Publicidade:

Seguro de saúde para parto: como escolher o melhor

Quer ter um filho? Sabia que pode fazer um seguro de saúde para parto? Veja, neste artigo, alguns exemplos, como escolher e quais as coberturas existentes.

Seguro de saúde para parto: como escolher o melhor
Algumas sugestões para quem quer ser mãe

Se está a pensar ter um filho, poderá ser pertinente fazer um seguro de saúde para parto ou pensar num seguro de saúde que também inclua este tipo de cobertura.

Deve ponderar esta opção com tempo, sobretudo devido aos períodos de carência que muitos seguros têm. Pode, na maioria das vezes, ter de esperar até cerca de um ano para beneficiar do apoio deste serviço.

Porquê fazer um seguro de saúde para parto?


Um seguro de saúde para parto ajuda a acautelar várias despesas. Por exemplo, há alguns seguros de saúde que incluem coberturas como:

  • Cesariana;
  • Interrupção Involuntária da Gravidez (IIG);
  • Internamento hospitalar (em muitos casos, inclui diária hospitalar da mãe e do recém-nascido, os honorários médicos do obstetra e do pediatra, a sala de operações e os medicamentos ministrados);
  • Consultas;
  • Exames.

Seguro de saúde para parto: alguns exemplos


Vamos dar alguns exemplos de seguros de saúde para parto, ou com coberturas deste género, que existem no mercado, bem como as suas características.

seguro de saúde para parto

Allianz Saúde

O seguro da Allianz tem um módulo de serviços de hospitalização e ambulatório completo que inclui cobertura de parto, próteses, ortóteses e dental.

Coberturas:

  • Acesso à rede Parto, Ambulatório, Próteses e Ortóteses;
  • Assistência em Portugal;
  • Segunda opinião médica;
  • Acesso a rede de bem-estar;
  • Dental;
  • Hospitalização (capital de 100.000 euros e inclui parto).

No que ao parto diz respeito: inclui parto normal, IIG e cesariana. O período de carência deste seguro, no caso do parto, é de 365 dias.

Em termos de copagamento, neste seguro, para parto normal ou IIG apenas terá de pagar 250 euros por ato. No caso das cesarianas, o valor é de 500 euros por ato.

Para mais informações sobre este seguro e as diferentes coberturas deve contactar a Allianz.

Médis

A Médis tem 3 opções de seguro que contemplam o parto e pode simular, na página desta seguradora, qual a que melhor se adapta às suas necessidades e possibilidades.

Opção 1: com hospitalização e opção de incluir assistência ambulatória (consultas e exames) e parto;

Opção 2: com capitais de hospitalização mais elevados, assistência ambulatória, parto e a possibilidade de aceder a consultas e tratamentos de medicina dentária;

Opção 3: capitais mais elevados de hospitalização, assistência ambulatória e parto. Opção de aceder a consultas e tratamentos de medicina dentária. Capital de 1 milhão de euros para Doenças Graves e Cobertura Internacional.

Entre estas três opções de seguro, o capital para parto varia entre os 1500 e os 3000 euros por pessoa segura. Para saber mais, contacte a Médis.

Seguro de saúde para parto: opções sem período de carência


Como existem períodos de carência elevados nos seguros de saúde, quem quiser ter um filho pode optar por comprar cartões de saúde em determinadas seguradoras. Damos, em seguida, alguns exemplos.

Cartão Activecare Maternal (Multicare)

Este cartão não tem limite de idade, nem período de carência e dá acesso ao parto, consultas ou tratamentos a preços convencionados. Custa 132 euros por ano e não são aplicados limites de capital, nem de utilização. Inclui parto normal, cesariana e IIG e ainda atribui um capital diário para internamento hospitalar.

Cartão Maternal Seguros Continente

Neste cartão não há qualquer período de carência para situações de parto, IIG e cesariana. Garante o acesso, sem necessidade de preenchimento de questionário de saúde, a serviços de ambulatório (consultas, exames) a preços mais vantajosos e ainda o acesso a internamento por parto.

Inclui, também, um capital diário por Internamento Hospitalar no valor de 25 euros. Para mais informações sobre esta opção, deve consultar a página de Seguros do Continente e ver com atenção as Condições Gerais e Particulares.

Para escolher o melhor seguro de saúde para parto deve certificar-se de que estão incluídas todas as coberturas de que necessita e ter em conta que, na maioria dos casos, existem períodos de carência.

Muitas das páginas das seguradoras permitem fazer simulações, por isso, use a ferramenta para estar melhor informado. Ou, se preferir, pode procurar o apoio de um mediador de seguros, que lhe fará uma comparação das várias hipóteses e lhe indicará a melhor opção para o seu caso.

Veja também: