Publicidade:

Principais causas de acidentes: saiba quais são

Existem diversos comportamentos de risco que devem ser evitados quando está ao volante. Conheça as principais causas de acidentes.

Principais causas de acidentes: saiba quais são
Conheça os principais motivos dos desastres rodoviários

As principais causas de acidentes estão, por norma, relacionadas com comportamentos de risco ao volante. Os acidentes rodoviários originam, todos os anos, centenas de notícias nos jornais, rádios e televisões por continuarem a ceifar inúmeras vidas.

De acordo com os dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), em 2017, mais de 500 pessoas morreram nas estradas nacionais. Ao todo, registaram-se 130.157 acidentes e 2181 feridos graves.

Segundo a ANSR, Lisboa é o distrito com mais acidentes (26698), seguido do Porto (23606) e Braga (10980). Ainda assim, é no Porto que se registou o maior número de vítimas mortais, com 68 mortos em 2017, seguido dos distritos de Setúbal (56) e Lisboa (51).

Principais causas de acidentes: quais são?

Os números são assustadores e, por isso, o ministro da Administração Interna veio dizer, em dezembro passado, que o Governo está a preparar um plano para diminuir a sinistralidade rodoviária. Para Eduardo Cabrita, o nosso país tem números “absolutamente inaceitáveis de atropelamentos nas áreas urbanas”, tornando urgente “identificar as causas e circunstâncias para agir sobre elas”.

Mas afinal de contas, quais são as principais causas de acidentes? Uma delas é, sem sombra de dúvida, o erro humano, dado que 95% dos desastres rodoviários acontecem por distrações e por comportamentos de risco. Só 5% dos acidentes são causados por falhas mecânicas. Um estudo em Portugal, feito a mais de 1000 condutores, concluiu que uma em cada cinco pessoas já teve um desastre de automóvel por distração.

Assim sendo, vamos conhecer as principais causas de acidentes rodoviários:

Conduzir sob o efeito de álcool

principais-causas-de-acidentes

É um clássico desta lista. De acordo com o Jornal de Notícias, só no ano passado, o excesso de álcool provocou 5 acidentes por dia

Distrações com o telemóvel

principais-causas-de-acidentes

Este é um daqueles comportamentos que não podia faltar na lista das principais causas de acidentes rodoviários. 31% dos portugueses já admitiu que envia mensagens enquanto conduz, um comportamento de risco e que pode originar acidentes bastante graves.

De acordo com um estudo da Universidade de Utah (Estados Unidos da América), sempre que desviamos o olhar da estrada precisamos de 27 segundos para voltar a conseguir focar na condução. Não se esqueça destes números.

Excesso de velocidade

principais-causas-de-acidentes

É fácil perdermos as contas aos condutores que não cumprem os limites de velocidade. A partir do momento em que o pé do acelerador estica, o risco de acidente aumenta bastante. Não coloque em risco a sua vida (e a dos restantes condutores e passageiros) para poupar uns quantos minutos às suas viagens.

Problemas mecânicos

principais-causas-de-acidentes

Travões ineficazes, pneus gastos e a direção que já não está nas melhores condições são fatores de risco. Preste atenção ao seu carro e faça a respetiva manutenção para evitar desastres rodoviários.

Distrações com outros passageiros

principais-causas-de-acidentes

Ainda que seja bastante tentador olhar para os passageiros do veículo para manter a conversa, evite este tipo de comportamentos. Foque a atenção na estrada e evite acidentes.

Ajustar os controlos do automóvel

principais-causas-de-acidentes

Mudar a estação de rádio, ajustar o banco do veículo ou simplesmente navegar pelas funcionalidades do touchscreen. Tarefas relativamente simples, mas que podem colocar em causa a sua segurança. Tenha atenção à estrada e faça estes ajustes, de preferência quando o carro estiver imobilizado.

Veja também: