Publicidade:

As 10 melhores tascas para comer sardinhas assadas em Lisboa

Cheira bem, cheira à Lisboa! Se está à procura de casas típicas para matar a fome? Então tem de experimentar estas 10 tascas para comer sardinhas assadas em Lisboa.

As 10 melhores tascas para comer sardinhas assadas em Lisboa
Durante o Santo António (e não só)

Caminha-se pelas ruas de Alfama, da Mouraria, de Santos, e o cheiro a carvão queimado e a peixe assado na brasa começa a invadir as narinas. A língua mexe-se dentro da boca- que começa a salivar- e o estômago fica inquieto e borbulhante. Nessa altura, pára no meio da rua, inspira fundo, e pergunta-se: quais as melhores tascas para comer sardinhas assadas em Lisboa? Pois, pensando em si, nós fomos à procura dos estabelecimentos mais carismáticos, com a relação preço/qualidade mais simpática.

Fique sabendo que encontramos 10 estabelecimentos muito engraçados, que pode (e deve) experimentar.

10 tascas para comer sardinhas assadas em Lisboa


sardinhas assadas em lisboa

1. Tasca Zé dos Cornos

A Tasca Zé dos Cornos é um estaminé tradicional na Mouraria, de ambiente familiar, perfeito para jantaradas de grupo. Em época de sardinha, aqui comem-se umas muito boas e gordinhas. Para o resto do ano, tem opções muito nossas, como os secretos de porco, chocos, robalinhos e douradas.

Atenção: apenas se aceitam pagamentos em dinheiro.
Onde? Beco dos Surradores, nº3
Contacto: 21 886 9641
Preço médio (2 pessoas): 25€

2. Café Parreirinha

Bem no centro da Mouraria, perto da Casa da Severa, a Parreirinha é estandarte do espírito bairrista. Não tendo carta, cada dia é uma surpresa. No entanto, pode contar que a comida seja simples, despretensiosa, saborosa, tipicamente portuguesa e, muito provavelmente, grelhada.

Além de ser uma tasca para comer sardinhas assadas em Lisboa bastante fora do radar, é um ótimo sítio para ver um jogo de futebol enquanto se emborca uma imperial. Muito recomendada!

Atenção: apenas se aceitam pagamentos em dinheiro.
Onde? Rua da Guia, nº4 A/B
Contacto: 92 620 0415
Preço médio (2 pessoas): 17€

3. Último Porto

O Último Porto é um espaço mantido à tradicional, na Estação Marítima da Rocha do Conde de Óbidos, entre Alcântara-Mar e Santos. A vista sobre o Tejo é única; dificilmente encontrará outro assim e a tão bom preço.

Este restaurante prima pelos grelhados, especialmente no que toca a peixe: toda a gente tece elogios aos chocos, à garoupa, maruca e ao peixe-espada. E para sobremesa é obrigatória a tacinha de arroz doce!

Atenção: só abrem para almoços. É muito recomendado que se faça reserva.
Onde? Rua General Gomes Araújo, nº1
Contacto: 21 397 9498
Preço médio (2 pessoas): 30€

4. Pitéu da Graça

Para quem procura tascas para comer sardinhas assadas em Lisboa em pleno roteiro turístico, o Pitéu da Graça é paragem obrigatória. Também é ótimo sítio para apreciadores de bacalhau e de comida alentejana.

Onde? Largo da Graça, nº95-96
Contacto: 21 887 1067
Preço médio (2 pessoas): 40€

5. O Tachadas

O Tachadas, em Santos, é especialmente conhecido pelos seus pratos de carne, especialmente a picanha, os secretos e as costeletas de novilho.  Mas no verão esta é uma das melhores tascas para comer sardinhas assadas em Lisboa: o peixe é bom, as doses são servidas generosas, e o burburinho das conversas da clientela faz com que o ambiente seja muito animado.

Onde? Rua da Esperança, nº176
Contacto: 21 397 6689
Preço médio (2 pessoas): 12€ (almoço) ou 25€ (jantar)

sardinhas

6. Tasca do Gordo

Ora bem, a Tasca do Gordo é uma tasca à séria, cheia de cachecóis do Benfica a forrar as paredes! O peixe para grelhar depende sempre do que há disponível em praça, mas é costume haver sardinha fresca e gorda a partir de junho. Para o resto do ano, as especialidades da casa são a dobrada, a espetada de vaca e o naco (de porco) à Gordo. E, claro, não podia deixar de haver os bitoques e as febras.

Recomendadíssimo especialmente se estiver pelos lados de Belém.

Onde? Rua dos Cordoeiros a Pedrouços, nº33
Contacto: 21 301 2184
Preço médio (2 pessoas): 30€

7. O Sardinha

O Sardinha- o nome já diz tudo, não é?

De facto, esta casa é conhecido por ser das melhores tascas para comer sardinhas assadas em Lisboa. Mas não apenas isso; a bifana e a feijoada são dos pratos preferidos dos fregueses mais fiéis, já para não falar do arroz doce.

Perfeito para uma refeição à revelia dos turistas, ainda que em Alfama.

Onde? Rua do Jardim do Tabaco, nº20
Contacto: 21 886 7437
Preço médio (2 pessoas): 20€

 8. Zé da Mouraria

No Zé da Mouraria só se serve comida portuguesa de gema. É tanto o rodopio de clientes, o dono se viu obrigado a abrir o Zé da Mouraria 2, uma réplica do primeiro, junto ao Campo dos Mártires da Pátria.

Onde? Rua João do Outeiro, nº24/26
Contacto: 21 886 5436
Preço médio (2 pessoas): 40€

9. Forninho Saloio

Já conhecia o Forninho Saloio entre a Avenida da Liberdade e o Campo Mártires da Pátria, no bairro da Pena? É que o espaço é muito castiço, cheio de azulejos nas paredes, e as diárias da casa, como o polvo à lagareiro, migas de alheira e o entrecosto, são muito boas, bem servidas e a preço bem simpático!

Muito típico e fora do radar dos turistas.

Onde? Travessa das Parreiras, nº39
Contacto: 21 353 2195
Preço médio (2 pessoas): 25€

10. Varina da Madragoa

A Varina da Madragoa é outra daquelas tascas para comer sardinhas assadas em Lisboa que tem mesmo de conhecer. O caldo verde é maravilhoso, os panados de vitela de chorar por mais e as sardinhas são bem boas! Ora, esta casa atrai ainda bastantes jantares de grupo- se procura sossego, este não é de todo o seu sítio.

Onde? Rua das Madres, nº34-36
Contacto: 21 396 5533
Preço médio (2 pessoas): 40€

Chegamos ao fim da nossa lista de recomendações de tascas para comer sardinhas assadas em Lisboa. Uns mais caros, outros mais baratos, qualquer um onde vá vai ser muito bem escolhido. Faça bom proveito!

Veja também: