Publicidade:

20 dicas essenciais para poupar nas viagens

Quer sobreviver a uma aventura além-fronteiras com um orçamento apertado? Damos-lhe aqui 20 dicas para saber como poupar nas viagens.

20 dicas essenciais para poupar nas viagens
Saiba como poupar durante as férias

Férias low-cost? Qual o segredo? A verdade é que há mais do que um. São várias as dicas que temos para si – 20 pequenas coisas que o irão fazer poupar nas viagens sem abdicar da diversão. Faça a mochila e parta em busca de aventuras que dificilmente poderá esquecer.

20 dicas para poupar nas viagens

poupar nas viagens

1. Falar com locais

Esta primeira dica pode parecer básica mas é algo que muitos turistas não fazem. Procure conhecer locais e trocar ideias para perceber quais os preços justos, os sítios a visitar e os meios de transporte mais indicados. Verá que, ao abraçar o estilo de vida local, irá poupar bastante e, inevitavelmente, conhecer o sítio de forma mais genuína.

2. Usar os dias gratuitos

São muitos os museus e outras atracções em que, uma vez por mês, a entrada é gratuita. Descubra quais essas datas felizes no seu destino e procure aproveitar a oportunidade. Mais: tire também proveito de todas as actividades gratuitas ao seu alcance, como passear pelo parque da cidade, espreitar um mercado local, fazer uma caminhada na montanha, etc.

3. Usar a idade

São muitos os países e locais que oferecem descontos de acordo com a idade. Procure saber das diferentes ofertas e, se se aplicar, faça uso da sua data de nascimento.

4. Passar mais tempo em menos sítios

Para além de ficar a conhecer melhor um lugar, ficar mais dias num só sítio pode ser uma forma de o ajudar a poupar. Por exemplo, não são raras as vezes em que, num alojamento, ficar mais do que uma noite se traduz em descontos.

5. Ser flexível com as datas e horários dos voos

Ao procurar voos em websites como o Skyscanner, em que pode seleccionar a opção “mês inteiro” nas datas, verá que a flexibilidade é uma grande vantagem no que diz respeito a preços. Voar a meio da semana ou a horas menos confortáveis pode querer dizer poupar centenas de euros – literalmente. Levar apenas bagagem de mão é também uma vantagem, visto que, muitas vezes, se encontram voos relativamente mais baratos que não incluem bagagem de porão.

Saiba ainda como poupar no bilhete de avião com um truque simples.

6. Ir diretamente aos websites das companhias aéreas

Comece por procurar em websites que comparam diferentes companhias aéreas e, uma vez encontrados os voos que lhe parecem indicados, veja quais os seus preços na página da própria companhia. Por vezes, fica mais barato comprar directamente.

7. Ficar alojado em Hostels e Guesthouses

Mais baratos e nem por isso menos confortáveis, os Hostels e as Guesthouses são uma excelente opção de alojamento para umas férias low-cost. Antes de marcar, procure contactar o Hostel ou a Guesthouse e perguntar por potenciais descontos ao fazer a reserva directamente. Verá que, para além do factor poupança, este tipo de alojamentos é perfeito para conhecer outros viajantes sedentos de aventura.

8. Fazer couchsurfing

Conhece o website Couchsurfing? Aqui, poderá encontrar várias pessoas dispostas a recebê-lo em sua casa a custo zero. Espreite os comentários de couchsurfers anteriores e opte por alguém que inspire confiança. Verá que é uma experiência diferente e mais genuína, já que ficará alojado com um local.

9. Fazer voluntariado

São muitos os sítios onde poderá trabalhar em troca de alojamento e comida. Contacte diferentes Hostels e bares ou, até, para uma experiência fora da caixa, espreite as oportunidades WWOOF, um movimento que promove o voluntariado em quintas orgânicas por todo o mundo.

10. Acampar

Acampar é sempre uma boa opção quando preparado com o equipamento certo. Geralmente mais barato do que outros tipos de alojamento, um parque de campismo é também um excelente sítio para entrar em contacto com a Natureza e conhecer outros aventureiros.

11. Deixar os cartões de débito e crédito no alojamento

Uma boa forma de escapar a tentações é não ter consigo os cartões de débito ou crédito quando sai (em especial, à noite). Deixe-os em segurança no sítio onde estiver alojado e verá que, assim, não terá como não respeitar o orçamento.

12. Caminhar

Poupar nas viagens leva, não raramente, a que se vivam os sítios de forma mais intensa. Caminhar por entre cidades ou paisagens desconhecidas é uma excelente forma de conhecer um sítio e… é grátis. Coloque os seus sapatos mais confortáveis e faça-se à estrada.

13. Alugar uma bicicleta

Para distâncias menos confortáveis para caminhar, o melhor é alugar uma bicicleta. É barato e saudável, bom para si e para o ambiente.

14. Partilhar custos de tours e viagens

Em Hostels ou Guesthouses, é natural que conheça outros viajantes interessados em fazer as tours que tinha planeado fazer. Fale com as pessoas e explore a possibilidade de formar um grupo para que os preços sejam mais acessíveis para todos.

15. Comer longe dos centros turísticos

Quando a fome apertar, fuja dos sítios onde se concentram os turistas e rume a pequenas ruas e vielas onde se vêem locais a desfrutar deliciosas refeições. Experimente comida de rua, que é a Alma de muitos sítios, e faça piqueniques em cidades onde comer fora fica fora do alcance do seu bolso. Voilá: vinho e queijo em Paris sabem igualmente bem se comprados num supermercado!

16. Procurar opção “pequeno-almoço incluído”

Para poupar na refeição mais importante do dia, quando à procura de alojamento, insista em encontrar a opção “pequeno-almoço incluído”. Coma bem antes de partir para um dia de aventura e verá que a tentação de gastar dinheiro em comida fora será menor.

17. Regatear

Em alguns países, é esperado que o faça. Regatear é, muitas vezes, essencial para conseguir algo a um preço justo. Dispa-se de vergonha e não tenha medo de insistir no preço que considera aceitável.

18. Comprar souvenirs em lojas ou mercados locais

Fuja aos souvenirs convencionais e opte por produtos genuínos, com Alma. Um bom queijo, uma garrafa de licor típico, um pacote de doces tradicionais… Faça as compras em mercados locais e verá que, para além de poupar, irá fazer mais feliz quem estiver à espera de receber um simples íman para o frigorífico.

19. Lavar a roupa… à mão

Poupar nas viagens quer também dizer poupar na quantidade de roupa que se leva. Infelizmente, por sua vez, isso traduz-se em ter de lavar o que se tem com frequência. Evite as lavandarias e renda-se ao lavatório e ao sabão azul.

20. Procurar Wi-Fi

Hoje em dia, pode parecer difícil viajar sem ter Internet no telemóvel. Porém, com a quantidade de sítios com Wi-Fi gratuito, é fácil manter-se conectado com o Mundo sem pagar para ter dados móveis. Faça download de aplicações que possam vir a ser úteis offline (apps de mapas, por exemplo) e aproveite as férias sem o burburinho constante das redes sociais.

Veja também:

Isadora Freitas Isadora Freitas

Isadora Freitas é licenciada em Jornalismo e tirou o Mestrado Europeu em Direitos Humanos. Encontra-se atualmente no Camboja, onde ensina Português a guias turísticos e procura explorar esse canto do Mundo. Gosta de ler, escrever, fazer teatro e é apaixonada por rádio e fotografia. É apreciadora de pequenas coisas e gosta de contribuir para as grandes