Publicidade:

Por favor, não use o telemóvel na casa de banho

Usar o telemóvel na casa de banho parece, nos dias de hoje, algo comum e inofensivo. Saiba, contudo, que deve evitar este hábito. Descubra porquê.

Por favor, não use o telemóvel na casa de banho
Há várias razões para deixar de utilizar o telemóvel neste espaço

Nos dias de hoje, é comum utilizar o telemóvel onde quer que vá, independentemente do que estiver a fazer. Por essa razão, não estranha fazê-lo, também, na casa de banho. Mas usar o telemóvel na casa de banho não deve ser uma prática comum.

Apesar de não existir nenhuma explicação científica, ou razão que afete (diretamente) a sua saúde – como acontece quando dorme perto do telemóvel -, existem alguns motivos que o devem fazer repensar este hábito.

Porque é que não deve usar o telemóvel na casa de banho


Mesmo não prejudicando a sua saúde, levar o telemóvel consigo para uma casa de banho não é o mais aconselhável. Em primeiro lugar, transporta o telemóvel consigo para qualquer lugar e isso significa, claro, que está em contacto com outros lugares, objetos e pessoas. Se o faz e, depois, julga que não existe problema em usar o telemóvel na casa de banho, deve pensar melhor.

Uma casa de banho é um local muito propício à transmissão e propagação de bactérias que, para além de poderem interferir com a sua saúde (já que estão em contacto consigo através do seu dispositivo), podem ser facilmente transmitidos às pessoas com quem está no dia-a-dia. Nesse sentido, o melhor mesmo é adotar as práticas mais antigas.

smartphone

Por práticas mais antigas entenda-se a leitura de rótulos de champôs, livros ou até mesmo fazer puzzles. Essas são práticas muito mais seguras que, para além de não contribuírem para a propagação de germes, asseguram que, ao não usar telemóvel na casa de banho, não irá comprometer o estado “normal” do mesmo.

Quantas vezes não “temeu pela sua vida” quando pensava que o seu telemóvel ia cair dentro da sanita? Ou até mesmo em cima de um chão encharcado?

Por esses motivos, opte por fazer outras coisas e recorrer a outro tipo de objetos quando está na casa de banho. Dessa forma, para além de estar a impedir a propagação de bactérias, está também a salvaguardar o estado normal (e bom) do seu telemóvel.

Além disso, os especialistas aconselham a que passe menos tempo perto do telemóvel: quer esteja em repouso, quer seja um ávido utilizador do mesmo.

De facto, a vida e a rotina das pessoas está cada vez mais dependente dos telemóveis e das novas tecnologias e, por esse motivo, é bom para si (e para o seu bem-estar), aproveitar para ter algum tempo longe do mesmo, algo que lhe irá permitir desligar e aproveitar outras coisas na sua vida.

Veja também:

Luísa Santos Luísa Santos

Licenciada em Ciências da Comunicação - Jornalismo, Mestre em Multimédia, cantora sem diploma nas horas livres. Trabalha atualmente em Marketing e Comunicação, é viciada em redes sociais e fervorosa adepta do desenrasque.