheita

A batata-doce pode ser colhida entre 100 a 180 dias após a plantação, dependendo das condições de cultivo. Contudo, é importante que seja colhida antes do inverno e das temperaturas mais baixas.

Aproveite estas dicas para plantar batata-doce e consiga uma planta bonita, que produz um tubérculo comestível e com bastantes benefícios para a saúde, cada vez mais utilizado na nossa culinária.

8 maneiras de plantar batata-doce e outras informações úteis


Num saco

Use um saco de algodão, lona ou sintético, resistente e que permita a respiração da terra – a qual deve ser orgânica e de boa qualidade. Coloque no saco duas a três batatas-doces germinadas, cubra as raízes e regue. Dentro de pouco tempo, terá um saco de batata-doce para cozinhar.

Num saco de aniagem

Um saco de aniagem, feito de juta ou fibra plástica, que é usado para embalar terra, farinha e outros produtos, pode servir para o cultivo de batatas-doces brotadas. Para tal, encha o saco de terra boa e solta, mantenha húmido, sem encharcar e, quando chegar a altura, só tem de colher. Deixe o saco num canto quente da sua varanda ou jardim e verá como os resultados vão valer a pena.

Num balde

Utilize um balde plástico, especialmente se viver numa região seca ou fria, pois a terra manterá a temperatura ideal, dentro do balde. Para tal, faça furos nas laterais do balde, de modo a evitar a acumulação de água, prejudicial aos tubérculos. As batatas-doces precisam de uma terra húmida, mas sem excesso de água.

Num jardim

Plante a batata-doce em fileiras ou nos rebordos do jardim – as folhagens e flores dos tubérculos são bonitas e atraem polinizadores. Deixe um espaço de cerca de 40 cm entre cada planta, para que o seu crescimento não seja prejudicado. Mantenha o solo suave, com uma boa quantidade de areia misturada com a terra orgânica. Evite usar qualquer tipo de adubo durante o crescimento das plantas, pois a adubação aumenta o crescimento da massa verde, diminuindo o peso dos tubérculos.

Na palha

A palha – que pode ser composta por folhas secas, folhagem picotada, mulch, cobertura morta – é muito usada na agroecologia como método de manutenção da estrutura do solo e processos bioquímicos naturais. O que lhe sugerimos, é que cubra o solo com um estrato de 3cm ou 4cm de palha. Além de garantir uma boa colheira, combate o “besouro-da-batata” (Leptinotarsa decemlineata).

Numa “torre”

Selecione uma caixa alta de madeira, onde colocará a terra escolhida e preparada. Quanto mais alta for a caixa, maior será a superfície de cultivo de batatas. As ramas crescerão pelos espaços das tábuas, enquanto os tubérculos crescerão no interior da terra. Quando as batatas estiverem prontas para colher, despeje todo o conteúdo num saco grande e retire as batatas maduras. A terra que sobrar pode ser adubada, repousada e usada para cultivos diversos.

Num “cilindro”

Opte por um cilindro em material sintético – tela plástica – ou metalizado. Esta é uma boa opção e regiões com humidade elevada, pois permite que a terra se mantenha arejada e fresca. A quantidade de terra necessária deve ir sendo adicionada, à medida que as batatas vão crescendo no seu interior.

Num canteiro

Faça um canteiro elevado, com tábuas ou outros materiais adequados para sustentar o peso do solo. Depois, enterre os tubérculos a 3 cm de profundidade e cerca de 12 cm de distância uns dos outros. Durante o crescimento das mudas, vá acrescentando mais solo de cobertura até que o seu canteiro esteja completo. As colheitas serão abundantes e os tubérculos mais saudáveis.

Informações úteis


plantar batata-doce

Quando plantar

A plantação da batata-doce é feita através dos seus rebentos, que crescem das batatas doces armazenadas ou que, também, pode comprar. Se quiser cultivar os seus rebentos, comece o cultivo em Novembro, comprando batatas doces com boa superfície – lisa e sem furos. Uma batata-doce pode dar cerca de 12 rebentos.

Guarde as batatas numa divisão com boa exposição solar e temperatura entre os 18°C e 21°C, até cerca de 3 meses antes das últimas geadas. Depois, mantenha-as 3 meses num vaso, contentor ou outro recipiente com terra, furados para drenagem e com cobertura de casca de pinheiro, por exemplo, para retenção de calor. Plante a batata-doce num ângulo de 45° para os rebentos saírem do solo. Com cerca de 18cm a 30 cm, transfira-as para o exterior.

Tipo de solo

Para plantar batata-doce, o solo deve ter boa drenagem e ser limo-argiloso. Faça corredores de 30 cm de largura com espaçamento de 1 metro e, entre plantas, com uma distância de 24 a 35 cm. Cubra a raíz e cerca de 2 cm do caule, regando inicialmente com uma solução rica em fósforo e, nos dias seguintes, com água de forma abundante para garantir um bom enraizamento. A batata-doce não exige muitos cuidados, sendo bastante vigorosa e resistente. O solo deve ser regado de forma a estar sempre húmido, evitando que fique encharcado.

Cultivo e colheita

Plantar batata-doce pode demorar entre 3 a 4 meses. A plantação deve ocorrer 3 a 4 semanas depois da última geada, ou seja, quando os solos já estão mais aquecidos. A colheita deve ser planeada por teste. Cave batatas de alguns corredores para verificar se o seu calibre já é médio. Se os topos das plantas escurecerem, termine a colheita o mais rapidamente possível para minimizar perdas.

Como ficou claro, plantar batata-doce não é difícil, nem precisa de perceber muito de agricultura para conseguir fazê-lo. Aliás, este guia que construímos para si, simplifica bastante todo o processo e explica, passo a passo, tudo o que é necessário fazer e ter em conta na hora de plantar batata-doce. Portanto, arrisque e abandone os tubérculos de compra e passe a consumir a sua própria batata-doce. Certamente vai notar a diferença no sabor puro, isento de quaisquer conservantes ou aditivos.

Receitas com batata-doce para se inspirar


Ver as 3 receitas vegetarianas com batata-doce para saborear >>

Ver receitas light com batata-doce >>

Ver receitas de chips de batata-doce: simples, saudáveis e deliciosas >>

Ver receita de pão de batata-doce: uma escolha sem glúten >>

Ver sopa de batata-doce: receita rápida, simples e funcional >>

Veja também:

Limpeza e Arrumação