Publicidade:

Seguros de moto mais baratos: é hora de fazer as contas

Nem sempre é fácil encontrar seguros de moto mais baratos. Vai precisar de tempo e paciência para fazer as suas simulações e encontrar os negócios mais vantajosos para si e para a sua carteira.

Seguros de moto mais baratos: é hora de fazer as contas
Faça as suas simulações

As obrigações legais para os aficionados das duas rodas são as mesmas dos condutores de automóveis. O seguro de responsabilidade civil é obrigatório e, por isso, se está à procura dos seguros de moto mais baratos está na hora de fazer a sua pesquisa de mercado.

Existem diversas opções à sua disposição e, assim sendo, é necessário estar atento a todas as condições disponibilizadas pelas diversas companhias de seguro especializadas.

Seguros de moto mais baratos: existem limitações

seguros de moto mais baratos

De acordo com a lei, o seguro de responsabilidade civil a contratar por quem anda de moto deve cobrir um milhão de euros para danos materiais e cinco milhões de euros para danos corporais.

Apesar de o seguro ser exigido por lei, algumas companhias ainda limitam a contratação deste tipo de seguros a pessoas que já fazem parte da sua carteira de clientes (noutras modalidades) ou a motards que não tenham registo de nenhum acidente.

seguro de danos próprios é o mais indicado, pois protege-o dos danos provocados na moto (roubo, choque, capotamento, colisão, incêndio, explosão ou raio). Ainda assim, esta é uma das modalidades mais difíceis de contratar.

Se reúne todos os seus seguros numa única companhia (seguro de vida, saúde e carro, por exemplo), poderá ser mais fácil negociar este tipo de contratação. Ainda assim, espere por uma franquia de 20% do valor da sua moto.

Seguros de moto mais baratos: segurança paga a peso de ouro?

Muitas seguradoras, à conta do risco envolvido, não subscrevem seguros para motos, principalmente se já não for cliente de outro tipo de serviços, se tiver pouco experiência de condução (carta há menos de dois anos ou menos de 25 anos de idade) ou se tiver registo de acidentes.

Por vezes, consegue garantir seguros de moto mais baratos através de um mediador. Caso as seguradoras lhe voltem as costas, pode (e deve) reunir três declarações de recusa: de seguida, apresente estes documentos ao Instituto de Seguros em Portugal – esta entidade encarregar-se-á de nomear-lhe uma companhia que irá fazer o respetivo seguro.

A grande maioria das seguradoras define duas classes de cilindrada com prémios distintos: até 500 centímetros cúbicos ou mais (algumas definem outras classes de 250 centímetros cúbicos ou inferiores).

Assim como no seguro automóvel, os motards que residem em zonas de risco reduzido têm desconto no prémio do seguro (pode variar entre os 5% e os 25%). Por sua vez, os motards com acidentes vêm o prémio agravado – um aumento que chegar aos 200%, segundo a Deco Proteste. Pode chegar aos 200%, dependendo do número de sinistros participados. Os motards mais jovens e com carta há pouco tempo também são bastante penalizados: pagam cerca de 40%.

Seguros de moto mais baratos: faça as suas simulações

Para saber qual o seguro de responsabilidade civil para motos que mais convém às suas necessidades e à sua carteira deverá fazer as suas simulações. Conheça já as propostas das seguradoras:

Veja também: