Publicidade:

Descubra como encontrar a posição ideal de condução

Cada condutor tem uma determinada postura ao volante, mas é possível aprender como encontrar a posição ideal de condução. Fique a saber mais sobre este tema.

 
Descubra como encontrar a posição ideal de condução
Uma posição de condução correta pode influenciar as viagens

É importante saber como encontrar a posição ideal de condução, pois só ela poderá garantir um maior controlo sobre o veículo, assim como uma maior segurança na condução, permitindo que o condutor se sinta sempre em alerta de forma a intervir repentinamente, conseguindo proteger o corpo de mazelas em caso de colisão.

Na verdade, quando um condutor se torna mais experiente, começa a ter hábitos de condução que podem ser comprometedores. Se, por um lado, um aluno nas aulas de condução é ensinado a percorrer uma lista de ações pré-definidas, antes de iniciar a marcha, a maioria dos condutores experientes coloca de lado esses ensinamentos, limitando-se a agarrar o volante e prosseguir a sua viagem logo de imediato.

Tendo em conta que os automóveis modernos são dotados de novos parâmetros de conforto na segurança passiva, pode parecer estranho falar-se sobre alcançar a posição de condução perfeita. Contudo, a posição ideal de condução não está diretamente relacionada com a sensação de conforto momentânea, mas sim com uma postura que, a longo prazo, comprove ser a mais correta, mas também ideal, para a sua configuração ergonómica na condução.

Desde a forma como o condutor manuseia o volante, à forma como encosta a cabeça ou coloca os pés nos pedais, todas estas ações devem estar em perfeita harmonia para que a condução não se torne algo penoso para o corpo a fim de cada viagem. Caso já tenha por garantida a sua postura sempre que entra no automóvel, existem outras variáveis que poderão ajudar a descobrir como encontrar a posição ideal de condução.

Como encontrar a posição ideal de condução: 7 aspetos a ter em conta


Ao serem adotados determinados hábitos de condução menos corretos e seguros, questões ligadas à saúde do condutor, assim como à sua segurança ao volante, podem ficar condicionadas. Desta forma, caso seja um condutor que sente frequentemente dores no pescoço, costas ou região lombar, talvez seja altura de verificar e analisar a postura que assume durante a condução.

É importante lembrar que, a médio e longo prazo, uma postura incorreta poderá causar efeitos secundários na coluna. Mesmo que pareça trivial associar-se à condução, a verdade é que como encontrar a posição ideal de condução pode tornar-se num desafio técnico e complexo, embora tudo consista num ajuste às suas exigências ergonómicas, sem nunca comprometer a sua segurança. Portanto, atente nos seguintes 7 aspetos.

mãos no volante

1. Posição das mãos no manuseio do volante

Recomenda-se que a posição das mãos no manuseio do volante seja feita na posição das 9h15 (como nos ponteiros do relógio). O motivo é muito prático e simples. Uma vez que a maioria dos comandos do volante se encontram nestas zonas, o condutor não necessita retirar as mãos do mesmo para os utilizar.

Para efetuar as curvas, o recomendado pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) é que a mão do condutor deva subir na direção do lado para onde vai curvar até ao topo do volante e erguer o volante até à posição mediana (3h ou 9h, de acordo com os ponteiros do relógio). A mão oposta deve permanecer sempre no sítio.

O IMT refere que esta posição oferece menos fadiga muscular e garante maior precisão e rapidez no controlo do veículo, por exemplo, numa situação de emergência.

2. Posição dos braços

Quanto à posição dos braços, aconselha-se que se conduza sempre com os mesmos fletidos e nunca esticados. Com esta posição, será mais fácil manobrar o volante, obtendo mais força e precisão sobre o mesmo.

3. Posição das costas

As costas devem estar direitas, reguladas de acordo com o banco. Desta forma, será de esperar que os ombros não necessitem deslocar-se do banco para efetuar as curvas. Procure não posicionar drasticamente o banco, tanto na vertical como na horizontal.

4. Posição das pernas

A forma como posiciona as pernas é também fundamental para quem procura saber como encontrar a posição ideal de condução. Tal como os braços, também as pernas devem estar fletidas durante a condução. Se sentir que está a exercer demasiada força na zona superior da perna, deverá rever a posição. Para uma postura desejável, o pé esquerdo deve conseguir pressionar corretamente o pedal de embraiagem por completo.

postura de condução

5. Posição da cabeça

Em caso de acidente, a distância da cabeça ao encosto do banco pode fazer toda a diferença. Desta forma, atente particularmente na forma como ela fica posicionada. O encosto da cabeça deve estar ajustado pelas orelhas, sendo que o limite do mesmo deve coincidir com a linha dos olhos.

6. Posição da zona lombar

Por sua vez, a zona lombar deverá estar encostada ao banco, de forma a compor um ângulo de 90 graus. Esta recomendação torna-se ainda mais relevante quando as viagens se tornam longas e permanecemos na mesma posição muito tempo, contraindo por defeito a zona lombar.

7. Correta utilização dos pedais

Para saber como encontrar a posição ideal de condução é ainda importante que faça uma correta utilização dos pedais, principalmente se conduz um veículo com uma caixa de velocidades manual. É importante que tenha por hábito uma posição de “alerta” iminente, sempre que necessite de carregar no travão ou acelerar, para evitar um acidente ou para fazer uma ultrapassagem eficaz.

O condutor deve manter o calcanhar do pé direito apoiado no chão, próximo do pedal do travão. Por outro lado, o pé esquerdo deve manter-se igualmente apoiado no chão, à esquerda dos pedais ou no suporte específico para ele. É ainda importante lembrar que o pé esquerdo apenas deverá entrar em contacto com o pedal da embraiagem sempre que seja necessária a engrenagem de uma troca de mudança. Esta é uma prática comum entre muitos condutores, mas atenção: opte por nunca deixar o pé esquerdo encostado sobre o pedal da embraiagem, uma vez que resultará num desgaste iminente da mesma.

Relembramos que as sugestões supramencionadas são sempre adaptáveis à estatura, peso e fisionomia corporal de cada condutor. Contudo, e para todos os efeitos, cabe a cada um de nós determinar um equilíbrio entre o que é recomendável pela ergonomia automóvel e o que lhe é mais confortável neste processo de como encontrar a posição ideal de condução no seu veículo.

Veja também: