Publicidade:

Síndrome de Peter Pan: 5 sinais de que é emocionalmente imaturo

Conhece alguém que evita a todo o custo amadurecer? Talvez essa pessoa tenha a síndrome de Peter Pan. Conheça esta condição e as suas características.

Síndrome de Peter Pan: 5 sinais de que é emocionalmente imaturo
Quais os principais traços dos adultos imaturos?

A síndrome de Peter Pan não figura no manual de diagnóstico de transtornos mentais, no entanto, é uma condição comum, que muitas vezes resulta de pais excessivamente protetores durante a infância e adolescência.

Enquanto crianças, todos ouvimos os adultos proferirem afirmações do género “a vida é difícil”, “quando cresceres vais perceber o que custa ser adulto”, “aproveita agora os melhores anos da tua vida”.

Somos treinados para ser adultos durante todo o nosso crescimento e, muitas vezes, estas afirmações relativas às dificuldades da vida adulta quase que nos ensinam que não deveríamos crescer porque isso implica sofrimento.

Compreender a síndrome de Peter Pan


sindrome de peter pan

A Síndrome de Peter Pan é tradicionalmente descrita como uma situação em que uma pessoa adulta é infantil e imatura, apesar da idade.

Para estas pessoas a ideia de crescer é tão esmagadoramente assustadora que, simplesmente, não se permitem fazê-lo. Acreditam que crescer significa enfrentar desafios difíceis e dolorosos, enfrentar obstáculos intransponíveis e lidar com responsabilidades exigentes.

Estes adultos imaturos e resistentes ao amadurecimento, geralmente, foram crianças superprotegidas dos problemas e questões do mundo real, de tal forma que começaram a acreditar que tinham direito a essa proteção ao longo de toda a vida.

Outra hipótese que pode explicar o facto destes adultos adotarem comportamentos mais infantis pode estar relacionada com o facto de, em crianças, terem assistido aos adultos à sua volta viverem realidades extremamente dolorosas, que assumiram ser um resultado direto do facto de serem adultos.

Seja qual for a causa, a síndrome de Peter Pan caracteriza-se por um intenso e constante medo de crescer. Habitualmente, estas pessoas não se apercebem que há um problema e estão satisfeitas com a sua vida atual.

De forma geral, as pessoas com síndrome de Peter Pan apenas começam a aperceber-se da sua imaturidade desajustada quando a pessoa que os protege em demasia deixa de o fazer ou quando recolhem consequências do seu comportamento imaturo que não lhes deixa outra alternativa que não crescer.

5 sinais de que é emocionalmente imaturo


Algumas das manifestações mais comuns da síndrome de Peter Pan são:

1) Falta de motivação ou motivação reduzida para trabalhar de forma contínua;

2) Pouca vontade e esforço reduzido em tornar-se especialista em qualquer área;

3) Objetivos de carreira e de vida demasiado fantasiados e dificilmente atingíveis: por vezes, serve como desculpa para não se empenharem numa carreira mais realista;

4) Abuso de álcool ou drogas;

5) Culpar os outros pelas suas próprias falhas.

Em conclusão

Se estas características se aplicam a si, talvez tenha chegado a altura de crescer! Apesar da idade adulta trazer responsabilidades acrescidas e preocupações, tal não significa que não seja uma fase da vida repleta de alegrias, aventuras e maior liberdade, desde que saibamos maximizar e desfrutar de todos os momentos.

Veja também:

Ana Graça Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Além da Psicologia. é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que traga mais felicidade!