Publicidade:

Plantas artificiais: ter ou não ter, eis a questão!

O tema das plantas artificiais gera sempre alguma controvérsia. Devemos ou não ter estes elementos em casa? Fomos tentar encontrar uma resposta.

Plantas artificiais: ter ou não ter, eis a questão!
Excelente alternativa para algumas situações

Plantas artificiais em casa: sim ou não? A verdade é que as plantas artificiais acabam por ser uma excelente opção se é daquelas pessoas com muito pouca disponibilidade para tratar de plantas verdadeiras ou então acaba sempre por deixá-las morrer.

Conheça mais sobre estes elementos que têm vindo a ganhar cada vez mais popularidade, não só nas grandes superfícies e estabelecimentos, como também nas próprias habitações individuais.

Plantas artificiais: tudo o que precisa saber


Anda há meses para adquirir umas plantinhas para sua casa – afinal, tem aquela sensação que falta qualquer coisa no ambiente decorativo! Um verde ali, uma frescura aqui….mas quando pensa na quantidade de horas que precisa despender para cuidar de uma (ou mais plantas) desiste da ideia.

E se lhe dissermos que temos a solução para si? Já pensou em comprar plantas artificiais? Se a primeira coisa que pensou foi: ah, mas vê-se logo que são artificiais. Engana-se! Hoje em dia já existem modelos de plantas artificiais que nem de perto consegue perceber que não são naturais. É tudo uma questão de analisar as possibilidades e de quanto está disposto a pagar por elas.

E surge-lhe agora o segundo argumento: mas não estou a contrariar todas as ondas de sustentabilidade? Não, de todo! Porque se for daquelas pessoas que simplesmente não consegue fazer durar muito tempo uma planta natural, tem de ir comprar umas atrás das outras e aí sim, está a fazer pior ao ambiente.

Ainda não está convencido? Confira a listagem com os principais motivos para ter plantas artificiais em casa.

Plantas artificiais: 7 motivos para ter uma em casa


plantas artificiais

1. Práticas

Uma das grandes vantagens das plantas artificiais é realmente a sua praticidade. Uma vez compradas, apenas precisam da manutenção rotineira em termos de pó e de sujidade. Basta um pano húmido e um pouquinho de água e ficam frescas. Como novas!

Além disso, outra das vantagens práticas deste tipo de plantas é que não precisam, claro está, de ser podadas ou regadas. A única manutenção necessária é mesmo a limpeza do pó quando necessário. No caso das plantas de seda evite usar sprays de limpeza, pois pode manchá-las.

2. Versáteis

No caso das plantas artificiais, a imaginação e os gostos são mesmo o limite, uma vez que não estão dependentes de determinadas condições climáticas e atmosféricas para sobreviverem e continuarem viçosas. Não precisa de estar em Miami para ter plantas que gostam de muito calor, por exemplo. Basta procurar o modelo que gosta e comprar.

3. Não exigem luz direta

As plantas artificiais são ainda muito utilizadas para decorar zonas do apartamento que não oferecem as melhores condições para manter plantas verdadeiras saudáveis, ou seja, em locais onde a luz natural não é muita ou onde ela simplesmente não existe.

4. Económicas

Se ao início pode ficar um pouco assustado com o preço de venda de algumas espécies de plantas artificiais, é preciso que faça uma pausa nesse ímpeto e que pense connosco. Quantos anos lhe vai durar a planta? Basicamente, todos os que quiser e enquanto as mantiver bem limpas e asseadas.

As plantas artificiais ficam bonitas desde o dia que as comprou. Considerando que não tem a necessidade de substituir a planta ou de comprar adubo ou fertilizante e substrato, contas feitas, as plantas artificiais podem acabar por sair mais em conta.

5. Cada vez mais realistas

Mais um motivo para optar por plantas artificiais: elas são de facto cada vez mais realistas. Existem alguns modelos, mais avançados e cuidados, que mesmo ao toque chegam a enganar… Por isso, se tinha medo que a sua casa ficasse com um ambiente de “loja dos 300”, isso hoje em dia já não acontece.

6. À prova das estações do ano

Sim, com plantas artificiais pode ter durante todo o ano espécies que supostamente só dariam flor no inverno ou no verão. Elas não estão sujeitas a alterações de temperatura, humidade e afins!

7. Inofensivas para a saúde

Se tem em casa animais de estimação, as plantas artificiais são sempre uma aposta bem segura. Sabia que há espécies de plantas naturais que por mais inofensivas que sejam para os humanos, podem conter propriedades tóxicas ou mesmo venenosas para os nossos companheiros de quatro patas?

Além disso, e ainda na no que a questões de saúde diz respeito, as plantas artificiais podem resolver também alguns problemas às pessoas com maior sensibilidade em termos de alergias e problemas respiratórios.

Ideias para decorar com plantas artificiais


plantas artificiais

São mil e uma as possibilidades para decorar a sua casa com plantas artificiais.

  1. Em primeiro lugar, faça uma ‘vistoria’ da casa e procure as áreas que poderiam ficar bem mais interessantes com a presença de uma planta ou de mais cor;
  2. Depois, pense quais desses espaços ficariam bem com plantas artificiais mais altas, de pé, como pequenas árvores, e outros onde um pequeno vaso seria suficiente. Tenha atenção às plantas mais compridas para que não sejam um obstáculo à passagem ou à visibilidade;
  3. Além de áreas da casa específicas, pode também pensar em pormenores e apontamentos onde pode utilizar estes itens decorativos – uma jarra de centro de mesa, uma mesinha de apoio à entrada da sala, um apontamento na parede ou até mesmo uma fila de plantas versão micro;
  4. Quando as comprar, tenha em atenção alguns aspetos: invista num material mais resistente e não apenas em plástico – além de mais duráveis são mais ecológicas – e não se esqueça de comparar com o exemplar ‘verdadeiro’, para garantir que são cópias o mais fiéis possível.

Com tudo isto não estamos a dizer, de todo, que entre as plantas artificiais e naturais deva escolher a primeira opção. Até porque uma planta natural é sempre uma planta natural. Mas se encaixa neste perfil que traçamos mais acima, esta pode bem ser uma excelente forma de trazer apontamentos verdes à sua casa sem riscos para a saúde e sem necessidade de ter um grande esforço em termos de manutenção de cuidado.

Veja também:

Helena Peixoto Helena Peixoto

‘If you can dream it, you can do it’: é assim que gosta de pensar e viver a vida. Casada, com um filho e com um cão, vê na família e amigos os seus bens mais preciosos, mas não passa sem um bom desafio profissional. Comunicar é a ‘sua praia’, seja em canais mais institucionais ou meios mais informais. Adora um bom filme, uma viagem dentro ou fora do país, é apaixonada por animais e anda sempre ‘à caça’ das últimas promoções.

Limpeza e Arrumação