Publicidade:

Plantas para um jardim vertical: o que usar

Está a sonhar adicionar mais verde à sua casa, mas não tem espaço exterior e vive dentro de poucos metros quadrados?  Conheça aqui as melhores plantas para um jardim vertical.

Plantas para um jardim vertical: o que usar
Prepare-se para construir o seu

Antes de começar a planear o seu, deve saber quais as melhores plantas para um jardim vertical. Só assim poderá ter a certeza de que tudo vai correr como esperado. Na verdade, se não souber previamente o tipo de plantas que vai usar, não pode escolher o tipo de estrutura mais adequada para construir o seu próprio jardim vertical.

Mas então quais as melhores plantas para um jardim vertical?


plantas para um jardim verticalFonte: Flores CulturaMix

Para que o jardim vertical seja um verdadeiro sucesso, é importante avaliar o espaço onde vai ser criado, tendo em conta o clima e a iluminação. Todos estes fatores são determinantes para a escolha das espécies de plantas a incluir no seu jardim vertical.

Ambientes de sol

Em ambientes de sol, entre as melhores plantas para um jardim vertical encontram-se as seguintes:

  • o aspargo pluma ou aspargo rabo de gato (Asparagus densiflorus);
  • a hera inglesa (Hedera helix);
  • o clorofito (Chlorophytum comosum);
  • a barba de serpente (Ophiopogon jaburan);
  • a brilhantina (Pilea microphylla);
  • o colar de pérolas ou rosário (Senecio rowleyanus);
  • a flor canhota (Scaevola aemula);
  • a flor de coral (Russelia equisetiformis);
  • o liríope (Liriope spicata);
  • a jibóia ou hera do diabo (Epipremnum pinnatum);
  • o lambari roxo (Tradescantia zebrina);
  • a orquídea grapete (Spathoglottis unguiculata);
  • a tilândsia (Tillandsia);
  • a trapoeraba roxa (Tradescantia pallida purpúrea).

Ambientes de meia sombra ou interiores

Já para jardins verticais que vão ser criados em ambientes de meia sombra ou para os que são criados no interior da casa, as melhores plantas são as seguintes:

  • as bromélias (Guzmania);
  • a babosa de pau (Philodendron martianum);
  • os antúrios (Anthurium andraeanum);
  • os asplênios (Asplenium nidus);
  • a orquídea chuva de ouro (Oncidium);
  • a barba de serpente (Ophiopogon jaburan);
  • a columéia peixinho (Nematanthus wettsteinii);
  • a samambaia ou chifre-de-veado (Platycerium bifurcatum);
  • o rabo de burro (Sedum morganianum);
  • a flor de maio (Schlumbergera truncata);
  • o dinheiro em penca (Callisia repens);
  • a falenópsis (Phalaenopsis x hybridus);
  • a flor batom (Aeschynanthus radicans);
  • a peperômia filodendro (Peperômia scandens);
  • o rabo de gato (Acalypha reptans);
  • a ripsális (Rhipsalis bacífera);
  • a renda portuguesa (Davalia fejeensis);
  • o singónio (Syngonium angustatum);
  • a vriésia (Vriesea).

Veja também:

Limpeza e Arrumação