Publicidade:

As 10 praias escondidas de Norte a Sul de Portugal que precisa descobrir

A costa portuguesa é rica em locais perfeitos para descansar, relaxar e apanhar banhos de sol. Mas, para fugir das multidões, revelamos 10 praias escondidas em Portugal de Norte a Sul.

As 10 praias escondidas de Norte a Sul de Portugal que precisa descobrir
Recantos escondidos para aproveitar o verão

Se procura praias com um belo areal, um mar fantástico para um bom mergulho e, ao mesmo tempo, lugares tranquilos e próximos para explorar, então, vai adorar descobrir estas sugestões de 10 praias escondidas em Portugal de Norte a Sul.

Que Portugal é um paraíso à beira-mar plantado já não é novidade para ninguém e, como tal, a cada ano aumenta o número de turistas que elegem o nosso país para umas férias de verão descontraídas. Clima ameno, boa comida, cidades bonitas: uma série de características favoráveis para colocar o nosso país da lista das preferências internacionais. Mas ainda há recantos escondidos de Norte a Sul, que guardamos somente para nós.

Praias escondidas em Portugal de Norte a Sul


Perto do mar e longe das multidões

Este ano, Portugal tem 332 praias com bandeira azul o que é dizer muito da qualidade do nosso país. Da mesma forma é fácil de perceber que há vários cantinhos merecedores de visita para um descanso perfeito e alguns até bem longe das multidões típicas de verão. Descubra algumas praias escondidas em Portugal de Norte a Sul.

Praia Forte do Paço, Viana do Castelo

praia forte do paço

No distrito de Viana do Castelo, existe um litoral de enseadas, dunas e praias secretas, das quais se destaca a Praia Forte do Paço, com uma extensão de 800 metros de areia. O nome deriva da existência de um forte no séc. XVIII e que atualmente se encontra em ruínas. É um local tranquilo, silencioso, com pequenas piscinas formadas pela água do oceano perfeitas para crianças. O único senão é que por ser mais isolada não existe nenhum bar de praia por perto, pelo que convém ir prevenido com bebidas e comida.

Dunas de São Jacinto, Aveiro

Aveiro é uma zona de contrastes: o mar de um lado e as montanhas da Serra da Freita, Arestal e Caramulo do outro. Mas é pelas dunas de São Jacinto que encontra praias escondidas perfeitas, com uma enorme variedade de aves, a dar asas ao seu estatuto de reserva natural protegida. Isto significa que os oito quilómetros de areia fina, branca e límpida permanecem intactos. Ao mesmo tempo, a paisagem em redor revela-se um pouco selvagem, com florestas de pinheiros, sem bares de praia, mas com fáceis acessos.

Praia do Baleal, Peniche

praia do baleal

A Praia do Baleal prolonga-se por uns incríveis quatro quilómetros que ligam a península de Peniche ao continente. Por lá encontrará uma variedade agradável de bares, cafés e restaurantes que vendem marisco e peixe fresco – e que melhor referência a verão do que esta? Além disso, nesta praia, a água é tão calma, que o difícil vai ser não se banhar.

Praia da Adraga, Sintra

praia da adraga

As colinas de Sintra não escondem apenas antigos castelos entre as florestas. À medida que vamos descendo as falésias, encontramos várias enseadas, incluindo a Praia da Adraga, que possui a forma curiosa de tronco de elefante. Nos dias quentes de verão, as rochas proporcionam sombra agradável e há uma pequena caverna para explorar quando a maré está baixa. Para descobrir melhor a zona, pode também percorrer o trilho pelas falésias até ao Cabo da Roca, a ponta mais ocidental do continente europeu.

Praia da Amália, Brejão

praia da amália

A selvagem Costa Vicentina é uma área de promontórios rochosos, mosteiros, ruínas e praias de perder o fôlego, como é o caso da Praia da Amália. Para lá chegar terá de atravessar um pequeno bosque, mas tudo valerá a pena quando chegar ao destino e encontrar uma cascata de água doce que cai na enseada de areia, proporcionando um banho natural e um cenário que parece retirado de um qualquer filme romântico. Os penhascos negros recortados reservam esta praia perfeita, que recebeu o nome em homenagem à fadista Amália Rodrigues, que aprendeu a nadar aqui.

Praia da Santa e Praia da Figueira, Salema

O extremo oeste do Algarve faz parte do parque natural do Alentejo e é perfeito para quem procura praias de qualidade longe das multidões. A cerca de dez minutos a oeste de Salema, encontra a Praia da Santa e a Praia da Figueira, protegidas pelas ruínas de um antigo forte. Um local tão histórico e único que até encontrará ligeiros vestígios de pegadas nas pedras deixadas pelos dinossauros há 125 milhões de anos. E a apenas cinco quilómetros de distância, encontrará a Fortaleza de Almádena, com arcos árabes e uma capela do século XVII.

Caverna do Mar Benagil, Algarve

benargil

O Algarve é um chamariz perfeito para as férias de verão e até em outras épocas do ano, pois o clima fica sempre agradável já a partir de março e assim permanece até meados de outubro, habitualmente. Porém, muitos se queixam da quantidade de pessoas, o que torna difícil alcançar o tão desejado sossego. Mas este é um bom exemplo. A Caverna do Mar Benagil está rodeada de falésias e com inúmeras cavernas secretas e enseadas cheias de degraus e túneis de pedra, acessíveis pelo mar a partir da Praia de Benagil.

Praia da Senhora da Rocha, Algarve

praia da senhora da rocha

A Praia da Senhora da Rocha localiza-se a trinta minutos de carro de Portimão e está ladeada por penhascos de arenito, que brilham com o bater do sol. O acesso é feito através de um túnel no promontório localizado na Praia Nova. Como é uma praia de bandeira azul, pode contar com um nadador salvador na época balnear, bem necessário até porque o mar rapidamente se torna bastante profundo e podendo, assim, surpreender os nadadores menos experientes.

Praia do Barril, Ilha da Tavira

As dunas ensolaradas desta ilha a cerca de 40 minutos de carro de Faro fazem parte do parque natural da Ria Formosa e protegem uma área de pântano inundado do mar aberto. Após percorrer uma trilha de pinheiros esperam por si onze quilómetros de areia sem fim e, apesar de parecer uma praia movimentada, o segredo está em deslocar-se para o lado oeste da ilha, onde fica a Praia do Barril. Alertamos para o facto de ser uma zona naturista.

Caneiros e Ponta da Ferraria, São Miguel – Açores

ponta da ferraria

Rumamos para os encantos plantados em pleno Oceano Atlântico e que compõem os Açores, mais propriamente para a ilha de São Miguel, onde encontramos a praia de Caneiros com as suas formações rochosa que se cristalizaram a partir do arrefecimento de lava, formando poças de maré profundas que chegam até ao mar. A dez quilómetros de distância, e para sul, encontrará as piscinas geotérmicas da Ponta da Ferraria, famosas pelas propriedades curativas – ou assim dizem os locais.

Veja também: