Publicidade:

Quero arrendar o meu apartamento, e agora?

Guarde bem este artigo, vai encontrar importantes respostas e dicas relativas ao pensamento que não lhe sai da cabeça: quero arrendar o meu apartamento.

Quero arrendar o meu apartamento, e agora?
Dicas de ouro para quem quer arrendar

Quero arrendar o meu apartamento, mas não sei por onde começar”. Se isto já lhe ocorreu, e as dúvidas sobre como rentabilizar o seu espaço ou saber sequer se legalmente pode arrendar o imóvel subsistem, então descanse.

Neste artigo vamos dar resposta às suas principais inquietações e ainda partilhar dicas importantes na hora de fazer o melhor negócio possível.

Quero arrendar o meu apartamento: todas as respostas


quero arrendar o meu apartamento

1. Quero arrendar o meu apartamento: será que posso fazê-lo legalmente?

Se anteriormente os bancos penalizavam quem quisesse arrendar o seu apartamento caso ainda estivesse sob um contrato de crédito habitação, hoje em dia o mesmo não acontece.

O pacote de medidas “Nova Geração de Políticas de Habitação”, aprovado em Conselho de Ministros, permite o arrendamento da sua casa a terceiros sem que os bancos o penalizem, seja por via de negociação do contrato ou por aumento da percentagem do spread.

5 conselhos para conseguir o spread mais baixo do mercado >>

Esta medida pretende aumentar a oferta de casas para arrendar. De acordo com o Ministério do Ambiente, que tutela a pasta da Habitação, existem situações em que uma casa pode ficar de repente demasiado grande para o agregado familiar, ou demasiado pequena ou demasiado cara para o orçamento da família.

Assim, a hipótese de arrendar a terceiros pode evitar problemas maiores e ao mesmo tempo trazer mais oferta ao mercado e assim baixar os preços do arrendamento, refere o ministério.

2. Quero arrendar o meu apartamento: quais são as minhas despesas?

Ultrapassada a questão da permissão ou não de arrendar o seu imóvel, é importante que saiba também as despesas que ficam sob a responsabilidade do senhorio (ou seja, que ficam a seu cargo):

Obras de manutenção do imóvel

Salvo indicação contrária no contrato de arrendamento, o senhorio é sempre a pessoa responsável por tratar das obras da casa. O inquilino só pode, aliás, realizar qualquer tipo de obra dentro da habitação mediante autorização do senhorio por escrito.

Quotas do condomínio, fixas ou extraordinárias

Também estas despesas ficam do seu lado. Despesas com condomínios, sejam elas fixas ou extraordinárias, devem ser pagas pelo proprietário do imóvel.

Imposto do selo e Imposto Municipal sobre Imóveis

Tudo o que tenha que ver com taxas e pagamentos legais e do Estado também é da sua responsabilidade. E para que possa alugar o seu apartamento, é necessário ter tudo isto em dia.

Certificado energético

O certificado energético, além de ficar a seu cargo, é também obrigatório para permitir que a sua casa seja arrendada. Só assim garante todos os pressupostos necessários para ter um contrato totalmente legal.

Quero arrendar o meu apartamento: dicas para rentabilizar o seu negócio


Pagamento do IMI: o que mudou em 2019

Agora que está por dentro das questões legais e mais burocráticas, anote estas dicas que ajudam a valorizar o seu apartamento.

Invista num upgrade

Faça uma vistoria geral ao seu apartamento e anote pequenas coisas que pode melhorar. Uma pintura aqui, uma melhoria ali, um móvel novo para algum local. No final faça as contas e veja quanto lhe dá.

Acredite que pode compensar investir algumas centenas de euros porque no final de uns meses de renda (que conseguiu colocar mais alta graças a esses upgrades) recupera esse valor e depois é tudo ganho.

Utilize a tecnologia para anunciar

Se a internet existe, com todos os seus canais abertos e disponíveis, há que tirar partido disso para quem pensa em arrendar o apartamento. Aproveite os portais que permitem fazer negócios a nível particular (OLX, Sapo, Custo Justo) e se estiver disposto a isso, verifique com alguma agência imobiliária as condições que exigem para que a sua casa fique anunciada nos seus canais.

Estas empresas ficam sempre com uma percentagem, mas a verdade é que depois são elas que têm todo o trabalho de marketing e divulgação. Pode valer a pena.

Conheça os 10 melhores sites de arrendamento >>

Seja justo no preço

A questão do preço é sempre uma questão sensível e que deve ser pensada com todo o cuidado. Em primeiro lugar, tem de ser justo. Não pode querer alugar gato por lebre mas também não pode subvalorizar o seu imóvel. Analise o mercado nas zonas de proximidade ao local onde o imóvel está situado e tente equiparar-se, dando um ou outro pormenor de destaque e diferenciação.

Seja flexível nas visitas

Se quer ganhar a corrida do arrendamento, este ponto é realmente importante. Durante o tempo que estiver a anunciar o seu apartamento, deve tentar garantir que se consegue adaptar aos horários das pessoas interessadas. Se não conseguir fazer todas as visitas, peça ajuda a um familiar próximo, por exemplo. Há negócios que ficam por fazer por incompatibilidades de horários.

Tente saber mais sobre o inquilino

Antes de fechar efetivamente o negócio, tente saber um pouco mais sobre o seu inquilino. Tenha uma conversa franca com ele e esclareça as suas dúvidas. Além disso, é imprescindível pesquisar a “saúde financeira” do locatário, para sua proteção.

Contrato à prova de bala

Se há ponto onde pode e deve pedir ajuda, é este. Este documento vai ser a sua salvaguarda, para o bem e para o mal. Verifique todos os pontos com um advogado ou especialista e garanta que tudo o que pretende está estipulado e escrito. Caso contrário, um dia mais tarde pode ouvir: “não estava no contrato pelo que não tem como contestar”.

Estipule o preço da mensalidade, duração do contrato, despesas inerentes a cada um dos outorgantes. O contrato de arrendamento deve incluir também o critério para reajuste e cláusulas para rescisão.

Veja também:

Helena Peixoto Helena Peixoto

‘If you can dream it, you can do it’: é assim que gosta de pensar e viver a vida. Casada, com um filho e com um cão, vê na família e amigos os seus bens mais preciosos, mas não passa sem um bom desafio profissional. Comunicar é a ‘sua praia’, seja em canais mais institucionais ou meios mais informais. Adora um bom filme, uma viagem dentro ou fora do país, é apaixonada por animais e anda sempre ‘à caça’ das últimas promoções.

Limpeza e Arrumação