Publicidade:

Project manager: tudo o que precisa de saber

Para se tornar num project manager é necessário reunir alguns requisitos e características essenciais. Continue a ler para saber quais.

Project manager: tudo o que precisa de saber
Conheça os requisitos para exercer a profissão

O project manager tem como função liderar projetos de pesquisa e desenvolvimento em áreas que tipicamente envolvem o desenvolvimento de software, mas não só. Este profissional atua como um organizador, facilitador, planeador, solucionador de problemas, decisor, gestor de recursos e promotor da visibilidade de um projeto.

O seu papel é elaborar um plano detalhado de atividades necessárias para atingir os objetivos de um projeto e assegurar o seu sucesso, ou seja, satisfazer as necessidades do cliente. Se esta é a carreira que quer seguir, saiba que competências desenvolver para se destacar nesta área.

Ser project manager


A gestão de projetos é um dos campos de trabalho mais complexos que há. Um project manager é responsável por liderar um projeto inteiro, ou seja, vai iniciar, planear, executar, controlar e concluir um determinado projeto.

Este profissional trabalha sempre em equipa e algumas das suas tarefas incluem participar no processo de criação, executar o projeto, preparar métodos de comunicação, encontrar soluções para problemas recorrentes, monitorizar o progresso do projeto do início ao fim e garantir a produtividade da equipa. Basicamente, é responsável por conectar cada projeto ao mundo dos negócios e aos seus clientes.

Toda a responsabilidade do sucesso ou insucesso recairá sobre os ombros do gestor de projeto.

Quais as características necessárias?


Project manager

Na área das soft skills, ser um bom comunicador e um líder aberto não é suficiente. Lidar com os desafios diários da gestão de projetos também exige responsabilidade, adaptabilidade, pensamento analítico e estratégico, determinação, resistência ao stress e até gostar de correr riscos. Ser polivalente, com ótimas capacidades de comunicação escrita e verbal, pode destacá-lo neste campo.

Quando se trata de hard skills, deve estar ciente de que não existe uma competência específica para a gestão de projetos. De facto, dependendo do projeto, terá de conhecer um pouco de tudo. O conhecimento geral de negócios é também muito desejável. Mas não se preocupe, não precisa ser um especialista em competências técnicas como, por exemplo, programação. No entanto, ser capaz de atribuir tarefas precisas e detalhadas para programadores é importante. Liderar um projeto é garantir que os membros de sua equipa tenham as informações necessárias para concluir com êxito uma tarefa e entregar o projeto final.

6 capacidades essenciais para um gestor de projetos

1. Capacidade de liderança

A capacidade de liderança é essencial para exercer esta profissão. Um project manager gere pessoas, definindo visões, motivando, ensinando e inspirando a sua equipa.

2. Capacidade de comunicação

Uma boa comunicação é o ponto crucial de qualquer relacionamento e, portanto, a eficácia da comunicação de um gestor de projeto tem impacto não apenas na equipa, mas também no cliente e nas partes interessadas. É importante compreender e ser compreendido.

3. Capacidade de planeamento

Esta profissão não existe sem planeamento. A capacidade de organizar tarefas na ordem certa e atingir o resultado certo no momento certo é uma parte importante deste trabalho. Planear é encontrar maneiras de fazer tudo o que precisa de ser feito e o mais eficientemente possível.

4. Capacidade de gestão de tempo

É necessário saber distinguir o urgente do importante e, assim, saber priorizar. Como disse Eisenhower, “o que é importante raramente é urgente e o que é urgente raramente é importante”.

5. Capacidade de gestão de risco

No campo da gestão de projetos, a capacidade de identificar riscos antes de se tornarem problemas e apresentar planos eficazes para a sua solução é de extrema importância. Naturalmente, esta capacidade é desenvolvida através da experiência profissional. No entanto, quando a experiência é pouca ou nenhuma, fale com pessoas com mais anos de trabalho e que podem ajudar através das suas histórias e experiências, para minimizar os riscos e dificuldades.

6. Capacidade de negociação

Negociar recursos, orçamentos, cronogramas e uma variedade de outros compromissos são inevitáveis nesta área. Negociar bem para que todas as partes fiquem satisfeitas, é uma capacidade fundamental para se ser bem sucedido nesta profissão.

O que estudar para ser project manager?


A sua carreira em gestão de projetos pode começar por uma licenciatura na área da Gestão, na área das Tecnologias da Informação, Engenharia ou qualquer outra área de estudo. A verdade é que, a gestão de projetos, não pertence a nenhuma área específica. Os projetos vão pertencer a uma determinada linha de negócios como software, arte, logística, economia, etc. Por exemplo, uma agência de comunicação pode querer alguém com formação em Design para gerir um projeto em concreto.

Especialização e certificação em gestão de projetos

Consiga a certificação PMP (Project Management Professional) do Project Management Institute (PMI). Esta certificação demonstra que o gestor de projeto tem a experiência, educação e competência necessárias para liderar e dirigir uma equipa de projeto a atingir os objetivos de projeto.

Procure também instituições que disponibilizem cursos de pós-graduação em gestão de projetos ou até um MBA na área. Além de investir na sua formação, ainda terá a oportunidade de cultivar o networking durante o curso com colegas e professores.

Por fim, há também alguns websites onde poderá encontrar oportunidades de formação online:

Porquê a procura crescente nesta área?


Atualmente, as empresas procuram soluções digitais específicas para as suas necessidades. Desta forma, é natural que a procura por estes profissionais tenha tendência a aumentar, nomeadamente quando procuram soluções tipo “chave na mão”. Este elemento será um facilitador neste processo.

Veja também:

Inês Silva Inês Silva

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior e com uma pós-graduação em Assessoria de Comunicação pela Escola Superior de Jornalismo do Porto, o seu percurso profissional foi sempre na área da comunicação com a criação dos mais diversos tipos de conteúdos.

Saiba tudo sobre emprego