Publicidade:

6 dicas para poupar muito dinheiro

Precisa de juntar dinheiro depressa? Tem um projeto, mas ainda falta boa parte da verba? Seja para o que for, temos sugestões para poupar muito dinheiro.

6 dicas para poupar muito dinheiro
O primeiro passo para poupar é ser organizado na gestão do dinheiro

Financeiramente falando, são tempos difíceis os que vivemos. Mas a vida não pára. As famílias continuam a aumentar, ainda que com alguma dificuldade, os filhos mais crescidos vão para a faculdade, é preciso fazer obras em casa e também há aquelas férias de sonho que não podem nem devem ser mais adiadas. Qualquer que seja a sua motivação, somos sempre apologistas de que deve ter estratégias para conseguir ter algum dinheiro de lado. Por isso, partilhamos consigo algumas formas de poupar muito dinheiro.

6 dicas para poupar muito dinheiro

1. Despesas domésticas

poupar-muito-dinheiro

É possível que ainda não se tenha dado conta de como pode poupar muito dinheiro, simplesmente olhando para os gastos que já tem e revendo o que é possível melhorar.

Comece por fazer uma lista de todas as suas despesas familiares e, onde perceber que gasta mais do que devia, defina objetivos e aproveite os nossos artigos para saber como pode gastar menos. Por exemplo, a fatura da eletricidade é frequentemente uma despesa em que conseguimos reduzir custos. Pode acontecer o mesmo com a água, despesas de supermercado e pacotes de serviços.

2. Coma em casa

poupar-muito-dinheiro

Há quem não perceba como o dinheiro desaparece da conta tão depressa. Se é esse o seu caso, pense bem se tem comido muitas vezes fora de casa. Fazer refeições em restaurantes fica exponencialmente mais caro do que cozinhar. Por isso, se quer poupar muito dinheiro, passe a fazer mais refeições em casa.

Se vai sair à noite, apareça só depois do jantar. Se tem condições no trabalho, leve almoço e lanches de casa. Se quer passear com a sua cara metade, saia só depois do almoço e leve uns snacks para fazer um piquenique. Não só poupa como ainda faz um programa romântico!

3. Largue os vícios

poupar-muito-dinheiro

Todos precisamos de coisas pequenas que nos dão algum prazer, mas alguns hábitos podem ser moderados ou mesmo abandonados. E, em alguns casos, pode estar a fazer também um favor à sua saúde.

Algumas das coisas que pode moderar ou largar e que farão bem à sua carteira e, em alguns casos, à saúde, são o tabaco, o álcool e café em excesso, doces e muitas outras coisas que são verdadeiras tentações para muitos de nós.

Se o seu vício é o jogo, certamente que irá poupar muito dinheiro, se conseguir controlar. Uma forma de se sentir motivado por largar um vício é fazendo um mealheiro, porque será fácil de realizar quanto dinheiro poupa num determinado período de tempo.

4. Invista em propriedades

poupar-muito-dinheiro

Esta sugestão para poupar muito dinheiro funcionará a médio ou longo prazo. Por outro lado, também o obriga a, numa fase inicial, gastar dinheiro em vez de poupar. Mas, para quem puder investir, é uma boa aposta.

Se ainda não tiver casas disponíveis para alugar, invista nelas. A poupança pode funcionar em dois sentidos: poupa nas férias (dependendo de onde tenha a casa) e no resto do tempo pode alugá-la.

Também pode alugar um quarto extra que tenha em casa. Portugal continua na moda e não faltam por aí turistas à procura de um sítio para ficar. Se não tiver problemas em ter pessoas em casa por alguns dias, pode sempre optar por esta via.

Para quem tem possibilidade de o fazer, o negócio na área do imobiliário é dos que mais rende, atualmente.

5. Economize os subsídios

poupar-muito-dinheiro

É certo que quando recebemos os subsídios de férias e Natal são alturas em que temos gastos extra. Mas, se pensar bem, isso não acontece também noutras alturas do ano? Quando tem de pagar o IRS, quando é preciso comprar os livros escolares dos filhos, quando tem despesas com a saúde.

Tente meter de parte pelo menos um dos subsídios. Finja que não o recebeu e, sem grande esforço, acaba por poupar muito dinheiro.

6. Livros escolares

poupar-muito-dinheiro

Para quem tem filhos, o regresso às aulas é uma altura muito dispendiosa. Os livros escolares são o que mais pesa no orçamento, por isso procure alternativas. Há sítios onde pode comprar ou até receber gratuitamente livros escolares.

Veja os nossos artigos sobre este tema e prepare-se para poupar muito dinheiro por, simplesmente, não ter de comprar todos os livros a cada início de ano letivo.

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].