Publicidade:

Regulador de luz: conheça as vantagens de ter um

Já pensou em dar uma vida diferente a um mesmo espaço da sua casa apenas através da iluminação? Com um regulador de luz é possível. Nós explicamos como.

Regulador de luz: conheça as vantagens de ter um
Escolha o regulador que se adapta mais ao seu estilo

Para quem vive muito a sua casa, mudar o aspeto das divisões por vezes é uma necessidade que se impõe, para não nos cansarmos. Mas, infelizmente, a generalidade das pessoas não pode andar sempre a comprar móveis, cortinados ou sofás diferentes para cada ocasião. Alguma vez lhe ocorreu que um regulador de luz pudesse ajudar a dar um ar diferente à sua casa, sem sequer ter de mudar a disposição dos móveis? É possível e o investimento até é baixo.

Criar ambientes distintos com um regulador de luz

regulador de luz

O regulador de luz não é mais do que uma alternativa ao interruptor de luz tradicional, através do qual pode controlar a intensidade de luz de acordo com o ambiente que quer criar.

As divisões mais comuns para se ter um regulador de luz são as salas e os quartos. Situações tão diferentes como um jantar entre amigos, uma sessão de cinema, um jantar romântico ou uma noite de jogos fazem com que a atmosfera seja diferente. Quando temos um sistema de iluminação tradicional podemos não nos aperceber tão facilmente de como a diferença da luz pode ajudar a criar esses ambientes, mas acredite que não é a mesma coisa!

Já se imaginou a conseguir recriar o ambiente daquele restaurante romântico que sempre adorou? E ter uma luz adequada ao visionamento de um filme? Os seus filhos gostam de dormir com luz acesa, mas está farto de usar uma luz de presença? Tudo isto pode ser conseguido com um regulador de luz, que pode ser bem barato e acessível.

Antes de comprar um regulador só tem de garantir que este é compatível com as lâmpadas que usa, mas basta informar-se junto do vendedor da loja que escolha, que este saberá orientá-lo facilmente.

Alguns destes interruptores, para além de regularem a intensidade da luz, também têm um temporizador que permite programar a hora a que a luz se irá apagar.

Muitos reguladores também trazem comandos que permitem um controlo à distância. Mas uma das coisas mais importantes neste tipo de sistema é a poupança. Podendo escolher uma intensidade de luz mais baixa irá poupar na eletricidade, existindo aqui uma dupla vantagem na sua utilização, que não se resume ao ambiente e à estética.

Alternativas e preços

A função básica de qualquer regulador de luz passa pelo controlo da intensidade de iluminação. Depois, atendendo a determinadas, preferências, como ter ou não comando, a estética, o material de que é feito, a possibilidade de programação e, mais importante, a compatibilidade com o sistema de iluminação que já possui, tem várias opções à disposição.

O preço mais barato que encontrámos foi de 5,75€ por unidade, caso opte por comprar online, na Castro Eletrónica. Quantos mais reguladores comprar, mais barata fica a unidade. Na loja, cada regulador de luz fica por 6,50€.

A Mauser tem um regulador a 15,79€ e outro a 21,25€. São um pouco diferentes, por isso convém analisar bem que estilo se adapta mais a si.

Na Efecto Led tem uma opção a 20,28€ e outra a 25,36€. A grande diferença entre eles, para além de pequenos pormenores estéticos, é a potência.

A Ennio Interruptores que, desde o vidro temperado ao design minimalista, não deixou nada ao acaso ao produzir este regulador de luz de 21,45€.

No AKI encontra várias opções, mas um pouco mais caras do que as anteriores. Dos 26,99€ aos 59,99€ pode escolher um regulador que seja do seu agrado.

No site da Schneider, apesar de não ter preços, encontra interruptores muito elegantes e onde se nota que houve uma grande atenção à estética. Ao selecionar um regulador pode ver onde o pode encontrar à venda.

Não se esqueça de um pormenor importante: não basta comprar um regulador de luz, é preciso instalá-lo. Por isso, se não percebe de eletricidade, não se esqueça que vai precisar de contratar esse serviço. Se tiver um eletricista de confiança, contacte-o. Caso contrário, pode perguntar na loja onde fizer a compra se também prestam esse tipo de serviço. Mas, se não percebe do assunto, não arrisque.

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro e não é responsável pelos produtos apresentados. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se quiser sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].