Publicidade:

Conheça algumas sementes e receitas onde usá-las

Pequenas em tamanho, mas grandes em benefícios: as sementes são um superalimento. Se ainda não as inclui na sua alimentação, descubra como fazê-lo.

Conheça algumas sementes e receitas onde usá-las
As sementes estão na moda!

As investigações mais recentes comprovam a diversidade de nutrientes e minerais como o ferro, o fósforo, o magnésio e o zinco – tarefa que podemos tornar simples através da ingestão diária de sementes. Essas miudezas contribuem para o nosso bem-estar e saúde muito mais do que grande parte dos alimentos que ingerimos com grande frequência, pois são ricas em ácidos gordos e ómegas 3 e 6 – que lhe conferem poderes antioxidantes e anti-envelhecimento. São super poderosas, não são?

Se procura ter uma alimentação equilibrada e variada, deve incluir no seu dia a dia este simpático alimento nas suas mais variadas formas, garantindo o consumo de muitas vitaminas e fibras solúveis. Da quinoa ao sésamo,  passando pela chia e pela linhaça, são várias as sementes à sua escolha e muitas as receitas que pode experimentar.

Por exemplo, se quiser substituir os hidratos de carbono – como a massa ou o arroz -, pode utilizar uma porção de quinoa. Se, por outro lado, prefere fundi-las com outros ingredientes, por que não misturar no seu iogurte de sempre uns grãos de sésamo? São várias as propostas que abaixo lhe apresentamos, mas, para já, fique a conhecer melhor as propriedade de algumas sementes.

Principais sementes de A a Z


Sementes

Chia: Possui altos níveis de proteína e é uma fonte, por excelência, de ácidos gordos e ómega 3 e 6. É também uma ótima fonte de fibra e, por isso, regula o trânsito intestinal e transmite uma sensação de plena saciedade. É ainda rica numa propriedade rara nos alimentos – o boro -, mas que é da máxima importância para a saúde dos nossos ossos e da nossa pele. Finalmente, podemos também dizer que é um excelente probiótico, isto é, “trata” as bactérias saudáveis dos nossos intestinos.

Linhaça: Os seus níveis de fibra regulam o trânsito intestinal e causam saciedade em quem a ingere. Fornece também zinco, ferro e selénio, minerais antioxidantes por natureza e que ajudam ainda a combater a anemia. Como é uma semente muito energética, é ótima para quem pratica atividade física. Por isso, antes do seu treino diário, não deixe de a colocar no seu batido!

Quinoa: É uma proteína que, nutricionalmente, pode comparar-se à carne ou ao peixe. Tem muitos aminoácidos, cálcio e lítio, contribuindo para a estabilização do sistema nervoso.

Sésamo: Se só conhecia o sésamo como nome de rua (Rua Sésamo), fique agora a conhecer como semente. Rica em cálcio e ácido fólico, é um ótimo suplemento natural para todas as grávidas. Pode ainda ser usada como laxante natural e tem um efeito anti-inflamatório, especialmente em patologias como a lúpus ou a artrite.

Sementes e receitas deliciosas


Hambúrguer de quinoa e sésamo

HambúrguerFonte: daltonrangel.com
Ingredientes
2 c. de sopa de sementes de sésamo
1 c. de amido milho
1 c. de azeite
1 cebola picada
1 courgette ralada (com casca)
1 tomate
½ cenoura ralada
½ chávena de bróculos
½ chávena de quinoa

Modo de Preparação

  1. Cozinhe a quinoa numa quantidade de água equivalente a dois copos cheios e reserve.
  2. Numa frigideira, com um fio de azeite, coloque a cebola cortada em rodelas finas e deixe alourar.
  3. Depois, coloque os restantes legumes, mexendo sempre em lume baixando, até eles ficarem al dente.
  4. Acrescente a quinoa já cozida e o amido (diluído num pouco de água), mexendo sempre até tudo ficar bem ligado. Nessa altura, adicione o sésamo.
  5. Deixe arrefecer e, só depois, faça os hambúrgueres do diâmetro de um pires de café.
  6. Grelhe numa frigideira untada com um pouco de azeite. Sirva acompanhada por uma salada de tomate.

Pudim de chia

Pudim

Ingredientes
200g de ricota fresca
24g de gelatina sem sabor
200 ml de leite desnatado
180 ml de água
3 c. de sopa de mel
3 c. de sopa de sementes de chia
Fruta a gosto

Modo de Preparação

  1. Deposite as sementes de chia numa porção de água para hidratarem.
  2. Aqueça o leite com o mel. Quando estiver quente, acrescente a gelatina e mexa bem até dissolver.
  3. Adicione ao preparado a ricota e rale com a ajuda de uma varinha mágica. Junte as sementes de chia, já hidratadas, e mexa bem.
  4. Numa forma de pudim, disponha alternadamente a mistura anterior e frutas a seu gosto.
  5. Leve ao frigorífico e sirva bem fresco.

Biscoitos de linhaça

Biscoitos

Ingredientes
1 chávena e 1/2 de farinha de trigo
1 chávena de aveia
1 chávena de chocolate meio amargo
1 chávena de açúcar granulado
3/4 chávena de açúcar mascavo escuro
1/4 chávena de linhaça, bem moída
12 c. de manteiga sem sal, amolecida
1 c. de chá de essência de baunilha
1 c. de chá de bicarbonato de sódio
1/2 c. de chá de sal
1/2 c. de chá de canela em pó
2 ovos grandes

Modo de Preparação

  1. Numa tigela, misture a farinha, a aveia, a linhaça, o bicarbonato, o sal e a canela.
  2. Noutro recipiente, bata a manteiga, o açúcar granulado e o açúcar mascavo até obter uma textura cremosa.
  3. Acrescente os ovos, um a um, e depois a baunilha, batendo sempre.
  4. Adicione a farinha, continuando a bater. Por fim, misture as raspas de chocolate.
  5. Num tabuleiro de forno untado, verta porções de massa equivalentes à medida de uma colher de sopa.
  6. Leve ao forno, previamente aquecido, durante cerca de 10 minutos, até os biscoitos crescerem e dourarem.
  7. Retire apenas quando estiverem bem arrefecidos.
  8. Sirva com um chá calmante de camomila.

Deixamos-lhe três propostas para pôr em prática, mas saiba que pode usar as suas sementes para polvilhar um iogurte, um gelado, uma salada de fruta ou, até, uma carne assada no forno.

Se nunca experimentou nenhuma destas sementes e receitas, certamente está a ponderar fazê-lo. O importante é que, depois de tornar-se fã, não deixe de ingerir este superalimento.

Veja também: