Publicidade:

Retribuição Mínima Mensal Garantida em 2018

A Retribuição Mínima Mensal Garantida em 2018 aumenta, de acordo com o que estava previsto pelo Governo. Saiba com o que pode contar a partir de janeiro.

Retribuição Mínima Mensal Garantida em 2018
Descubra o novo valor em vigor

O Presidente da República promulgou o decreto do Governo que fixa o aumento da Retribuição Mínima Mensal Garantida em 2018.

Descubra o novo valor de Retribuição Mínimal Mensal Garantida


O aumento para os 580 euros foi oficializado no Decreto-Lei n.º 156/2017, publicado em 28 de Dezembro de 2017. Assim, o salário mínimo nacional passa de 557 euros para 580, e está já em vigor desde Janeiro.

O decreto pela “Melhoria das condições de vida”

A Retribuição Mínima Mensal Garantida ao trabalhador é o valor estipulado para o salário mínimo nacional. O direito está definido através do Código do Trabalho, no artigo 273.º, e os números são determinados todos os anos por uma legislação específica, uma resolução fixada após ser ouvida a Comissão Permanente de Concertação Social. O salário mínimo nacional é uma referência fundamental quando o assunto é o mercado de trabalho.

O valor praticado leva em consideração as necessidades básicas dos trabalhadores em território nacional, bem como o crescimento da produtividade e a subida dos custos de vida – tudo isso com o objetivo de ajustar os rendimentos mínimos aos preços praticados pelo mercado.

O Governo relembrou que o Decreto-Lei n.º 156/2017, que marca a valorização do salário mínimo nacional, “é um instrumento com potencial na melhoria das condições de vida e na promoção da sustentabilidade do crescimento económico”. Assim, o diploma defende que o montante da Retribuição Mínima Garantida, bem como a subsistência de bolsas importantes para trabalhadores em situação comprovada de pobreza, “justificam o desígnio nacional de realizar um esforço extraordinário e concertado para a elevação do Salário Mínimo Nacional, durante um período limitado, para patamares que possam promover uma maior modernização económica e social e uma efetiva redução das desigualdades”.

retribuição minima mensal garantidaFonte: Unsplash/timdwright

Evolução nos valores da Retribuição Mínima Mensal Garantida

Os últimos anos mostram a subida no valor da Retribuição Mínima Mensal Garantida. Em 2015, o valor fixado era de 505 euros, enquanto que em 2016 a remuneração mínima passou a ser de 530 euros. Em 2017 o valor escalou para o patamar dos 557 euros. Agora o salário mínimo nacional garantido ao trabalhador é de 580 euros. As previsões apontam para os 600 euros em 2019.

Açores e Madeira

Se no continente o salário mínimo é de 580 euros, nas ilhas o valor é mais expressivo. Veja:

  • Na Madeira, a Retribuição Mínima Mensal ficou estabelecida nos 592 euros;
  • Nos Açores o valor é ainda superior, chegando aos 609 euros.

Evolução em Portugal

Desde a entrada no euro, em 2002, o valor da Retribuição Mínima Mensal subiu dos 348 euros mensais para os atuais 580, um aumento de 232 euros em quinze anos. Confira os valores para a última década:

  • 2007: 403,00€
  • 2008: 426,00€
  • 2009: 450,00€
  • 2010: 475,00€
  • 2011: 485,00€
  • 2014: 505,00€
  • 2016: 530,00€
  • 2017: 557,00€

Retribuição Mínima Mensal Garantida na Europa em 2017

Os países com retribuições mais altas são:

  • Luxemburgo – 1,998.59 €
  • Irlanda – 1,563.25€
  • Países Baixos – 1,551.60€
  • Bélgica – 1,562.59€
  • Alemanha – 1,498.00€

Os países com retribuições mais baixas são a Bulgária – 235 €, a Roménia – 275 €, a Letónia – 380 €, a Lituânia – 380 €, e a Hungria – 412,66€.

Veja também:

Catarina Reis Catarina Reis

Consultora de carreira com mais de 10 anos de experiência, possui formação superior em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia. É naturalmente curiosa, desenvolvendo múltiplos projetos paralelos que envolvem a Fotografia, a Música, o Marketing Digital e o Cinema.