Publicidade:

6 receitas caldo de carne para fazer em casa e ter cozinhados cheios de sabor

Vamos ensiná-lo aquelas receitas caldo de carne do tempo das nossas avós que além de um sabor único, são saudáveis. Pronto para aprender?

6 receitas caldo de carne para fazer em casa e ter cozinhados cheios de sabor
Prefira os caldos caseiros aos de compra

Sim, hoje vamos falar de receitas caldo de carne, pois acreditamos serem muito mais saudáveis e, até, económicas do que os caldos de compra, à venda nas grandes superfícies. Estas receitas caldo de carne vão, certamente, fazê-lo recuar aos tempos da sua infância e aos cozinhados da sua avó, sempre confecionados com receitas caldo de carne caseiras. O sabor único e intenso, sem quaisquer conservantes ou aditivos, fazem destes caldos a base ideal de qualquer cozinhado.

Aprenda as receitas caldo de carne e verá como é simples fazê-las


caldo de carne

CALDO DE CARNE DE AVES

Ingredientes
3 kg de carcaças de aves
100 g de cebolas
100 g de alho-francês 
50 g de ramo de aipo
1 folha de louro
1 raminho de tomilho
Água, q.b.

Modo de Preparação

  1. Coloque as carcaças de aves em água fria e leve a levantar fervura, para limpar as impurezas.
  2. Retire imediatamente e lave as carcaças.
  3. Lave agora os legumes e as ervas.
  4. Coloque as carcaças num recipiente, cobertas com água fria e leve a ferver.
  5. Junte a guarnição aromática e vá retirando a gordura e as impurezas.
  6. Deixe cozer durante 1 hora e 30 minutos, passe pelo passador e arrefeça rapidamente.

CALDO DE CARNE DE VITELA

Ingredientes
5 l de água
4 kg de ossos de vitela
7 cogumelos paris
1 cebola
1/2 talo de alho-francês
Óleo vegetal, q.b.

Modo de Preparação

  1. Corte os ossos aos bocados e leve-os ao forno a corar, de maneira a ficarem com uma coloração uniforme.
  2. Corte as cenouras, o alho-francês às rodelas e os cogumelos em metades.
  3. Salteie numa frigideira com um fio de óleo até ficarem bem corados.
  4. Corte as cebolas ao meio, sem retirar a pele e, numa frigideira forrada com papel de alumínio, queime-as no fogão até ficarem bem escuras e caramelizadas.
  5. Retire os ossos do forno e coloque dentro da panela, onde vai preparar o caldo.
  6. Retire a gordura do tabuleiro onde assou os ossos e junte um pouco de água para ajudar a soltar os sucos da cozedura, caramelizados. Junte aos ossos.
  7. Acrescente a guarnição aromática, que já foi caramelizada, e as cebolas coradas.
  8. Cubra com água fria e deixe levantar fervura, sempre em lume brando, escumando constantemente de maneira a retirar todas as impurezas que fiquem à superfície.
  9. Mantenha a temperatura de fervura durante 2 a 3 horas.
  10. Finalmente, passe pelo passador de rede, sem espremer, retirando toda a gordura e deixe arrefecer.

CALDO DE CARNE DE PATO

Ingredientes
5 l água
2,5 kg de pato 
8 cogumelos paris
1 cebola 
1/2 cenoura grande
1/2 talo de alho-francês
Azeite, q.b.

Modo de Preparação

  1. Retire os peitos e as pernas ao pato – guarde-os para outra receita – e asse a carcaça até ficar bem corada.
  2. Salteie todos os legumes, exceto a cebola, numa frigideira com um fio de azeite, até ficarem bem corados.
  3. Corte as cebolas ao meio, sem retirar a casca e, numa frigideira forrada com papel de alumínio, queime-as ao lume, até ficarem bem escuras e caramelizadas.
  4. Numa panela alta, junte a carcaça e a guarnição aromática, cubra com água e deixe ferver lentamente durante aproximadamente 3 horas.
  5. Retire, passe pelo passador de rede, sem espremer, retirando toda a gordura e deixe arrefecer.

Caldo de carne bimby

Ingredientes
300 g de carne, sem nervos, cortada em pedaços
300 g de legumes variados (aipo, cenoura, cebola, alho, tomate)
300 g de sal grosso
30 g de vinho tinto
4 ramos de ervas frescas variadas (salva, alecrim)
1 folha de louro
1 cravinho

Modo de Preparação

  1. Coloque no copo a carne e pique 10 seg/vel 7. Retire e reserve.
  2. Coloque no copo os legumes e as ervas e pique 10 seg/vel 5.
  3. Adicione o sal, a carne reservada, o vinho, o louro, o cravinho e programe 20 min/Varoma/Counter-clockwise operation/vel 1.
  4. Retire o copo de medida e coloque o cesto sobre a tampa para evitar salpicos.
  5. Retire o cesto e a folha de louro, coloque o copo de medida e programe 1 min e vá progressivamente até à vel 7. Retire para um frasco bem lavado e esterilizado e deixe arrefecer.

Caldo de carne de frango

Ingredientes
3 l de água
2,2 kg de asa de frango
700g de cebolas picadas
200g de cenouras picadas
200g de aipo ou alho-francês
1 chávena de vinho branco seco

Modo de Preparação

  1. Lave as asas e junte todos os ingredientes numa panela com a água e o vinho.
  2. Leve a lume forte, reduzindo quando ferver e deixando cozinhar por aproximadamente 2 horas.
  3. Com uma escumadeira, vá tirando as impurezas, coe e deixe arrefecer.
  4. Leve o caldo ao frigorífico por algumas horas.
  5. Retire a crosta formada à superfície do caldo e use ou guarde no congelador, onde ser conserva entre 3 a 6 meses.

Caldo de carne fácil

Ingredientes
1 kg de costela bovina, em pedaços
1 canela de boi, sem carne
1 pé de boi, em pedaços
3 cenouras
3 aipos
3 cebolas
1 molho de salsa
1 c. de sopa de óleo de girassol
1 c. de sopa de pimenta

Modo de Preparação

  1. Leve uma panela grande a lume médio com o óleo e, quando estiver quente, acrescente a costela bovina e cozinhe até dourar.
  2. Descasque as cenouras e a cebola e corte em pedaços, juntamente com o aipo.
  3. Acrescente os legumes, as ervas aromáticas e a pimenta à panela e cubra com água, cerca de 3 dedos acima da altura dos legumes.
  4. Deixe cozinhar até ferver e, nesse momento, retire a espuma que se formou.
  5. Tape e deixe cozinhar por 1 hora, para que os sabores fiquem bem apurados.
  6. Escorra os ingredientes e coe-os, de forma a obter um líquido sem pedaços.
  7. Conserve o caldo no frigorífico por 3 dias ou, no congelador, por 3 meses.

Porquê comprar algo que pode confecionar de forma tão simples e económica? Não há mesmo razão para tal aquisição, certo? Então, comece a praticar estas receitas caldo de carne e veja qual ou quais prefere. Não se esqueça que pode sempre congelar porções de caldo e, assim, terá sempre um cubo de caldo mesmo à mão, para utilizar. Além disso, pode ir variando nas receitas caldo de carne e operar ligeiras alterações, por exemplo nos temperos, o que tornará estes caldos, em caldos únicos e com um sabor exatamente à medida dos seus gostos.

Veja também: