Publicidade:

4 razões pelas quais está sempre doente

Está sempre doente e não sabe a razão? Existem alguns comportamentos que pode adotar no dia a dia para melhorar mais rapidamente e evitar novas infeções.

4 razões pelas quais está sempre doente
Lavar bem as mãos é essencial

Para algumas pessoas, estar doente é quase um estilo de vida: entre uma constipação e outra são apenas alguns dias a sentir-se bem. Ver-se livre do muco, da tosse, do nariz entupido e das dores de cabeça parece impossível, mas não é. O segredo para se livrar da sensação de que está sempre doente é um só: entender a causa da doença.

4 motivos pelos quais está sempre com gripe


Alimentação

alimentacao

É um consenso: uma dieta equilibrada faz o corpo funcionar melhor. Comer bem significa ingerir todas as vitaminas, minerais e nutrientes de que o corpo precisa para fazer o sistema imunitário funcionar nas melhores condições.

Apesar de, em cada fase da vida, o corpo humano precisar mais de um nutriente e menos de outro, algumas recomendações são aplicáveis a todos, independente da idade e do género:

  • Coma muitas frutas e vegetais;
  • Escolha, sempre que possível, carnes magras;
  • Restrinja o consumo diário de gorduras, sódio e açúcares;
  • Coma cereais integrais sempre que possível.

Falta de vitamina D

vitamina d

Se fica doente com alguma regularidade, talvez esteja na hora de consultar um médico e aumentar a ingestão de vitamina D. Um estudo recente descobriu que suplementos de vitamina D ajudam a evitar infeções respiratórias. A deficiência da vitamina também está ligada ao enfraquecimento do sistema imunitário.

Uma boa maneira de aumentar o consumo do nutriente é optar por peixes gordos, ovos e cogumelos. É importante também estar exposto ao sol durante 10 a 15 minutos por dia, para que corpo possa sintetizar a “vitamina do sol”, como é conhecida. Pode ainda recorrer a suplementação, mas o melhor será sempre informar-se junto do seu médico.

Desidratação

water

Os órgãos e os tecidos do corpo humano precisam de água para sobreviver, pois é a água que transporta os nutrientes e os minerais entre as células, e mantém a boca, o nariz e a garganta hidratados, o que é essencial para evitar uma infeção.

Apesar do corpo ser constituído por 60% de água, perde muitos fluídos na urina, suor, movimentos intestinais e até no processo de respiração.

A desidratação acontece quando a água perdida não é reposta na quantidade necessária e uma desidratação leve dificilmente será detetada, no entanto, pode deixar o corpo mais vulnerável a vírus e bactérias. Alguns sintomas de desidratação leve a moderada são: dores no corpo, dores de cabeça, fadiga e prisão de ventre.

Mãos sujas

washing hands

As mãos estão em contato com vírus, bactérias e germes a todo a hora, ao longo do dia. Quando não são lavadas de forma adequada, estas transportam uma sujidade quase impercetível que pode estar na origem de doenças.

Quando se está doente, o cuidado tem que ser ainda maior: uma má higiene pode fazer com que a própria pessoa se infete novamente.  Tenha sempre disponível higienizadores na forma de gel, loção ou toalhitas, para utilizar nas mãos e nos dispositivos de uso frequente, como telemóveis, computadores e o volante do carro.

Veja também: