Publicidade:

SEAT: A história desde o 1400 até à criação da divisão Cupra.

A SEAT faz este ano 69 anos de fundação. Adquirida em 1987 pelo gigante Grupo Volkswagen atualmente com a marca CUPRA aposta em modelos desportivos.

 
SEAT: A história desde o 1400 até à criação da divisão Cupra.
Desde 1953 a fazer história na indústria automóvel

A SEAT é um construtor automóvel recente. A Sociedad Española de Automóviles de Turismo (SEAT) fundada em 9 de maio de 1950, tem sede na cidade de Martorel (Barcelona), em Espanha. Atualmente é presidida por Luca de Meo e o diretor de design é Alejandro Mesonero-Romanos.

Fundada por iniciativa do Instituto Nacional de Indústria espanhol, a SEAT nos primeiros anos esteve ligada à FIAT e, só mais tarde, em 1987 foi adquirida pelo Grupo Volkswagen. Recentemente lançou a marca CUPRA (2018) que aposta numa linha de modelos com caráter vincadamente desportivo, autonomizando assim um nome que há muito acompanhava a linha dos topo de gama da marca espanhola. A CUPRA abraça ainda a produção do desportivo de competição elétrico CUPRA e-Racer.

A empresa de automóveis espanhola tem fábricas em Barcelona e Martorell. Esta foi inaugurada em 1993 pelo Rei Juan Carlos I. Uma terceira unidade de produção situada em Landaben, Navarra, fabricou o modelo 124. Hoje produz apenas automóveis para a Volkswagen.

Nos seus 69 anos de atividade no sector automóvel a SEAT expandiu-se um pouco por todo o mundo, chegando a 70 países, onde possui empresas de venda e concessionários.

Com o advento do 70.º aniversário, a SEAT juntamente com o Volkswagen Group China e JAC aposta na diversificação dos seus produtos e mercados e participa no desenvolvimento da mobilidade elétrica na China, com acordos estratégicos neste sector a serem assinados em 2018, em Berlim e Madrid. A marca tem ainda interesses no Norte de África e Noruega.

Da sua carreira o ano de 2018 foi o melhor de sempre. Neste registou lucros depois de impostos na ordem dos 281 milhões de euros. As vendas de automóveis atingiram as 470 mil unidades e o volume de negócio superou os 9.500 milhões de euros, em 2017.

Os melhores SEAT de sempre


Conheça os melhores SEAT de sempre numa lista em que mais importante do que a ordem, será a evolução de uma marca jovem que foi pioneira ao produzir o primeiro SUV urbano a GNC (Gás Natural Comprimido) e gasolina: o SEAT Arona TGI.

1. SEAT 1400

SEAT 1400

Modelo criado em 1953 teve produção até 1963. A marca disponibilizou diversas versões deste sedan que foi substituído pelo SEAT 1500. O SEAT 1400 estava equipado, à época, com um motor 1.4 litros, recebia caixa manual de quatro velocidades e tinha uma potência de 44 cv. Velocidade máxima de 120 km/h.

2. SEAT 850

SEAT 850

Ligada nos primeiros anos à FIAT, a SEAT apresentou diversos modelos que partilhavam muitas caraterísticas com os automóveis da marca italiana. É o caso do SEAT 850 criado em Itália mas caraterizado como um modelo FIAT 600, melhorado. No mercado espanhol chegou a ser comercializada uma versão de 4 portas, em versões curta e comprida, respetivamente Corto e Largo (este mais espaçoso e com capota retrátil). O SEAT 850 foi produzido na Espanha entre 1966 e 1974.

3. SEAT 127

SEAT 127

À semelhança do FIAT 127, este automóvel tinha 3,59 metros de comprimento, 1,53 metros de largura, 1,37 metros de altura e 2,3 metros de distância entre eixos, sendo considerado um automóvel mini. O modelo surgiu na Europa em 1971, mas a SEAT só iniciou a comercialização do 127 em 1972, disponibilizando versões de 2 e 3 portas, a que mais tarde foram acrescentadas versões de 4 e 5 portas. A grande diferença destas variantes era o portão da bagageira. A produção terminou em 1983.

4. SEAT 131

SEAT 131

Ainda com a chancela da FIAT, a SEAT comercializou em Espanha o modelo 131, um automóvel familiar de tamanho médio que teve assinalável êxito comercial. Enquanto detentor da marca italiana o 131 teve um palmarés invejável nos ralis e diversas versões desportivas das quais o 131 Abarth Stradale é exemplo. Produção de 1974 a 1984.

