Publicidade:

7 sinais de que está sobrecarregado

Quando uma pessoa passa a vida em constante estado de emergência, a saúde física e psicológica são afetadas. Descubra os sinais de que está sobrecarregado.

7 sinais de que está sobrecarregado
Melhore a sua capacidade de lidar com o stress

O stress é a forma que o nosso corpo tem para reagir a algo que perceciona como uma ameaça. Quando percebemos perigo, as defesas do nosso corpo entram em ação. O problema acontece quando alguém está em constante estado de alerta e se sente sobrecarregado.

O que é o stress?


O stress é uma forma de nos protegermos e, quando está presente na nossa vida de forma equilibrada, ajuda a manter o foco, a energia e o estado de alerta.

Em situações de emergência, o stress pode ser extremamente útil, por exemplo, estimulando a travar o carro rapidamente numa situação de acidente eminente. Mas, a partir de certo ponto, o stress deixa de ser útil e começa a causar grandes danos à saúde e à qualidade de vida.

Sente-se stressado e sobrecarregado com frequência? Não é único, pois no mundo exigente em que vivemos várias pessoas sofrem de ansiedade. Contudo, quando o nosso corpo está em estado de alerta permanente, podemos vir a sofrer sérios problemas de saúde.

sinais de que está sobrecarregado

Quando o stress é demasiado, ou seja, quando alguém está sobrecarregado, pode experienciar sintomas de várias ordens:

Sintomas físicos:

Sintomas cognitivos:

  • Dificuldades de memória;
  • Incapacidade para se concentrar;
  • Ver apenas o lado negativo das coisas;
  • Pensamentos ansiosos;
  • Preocupação constante.

Sintomas emocionais:

Sintomas comportamentais:

7 sinais de que está sobrecarregado


sobrecarregado

O stress é perigoso porque facilmente se apodera de cada um de nós e passa a fazer parte da nossa vida diária. Deixamos de perceber o quanto o stress nos afeta e, posteriormente, sofremos todas as consequências negativas que ele acarreta.

Por isso, é muito importante estar ciente dos sinais de aviso e dos sintomas mais comuns que quem está sobrecarregado apresenta.

1) Dificuldades de concentração: sente que o stress afeta a capacidade de se concentrar e, consequentemente, a sua produtividade; pode ter também pequenos esquecimentos;

2) Evita encontros sociais e reuniões familiares: sente-se cansado e sem vontade de estar com outras pessoas; a ausência de convívio social pode afetar a sua autoestima e o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional; quanto mais diminuir os momentos de lazer, mais sobrecarregado se vai sentir;

3) Alterações do sono: sobretudo insónia;

4) Não tem um padrão alimentar regular: sente-se sempre ansioso e atarefado e julga que não consegue manter um padrão alimentar saudável e regular;

5) Sente-se cada vez mais impaciente: pessoas que estão sob grande ansiedade tendem a mostrar-se menos pacientes e mais irritáveis;

6) Sente-se cansado todos os dias: fisicamente e emocionalmente exausto e com vontade de não aguentar mais o ritmo de vida que leva;

7) Sintomas físicos: sente alguns dos sintomas físicos típicos da ansiedade (por exemplo, aperto no peito e batimento cardíaco acelerado);

Se sente alguns destes sintomas, é provável que esteja sobrecarregado. Aproveite esta chamada de atenção e tire algum tempo para si. Tente avaliar honestamente a quantidade de stress a que está sujeito diariamente e encontre formas de o reduzir, antes que seja tarde de mais.

Veja também:

Ana Graça Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Além da Psicologia. é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que traga mais felicidade!