Publicidade:

Sistemas keyless: sim ou não?

Os sistemas keyless surgiram e foram considerados um bom upgrade para os condutores. Contudo, a sua segurança pode ser questionável. Saiba porquê.

 
Sistemas keyless: sim ou não?
Será que os sistemas keyless são seguros?

Num mundo automóvel com cada vez mais tecnologia, é comum surgirem novos gadgets e ferramentas para inovar e melhorar a experiência do condutor. Os Sistemas Keyless são uma dessas inovações. Neste artigo, vamos saber do que trata este sistema, como funciona e quais as suas vantagens e desvantagens.

O que são os Sistemas Keyless?


abrir a porta com sistema Keyless

Os Sistemas Keyless são a tecnologia que permite ao condutor abrir e ligar o carro sem o uso da chave. No fundo, é entrar e conduzir o carro quase como por magia! Contudo, e para isso acontecer, é necessário manter a chave perto do veículo para este funcionar. Por sua vez, este sistema foi desenvolvido com o objetivo de proporcionar conforto, e de certa forma, tornar mais prática a condução ao condutor.

Atualmente, os Sistemas Keyless são utilizados principalmente no segmento de carros de luxo, contudo, muitas das marcas automóveis desejam expandir aos restantes segmentos.

Como funcionam os Sistemas Keyless?

Toda esta tecnologia é na verdade muito simples de se explicar. O carro tem instalado um sensor próximo da entrada do condutor, que é responsável por reconhecer e identificar o código inserido na chave por meio de ondas de rádio. Conforme o condutor se aproxima do carro, a porta abre. Já dentro do carro, e para ligá-lo, basta apertar o botão start (ou o símbolo indicado na chave). Quanto às paragens, basta carregar no botão indicado para o efeito.

Sensor Keyless – É um pequeno transmissor de rádio de curto alcance. Que deteta as chaves do carro dentro de um raio específico (normalmente, de 5 a 20 metros). Ativa-se por um sinal codificado de ondas de rádio. O sinal das chaves é detetado, descodificado e abre ou tranca as portas do carro.

Vantagens e desvantagens dos Sistemas Keyless

roubar carros atraves dos Sistemas Keyless

A) Vantagens

A maior vantagem deste sistema é sem dúvida a forma prática como o condutor pode enfrentar o momento da condução. Oferece aos condutores uma nova forma de lidar com o seu carro. Uma forma mais descontraída, que certamente é do agrado de muitos. Que é o caso dos condutores que estão sempre à procura das chaves! Não há dúvidas de que os Sistemas Keyless são a solução ideal para não andar à procura delas no momento de sair de casa.

B) Desvantagens

A principal desvantagem dos Sistema Keyless é exatamente a sua segurança. Apesar de inúmeras tentativas por parte das marcas tentarem provar a segurança do sistema, têm-se revelado infrutíferas, porque tem existido sempre formas de o contrariar.

Em testes realizados pela organização alemã ADAC foram detetadas inúmeras falhas de segurança. Quando o sistema foi invadido por hackers “peritos” neste tipo de situações, conseguiram abrir as portas e roubar o carro. O mais grave, foi que esta invasão foi feita sem que se desse o disparo dos alarmes, o que é deveras preocupante, uma vez que se tratou de um roubo praticamente silencioso.

Situação 1

“Envolveu dois ladrões, um dos quais fica ao lado da porta da frente de uma casa, com um transcetor que localiza o sinal da chave real do carro. O segundo ficou ao lado do carro com outro dispositivo, que retransmite o sinal novamente, enganando o carro para pensar que a chave genuína está próxima.”

Incrível, não é? Contudo, não fica por aqui a análise aos Sistemas Keyless. E se lhe dissermos que foram realizados mais testes? Os especialistas britânicos, ‘What Car?’, brindaram o sistema com uma situação ainda mais assustadora.

Situação 2

“7 automóveis foram colocados à prova! Foi utilizado um scanner para aceder à frequência do sinal da chave original do carro e os mais rápidos a serem furtados foram… o Citröen DS3 Crossback e o Audi TT RS Roadster. E sabe em quanto tempo? Apenas 10 segundos para entrar nos veículos.“

Para piorar a situação, as ferramentas utilizadas nos roubos são acessíveis, baratas e podem ser encontradas facilmente em diversos websites.

No entanto, e apesar destas duas situações, as marcas estão a trabalhar para desenvolverem soluções que reforcem a segurança destes Sistemas Keyless e a própria ADAC fez duas sugestões aos condutores:

  • Desativar o sistema quando longe do carro. Mesmo que perca o conforto oferecido pela entrada e ignição sem chave.
  • Adquirir uma caixa metálica capaz de bloquear a passagem do sinal da chave.

Com efeito, a verdade é que nunca se tem 100% certeza da segurança do nosso carro, contudo estas recomendações podem e devem ser passos a serem tomados para que estes roubos sejam cada vez em menor número. Por outro lado, é preciso referir algo de positivo com estes testes realizados. O facto de existirem tantas falhas, mostra que é um sistema com potencial para ser melhorado. E quando passar para os outros segmentos automóveis, de certeza que já irá ser com outro nível de segurança.

Veja também: