Publicidade:

7 dicas para aliviar a sensibilidade nos dentes

A sensibilidade nos dentes é uma das razões mais comuns para as visitas ao dentista. Fique a saber tudo sobre este problema, desde as causas às soluções.

7 dicas para aliviar a sensibilidade nos dentes
Pequenos gestos diários podem prevenir dentes sensíveis

É seguro afirmar que praticamente toda a gente conhece aquela sensação dolorosa, semelhante a um choque, que atinge os dentes quando se trinca um gelado. O problema é que não é só a comida fria que requer cuidados: os alimentos quentes podem desencadear exatamente a mesma sensação. Este desconforto tão comum chama-se sensibilidade nos dentes e leva muitas pessoas ao dentista.

Mas será que sabe quais são as causas que estão na origem desta dor ou de que forma a pode aliviar? Fique a conhecer o tema de A a Z e descubra como pode melhorar a saúde dos seus dentes.

Sensibilidade nos dentes: o que é e causas


conheça as causas da sensibilidade dentária

Não lavar os dentes antes de dormir, não usar fio dentário, fugir a sete pés do consultório do dentista. Não é segredo para ninguém: são muitos os erros cometidos no que se refere à saúde oral. O problema é que ao relegar a preocupação com os seus dentes para segundo plano pode estar a arriscar-se a sofrer consequências graves.

A sensibilidade dentária ocorre quando o tecido poroso dos dentes, a dentina, fica exposto. Geralmente, este fenómeno acontece devido à perda do esmalte dos dentes ou, ainda, devido à recessão do tecido das gengivas.

Ora, a dentina possui canais microscópicos que funcionam como caminhos de acesso aos nervos, que, graças à exposição, podem ser mais facilmente ativados por estímulos exteriores. Resultado? Surge a dor tão incomodativa.

Causas da sensibilidade nos dentes

Ao contrário do que se possa pensar, sensibilidade nos dentes não é uma doença mas sim uma condição. A verdade é que este é um problema que pode aparecer e desaparecer ao longo do tempo, já que está relacionado com os seus comportamentos e, como tal, tem variadíssimas causas:

  • Lavar os dentes com força a mais;
  • Usar uma pasta de dentes branqueadora;
  • Usar uma escova de dentes com cerdas demasiado rijas;
  • Comer muitos alimentos ácidos;
  • Ranger os dentes (também conhecido como bruxismo);
  • Ter o dente em causa partido;
  • Fazer um tratamento dentário que tenha deixado o dente mais sensível;
  • Ter tártaro nos dentes.

Posto isto deve estar atento à saúde dos seus dentes e marcar uma consulta com um especialista para perceber qual o tratamento mais adequado ao seu caso. Sim, tem mesmo de perder o medo da cadeira do dentista.

Como aliviar a sensibilidade dentária


aprenda a aliviar a sensibilidade dentária

Manter os dentes e as gengivas saudáveis nem sempre é tarefa fácil, especialmente quando não temos consciência de que estamos a cometer erros como os descritos em cima.

Contudo, existem algumas práticas que deve seguir para garantir que não prejudica a sua saúde oral nem dá origem a problemas como a sensibilidade nos dentes.

No caso de já lidar com este problema, não se preocupe. Temos um conjunto de dicas que vão ajudar a aliviar o desconforto. Tome nota.

1. Deve mesmo incluir o fio dentário na sua rotina;

2. Evite escovar os dentes na horizontal. Incline a escova para que não desgastar os dentes;

3. Escolha marcas de dentífricos especialmente formulados para a sensibilidade dentária;

4. Não lave os dentes vezes sem conta (o ideal são 2 ou 3 vezes por dia);

5. Evite cerrar ou ranger os dentes;

6. Faça uma dieta equilibrada e variada, sem exagerar nos alimentos ácidos (como o vinagrete ou alguns sumos de fruta);

7. Utilize uma escova de dentes adequada e troque-a a cada 3 meses.

Veja também:

Inês Pereira Inês Pereira

Licenciada em Jornalismo e Pós-Graduada em Branding e Content Marketing, sempre se deu bem com a escrita. Embora prefira escrever com um teclado, não acredita nessa ideia de ler um livro através de um ecrã: um livro lê-se em papel e tem um marcador. Gosta de fotografia, de história e de conhecer o mundo.