5. SEAT Ibiza

SEAT Ibiza

Na lista dos melhores SEAT de sempre tem de constar forçosamente o Ibiza. Este é o modelo icóne da marca espanhola que desde 1984 tem somado sucesso após sucesso. São 35 anos de história, quatro gerações e mais de 5,4 milhões de unidades vendidas. O Ibiza foi pensado em Barcelona e o responsável da primeira geração foi o mestre do design automóvel Giorgetto Giugiaro. Na altura o motor foi desenvolvido em parceria com a Porsche tendo nascido também, nesta época, a conhecida designação System Porsche. Com 8 em cada 10 Ibiza a ingressarem no mercado de exportação, a SEAT consegue estar presente, com este modelo, em mais de 75 países. Além do sucesso comercial, o Ibiza impôs-se nas competições automóveis ao conseguir três títulos do Campeonato Mundial de Ralis FIA na categoria 2 litros em 1996, 1997 e 1998.

6. SEAT Cordoba

SEAT Cordoba

Este é um dos automóveis que, à semelhança do Ibiza, foi batizado com o nome de conhecidas cidades espanholas. Uma caraterística da marca que acaba por ser também uma divulgadora da história do país. O Cordoba é um sedan compacto que deriva do Ibiza. Além de Espanha, o modelo conheceu sucesso em Portugal e Brasil. Além do sedan foi comercializada uma versão station wagon, designada de Cordoba Vario. Produção entre 1993 e 2009.

7. SEAT Arosa

SEAT Arosa

O SEAT Arosa inaugurou a chamada versão de entrada no portfólio de produtos SEAT. Trata-se de um derivado de outro modelo de grande sucesso do grupo Volkswagen: o Lupo. É um pequeno citadino, com espaço q.b para quatro passageiros e vocacionado para ser o segundo carro de família. Teve produção entre 1997 e 2004.

8. SEAT ALHAMBRA

SEAT ALHAMBRA

O familiar por excelência da marca espanhola. O Alhambra teve início de comercialização em 1996 e, atualmente é produzido pela Fábrica da Autoeuropa, em Palmela, Portugal. Trata-se de um monovolume que ainda hoje está no ativo. Espaço, qualidade de construção, economia e fiabilidade são termos que o podem definir. Por estas caraterísticas e por ter design da autoria de Walter da Silva que também assina o SEAT Arosa e o SEAT Altea (2004-2005), o SEAT Alhambra tem de integrar a lista dos melhores SEAT de sempre.

9. SEAT Exeo

SEAT Exeo

Comercializado entre 2009 e 2013 o SEAT Exeo é um sedan médio-grande cujo design moderno visa projetar a marca para o futuro. Carateriza-se pelos faróis que rasgam a frente e invadem as laterais, bem como pelos farolins traseiros que se prolongam horizontalmente pelo portão da bagageira. O habitáculo é desafogado e está equipado com as mais modernas tecnologias de segurança e conforto. A SEAT disponibilizou três versões: Reference, Style e Sport. As motorizações a gasolina geravam potências de 102 cv e 200 cv, enquanto os diesel oscilavam entre os 120cv e os 170 cv.

10. SEAT Tarraco

SEAT Tarraco

Fonte: Seat/ Divulgação

O mais recente modelo da marca espanhola, o Tarraco, tem de integrar a lista dos melhores SEAT de sempre. Não só por ser a derradeira proposta da SEAT no mercado, mas também pela elegância de linhas, espaço, qualidade de construção, motores eficientes e disponibilidade de tecnologia de segurança ativa e de ajuda à condução, cada vez mais presente nas novas unidades automóveis. Apresentado no Salão Automóvel de Paris em 2018, o Tarraco é um SUV de 7 lugares, direcionado às famílias numerosas. O nome deste SUV foi escolhido por votação pública no decorrer de 2017 e surgiu de entre as 10.130 sugestões apresentadas por 130 mil pessoas que participaram na iniciativa.

Veja também:

Valdemar Jorge Valdemar Jorge

No seu ADN encontramos a paixão pelos automóveis enrolada no gosto por contar histórias. Profissionalmente conta com 34 anos de jornalismo, praticamente os mesmos que o hobby que escolheu – a fotografia. O seu lugar favorito, hoje, é na estrada, sentado ao volante de um carro que vai ser apresentado amanhã, a fazer um teste drive para escrever a crónica que o prezado leitor poderá ler esta noite.

Também lhe pode interessar: