Publicidade:

7 truques para poupar na Passagem de Ano

A noite de Passagem de Ano está mesmo à porta! Já pensou no que vai fazer? Saiba como pode poupar na Passagem de Ano sem sacrificar a festa nem a diversão.

7 truques para poupar na Passagem de Ano
Festeje muito, gaste pouco

Ansioso pela contagem decrescente mais festiva do ano, mas decidido a poupar na Passagem de Ano tal como fez o ano todo? Chegou ao sítio certo: temos várias dicas que vão mostrar-lhe como é possível fazer uma festa de arromba sem estourar com o orçamento, nem começar o novo ano já “de corda no pescoço”.

Se já é hábito para si cortar nos custos, com certeza nem vai notar o esforço da poupança. Se, além disso, tem amigos que partilham dos seus ideais, traga-os para a festa e ajudem-se uns aos outros!

Os melhores truques para poupar na Passagem de Ano


poupar na Passagem de Ano

1. Não perca a cabeça com a roupa

A roupa com que entramos no ano novo é, quase sempre, um dos motivos de maior preocupação do nosso lado mais poupadinho. Por um lado, queremos ir bem vestidos para a festa e não queremos entrar no ano novo com uma roupa qualquer de andar por casa; por outro, as lojas carregam nos preços e todas as peças festivas custam, por esta altura, muito mais do que em qualquer outra altura do ano.

Assim, se quer mesmo poupar na Passagem de Ano vai ter de pensar duas (ou três) vezes na roupa que vai vestir. Primeiro, não tenha medo nem vergonha de repetir peças que já usou. A menos que as tenha usado no réveillon do ano passado – e aí não vai querer, daqui a uns anos, confundir as fotos e não saber qual foi tirada em que ano -, é perfeitamente razoável usar nesta noite de festa peças que tenha usado noutras ocasiões.

Se faz mesmo questão de comprar roupa, pode sempre antecipar-se ao comércio. Antes da loucura das compras para a Passagem de Ano ainda há as promoções típicas do Natal, e já pode encontrar peças festivas em várias lojas. Aproveite as promoções e os descontos e compre quando ainda pouca gente se lembrou de que o ano está a terminar.

2. Repense o local da festa

Porquê pagar dezenas largas de euros para festejar a mudança do ano se pode fazer a mesma contagem, com as mesmas pessoas e a mesma alegria, no conforto de casa ou em lugares mais modestos?

Sejamos sinceros: o que muda nestes lugares em relação à sua sala de estar são mesmo as pessoas que estão à sua volta – e que, basicamente, não conhece. Vale assim tanto a pena pagar para vê-las?

Fazer a festa de réveillon em casa não só ajuda a poupar na Passagem de Ano como promove a relação mais próxima com os que lhe são mais queridos: ficam todos num ambiente confortável e mais familiar, convivem mais, estão mais à vontade e fazem a festa como bem vos apetecer. Quer melhor?

Uma sugestão: toda a gente tem, pelo menos, um jogo de tabuleiro e esta é a noite para jogar todos! Sueca, Monopólio, Trivial, Uno, Pictionary, Scrable ou mesmo Bingo, o Twister ou charadas. Prepare uma tabela e que a competição comece!

3. Inove na ementa

Sabemos que há famílias onde o réveillon tem de ter alguns pratos tradicionais, mas também sabemos que esses pratos são quase sempre caros e que, para muitos foliões, estão longe de ser o mais importante da festa.

Para poupar na Passagem de Ano, inovar na ementa pode ser uma boa estratégia. Converse com os seus amigos, escolham pratos que agradem a todos e que não pesem na conta do supermercado. No fim de contas, vai jantar bem na mesma, só que dentro do orçamento razoável.

E que tal fazer uma prova de vinhos e queijos? Peça a cada convidado que leve um vinho e um queijo diferente e faça uma prova cega. Pode preparar uns cartões, com a informação de cada um e algumas dicas. Quem acertar ganha o produto.

poupar na Passagem de Ano

4. Partilhe as despesas

Não tem mal nenhum incutir nos amigos o espírito de partilha para poder poupar na Passagem de Ano. Quando combinarem a festa, conversem sobre o que vai ser preciso para o jantar e para os festejos e dividam entre todos a responsabilidade pelas compras. Se cada um pagar uma parte, todos poupam e até podem fazer na mesma uma festa de arromba!

Se os seus convidados são muito ocupados e não conseguem ir às compras antes da festa, converse com eles sobre partilharem a despesa total. Assim um elemento do grupo pode ficar responsável por comprar tudo o que é necessário e trazer a fatura – e no fim da festa o valor total divide-se por todos e cada um paga um bocadinho.

5. Antecipe-se nas compras

Não espere pelos últimos dias do ano para comprar as uvas passas, porque é certo que vai pagar mais do que em qualquer outro dia do ano. Não é por acaso que isso acontece: nesta altura todos os clientes procuram o mesmo, e os vendedores reagem de acordo com as leis do mercado: quando a procura aumenta, os preços sobem em proporção.

Para poupar na Passagem de Ano, compre tudo o que puder antecipadamente, de preferência antes do Natal. Na verdade, quase todos os produtos que se consomem no último dia do ano são resistentes e não se estragam com facilidade, por isso é possível fazer stock.

6. Aproveite e reaproveite

Se festeja o Natal em casa, sabe tão bem como nós que sobram sempre imensas coisas – frutos secos, doces, bebidas, queijos… se puder, aproveite tudo para o réveillon.

Mesmo que passe os últimos minutos do ano com os amigos, convide-os a fazerem o mesmo e a trazerem de casa tudo o que tiver sobrado do Natal e não tiverem consumido. Na verdade, o Natal não terá sido muitos dias antes e tudo estará bom para consumir. Ao trazer coisas em vez de comprar novas, a conta do supermercado baixa e todos agradecem por poderem poupar na Passagem de Ano.

Relativamente à decoração, se o Natal já foi em sua casa, talvez queira fazer qualquer coisa diferente na decoração. Temos uma sugestão simples e barata: compre uma lata de tinta spray dourada e pinte as velas, algumas bolas, uns galhos secos e ramos de pinheiro ou azevinho.

Acenda todas as velas que tem perdidas por casa e poupe na eletricidade. Além de poupar, o ambiente é muito mais acolhedor e glamoroso.

7. Considere os eventos gratuitos

Também pode celebrar fora de casa sem gastar dinheiro. A maioria das cidades organiza festas de final de ano ao ar livre. Há sempre muita música e fogo de artifício nas doze badaladas. Leve as doze passas e uma garrafa de champanhe e vá divertir-se para a rua!

Planear uma festa económica não é muito complicado, só precisa mesmo de parar alguns minutos antecipadamente e… planear. Ao contrário do que pode parecer, quando quer poupar na Passagem de Ano o lema é “quantos mais, melhor”, ou seja, quanto mais gente estiver na festa, menos paga cada um. Assim, faça uma lista de amigos, proponha-lhes uma festa caseira ou ao ar livre e aproveitem o réveillon mais barato de sempre!

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].