Publicidade:

7 programas grátis para editar vídeo

Estes programas grátis para editar vídeo permitem-lhe dar um toque profissional aos seus vídeos, sem beliscar o orçamento.

7 programas grátis para editar vídeo
As ferramentas gratuitas já parecem editores profissionais

Os programas grátis para editar vídeo estão cada vez mais parecidos com as ferramentas profissionais que a indústria cinematográfica utiliza para fazer obras primas.

Se está a começar ou já é um editor com nível razoável, todas as opções que lhe apresentados aqui são uma excelente escolha, já que oferecem as ferramentas tradicionais para a edição, como corte, retoque, adição de filtros, edição de cor e de som.

Claro que se pretender embarcar em projetos com suporte de vídeo a 360 graus, edição multi-câmara ou análise e controlo de movimento, terá de avançar para ferramentas pagas ou acrescentar o pagamento de uma taxa por pacotes extra nalgumas das ferramentas que aqui lhe apresentamos. Mas é bom saber que esses extras apenas servem para refinar o produto final e garantir um motor de rendering mais rápido e potente, porque para fazer o resto, o pacote grátis traz tudo e vem pronto a utilizar.

Os melhores programas grátis para editar vídeo


programas grátis para editar vídeo

1. Lightworks

Para: Windows/Mac/Linux

No universo dos programas grátis para editar vídeo, este é considerado o melhor, mesmo para os utilizadores mais avançados. A sua utilização não é imediata, terá de lhe dedicar algum tempo, mas verá que compensa, até porque atualmente ela é utilizada por editores profissionais de Hollywood para concretizar partes de projetos.

Com um interface bastante diferente dos interfaces habituais para edição de vídeo, o Lightworks tem a vantagem de poder ser personalizado para que o utilizador o torne mais familiar.

O destaque vai para as suas ferramentas de edição avançada e os efeitos que pode aplicar em tempo real. É fácil perceber que a versão gratuita já tem tudo o que é importante quando conhecemos a versão Pro, que já é paga, e percebemos que a única função extra que aparece é a exportação em formatos além do MPEG, a publicação em 4K diretamente para o YouTube e a exportação de vídeos em 3D.

2. DaVinci Resolve

Para: Windows/Mac/Linux

Esta é a versão gratuita de um editor de vídeo profissional que é muitas vezes utilizado em produções de filmes com grandes orçamentos. Se não for um utilizador avançado, nem vai dar pela falta de algumas características que a versão paga oferece, porque tudo já parece muito bom e profissional.

O interface que permite a edição, a correção de cor, o tratamento de som e a exportação tem a vantagem de ser muito intuitivo, o que torna todas estas funções avançadas mais acessíveis ao utilizador. Suporta HDR e pode trabalhar em ficheiros raw diretamente da câmara.

Na versão gratuita, o máximo de resolução de exportação é de 3,840 x 2,160, mais do que suficiente para trabalhar vídeos de forma caseira ou semi-profissional.

3. Hitfilm Express

Para: Windows/Mac

Esta é uma ferramenta que pode crescer com o seu grau de perícia como editor, pois pode acrescentar-lhe uma série de plug-ins e pacotes de complementos, que ampliam as funcionalidades do editor e o fazem avançar para a via profissional.

Por exemplo, pode acrescentar pacotes pagos com filtros criativos ou correção de cores. No editor básico já consegue ter uma série de funções avançadas para corte, camadas e máscaras, opções de composição e efeitos de ecrã.

A única contra indicação é que esta é das ferramentas aqui recomendadas que mais recursos exigem do seu sistema. Convém confirmar antes de a descarregar para o seu dispositivo.

4. Shotcut

Para: Windows/Mac/Linux

Este é um software que exige alguma aprendizagem para que consiga tirar benefícios de edição. Mas se investir algum tempo pode ganhar muito, em especial a sensação de ser um editor profissional quando olha para o seu produto final.

É, de todos os interfaces, o mais incomum para um editor de vídeo, o que pode ser explicado por ter começado com uma aplicação para Linux e que foi pouco alterada quando se adaptou às outras plataformas. Vindo de onde vem, possui uma grande vantagem: suportar centenas de formatos de áudio e vídeo, que libertam o utilizador da necessidade de qualquer tipo de importação quando abre um ficheiro. Vale a pena experimentar.

5. VSDC

Para: Windows

Para os utilizadores do Windows, esta é a ferramenta de eleição. O destaque vai para o facto de não só ser um dos programas grátis para editar vídeo, mas também um editor de vídeo não linear, muito intuitivo, que permite colocar objetos em qualquer posição na linha do tempo, combinar diferentes arquivos de vídeo, de imagens e de efeitos, nas sequências que o utilizador desejar.

O interface é simples e ainda oferece uma série de operações básicas para editores de vídeo, como cortar, editar cor e som, adicionar títulos, legendas, transições e muitos outros recursos extra. Como a sua vocação é o editor de vídeo caseiro, esta ferramenta possui um perfil dedicado à exportação para o Instagram.

6. iMovie

Para: Mac

Este software de edição de vídeo foi desenvolvido pela Apple para permitir aos seus utilizadores do Macintosh editar filmes caseiros. Oferece filtro criativos, efeitos de ecrã, legendas e pode criar música ou introduzir efeitos sonoros como a voz de narrador.

Com a evolução, a ferramenta tornou-se um eficaz editor de vídeo, capaz de ser utilizado em todas as plataformas Apple, o que permite ao utilizador começar um projecto com o seu iPhone ou iPad e acabá-lo no Mac. A exportação pode ser em resolução 4K.

7. Blender

Para: Windows/Mac/Linux

Se a sua especialidade é a criação de aplicações interativos 3D ou jogos, esta é a sua ferramenta. Além das muitas opções de edição de vídeo tradicionais, ela permite modelar objetos, criar animações, introduzir texturas e fazer render de objetos.

Desenvolvido pela Blender Foundation, o Blender é um código aberto que permite a todos os utilizadores aceder a ferramentas avançadas de simulação para a criação de personagens e vídeos. Diferente, mas sem dúvida um dos programas grátis para editar vídeo a ter em conta.

Veja também: