Publicidade:

The Sero: Samsung aposta forte nas televisões verticais

As novas televisões verticais da Samsung vêm juntar-se a outros modelos inovadores da marca. The Sero é a nova gama de TVs inovadoras com base giratória.

The Sero: Samsung aposta forte nas televisões verticais
É a novidade mais recente no mercado

A Samsung está a apostar numa nova gama de TVs, contando já com três séries de aparelhos inovadores: a The Frame, The Serif e, agora, a The Sero. As novas televisões verticais da marca sul-coreana oferece uma experiência de visualização de vídeo em modo retrato nunca antes vista.

A nova realidade das televisões verticais


 

novas televisoes verticais

Fonte da Imagem: Samsung/Divulgação

A realidade altera-se. As TVs foram ficando cada vez mais pequenas, leves e finas, mas nunca perderam o seu formato horizontal tradicional. Como tal, esta é uma verdadeira novidade que a Samsung apresenta e que se vem juntar a uma nova abordagem da marca no que toca à produção de televisões.

A juntar-se à The Frame e The Serif, a The Sero é a primeira televisão vertical que oferece imensas possibilidades, que vão para além das funções convencionais de uma TV. Ainda que a sua orientação seja assumidamente vertical, esta nova televisão vem equipada com uma plataforma giratória que permite, também, que se coloque a mesma na horizontal.

As novidades

São 43” de um ecrã de qualidade e resolução imensas. O formato é fixo e, ao contrário daquela que é a prática da Samsung, a The Sero não terá disponível outros tamanhos (nem maiores, nem mais pequenos). Isto acontece pela peculiaridade que esta nova TV apresenta ao estar preparada para assistir a vídeos em formato vertical.

A ideia da empresa ao lançar este modelo é inseri-la num novo mercado. De acordo com a Samsung, esta televisão vertical dirige-se especificamente à geração Millennial, isto é, a todos aqueles que utilizam avidamente as redes sociais, plataformas onde mais se encontram os referidos vídeos em formato vertical.

O objetivo da The Sero é, por isso, funcionar como um espelho de tablets e smartphones e dessa forma permitir que o emparelhamento entre dispositivos seja mais fácil. De facto, esta televisão está equipada com tecnologia quântica e oferece conectividade NFC para que essa sincronização aconteça mais rapidamente.

novas televisoes verticais samsung

Fonte da Imagem: Samsung/Divulgação

O contributo das redes sociais

O papel desempenhado por estas plataformas é muito significativo seja em que área for. A Geração Y, ou Millennial, nasceu, e cresceu, habituada a utilizar as redes sociais para praticamente tudo, passando, em alguns casos, mais horas a navegar do que aquelas que julgam.

A produção de vídeos foi uma das áreas que mais “lucrou” com estas plataformas, nomeadamente o Instagram e o Snapchat. Sejam eles feitos por cada utilizador ou até mesmo por marcas com vasta presença mundial, a verdade é que, hoje em dia, ditam muita da comunicação que é feita.

É com base nesse fenómeno que a Samsung quis desenvolver uma televisão diferente e que, ainda assim, desse resposta às necessidades do mercado. O facto de ser vertical, e de ter 43”, é uma das maiores vantagens face à reprodução deste tipo de vídeos, já que suporta perfeitamente o formato 9:16.

Mais do que uma TV

A The Sero é muito mais do que uma simples televisão. A sua plataforma giratória permite que responda em qualquer uma das orientações, para além de poder ser utilizada apenas como uma coluna sem fios, por exemplo. Na verdade, a nova televisão vertical inclui um poderoso sistema de áudio com potência de 60W e canais 4.1.

Mas esta TV pode também ser utilizada como um assistente virtual, até porque é compatível com o Bixby, serviço desenvolvido pela Samsung. Por outras palavras, isto significa que pode interagir com o gadget a qualquer altura, através de comandos de voz. Reproduzir um vídeo ou a sua playlist preferida passa agora a estar à distância de um pedido.

A The Sero pode ainda ser utilizada como um passe-partout digital, apresentando as fotografias que selecionar durante o tempo que definir. Com um design minimalista e futurista, a nova aposta da Samsung quer fazer sucesso num mercado que está por explorar e que tem tudo para evoluir.

televisao vertical com plataforma giratoria

Fonte da Imagem: Samsung/Divulgação

Preço e lançamento

As novas televisões verticais não serão lançadas, a nível mundial, em simultâneo. A Coreia do Sul será, por isso, o primeiro país a receber a novidade já durante o mês de maio, com um preço inicial de 1,9 milhões de Wons sul-coreanos (aproximadamente 1.453,99€).

Não se sabe ainda quando, e se, a nova TV vai chegar ao resto do mundo, mas a Samsung está a contar com o primeiro lançamento para perceber qual a verdadeira opinião dos consumidores face a um produto que, por não ser convencional, pode suscitar opiniões negativas.

Essas perspetivas podem ter origem no vício que já existe em relação à utilização de smartphones. As novas televisões verticais, ao invés de não se associarem a este fenómeno, vão acabar por alimentá-lo cada vez mais, pelo que isso dará espaço a todo o tipo de críticas.

Resta esperar para saber o feedback dos consumidores sul-coreanos que terão acesso à The Sero em primeiro lugar. Serão as televisões verticais o futuro?

Veja também:

Luísa Santos Luísa Santos

Licenciada em Ciências da Comunicação - Jornalismo, Mestre em Multimédia, cantora sem diploma nas horas livres. Trabalha atualmente em Marketing e Comunicação, é viciada em redes sociais e fervorosa adepta do desenrasque.