Publicidade:

Teste de gravidez: onde comprar, como fazer e interpretar

Se suspeita de que está gravida, o primeiro passo deve ser fazer um teste de gravidez. Chegou a altura de tirar todas as dúvidas sobre o assunto.

Teste de gravidez: onde comprar, como fazer e interpretar
Saiba como funcionam os testes de gravidez caseiros

São vários os sintomas associados à gravidez, mas é indiscutível que o maior indicador é o atraso menstrual. Por isso mesmo, não admira que aquando da ausência da menstruação a mulher desconfie de uma possível gestação e queira tirar todas as dúvidas a limpo com um teste de gravidez. A melhor parte é que basta dirigir-se a qualquer farmácia para ter acesso aos testes caseiros.

Os testes de gravidez feitos em casa são bastante precisos, pelo que não devem ser desvalorizados. Fique agora a conhecê-los melhor para estar preparada quando chegar a altura de fazer algum.

Saiba tudo sobre o teste de gravidez


teste de gravidez

O chamado “teste caseiro” de gravidez é aquele que pode ser comprado em qualquer farmácia ou supermercado. Estes testes são quase sempre fiáveis, exigindo apenas que o teste seja realizado após o atraso menstrual, uma vez que, quando realizado antes, pode dar um resultado de falso negativo.

Os testes de farmácia medem a quantidade da hormona beta HCG na urina, hormona essa que só é produzida quando a mulher está grávida. Desta forma, estes testes são bastante fiáveis e fáceis de fazer, mas quando realizados cedo de mais (quando a quantidade da hormona ainda não é significativa), podem induzir em erro no resultado.

Estão disponíveis para venda versões do teste que apenas lhe indicam se está grávida ou não grávida, mas também existem outros testes de gravidez mais completos, que conseguem até indicar aproximadamente de quantas semanas de gestação se encontra a mulher grávida.

Nenhum teste é, no entanto, tão fiável quanto a análise sanguínea. Assim que o teste de compra der positivo, vá a um médico e faça esse exame para confirmar a chegada de bebé!

teste de gravidez

Quando fazer

Não é novidade para ninguém que quando uma mulher suspeita de que poderá estar grávida não descansa enquanto não tiver a certeza da resposta. Neste contexto, parece evidente a importância e a utilidade do teste de gravidez caseiro.

Para além da comodidade, tem como mais-valia o facto de poder se realizado em qualquer momento – embora seja aconselhado que o faça apenas após verificar um atraso de, pelo menos, uma semana na menstruação.

Importa referir que, além do teste de gravidez caseiro, existe também o teste de urina realizado em laboratório e o teste feito com recurso à análise sanguínea.

Como fazer e interpretar

No caso do teste de gravidez realizado em casa, é necessário utilizar-se a primeira urina da manhã, preferencialmente antes de ingerir qualquer tipo de alimento ou líquidos. Só assim garante que obtém o resultado mais fiável possível, já que não interfere com a concentração da urina nem com a hormona hCG.

Esta dica pode parecer banal mas é muito importante: leia atentamente as instruções da embalagem antes de proceder à realização do teste, uma vez que as indicações variam consoante a marca do teste. Alguns testes, por exemplo, precisam apenas de um minuto para apresentar o resultado, ao passo que outros requerem mais tempo.

No que se refere ao teste de gravidez propriamente dito, trata-se de um objeto semelhante a um termómetro, com uma fita específica que deve entrar em contacto com a urina. Feito o teste, os resultados podem apresentar-se numa de duas opções:

  • Uma risca equivale a um resultado negativo, o que significa que não está grávida;
  • Duas riscas equivalem a uma conclusão positiva, indicando a confirmação de uma gravidez.

No entanto, por vezes, o teste de gravidez pode originar um falso negativo. Assim, caso a sua menstruação continue atrasada, o melhor é realizar um novo teste cerca de 5 dias após o primeiro.

Onde comprar e preços

Os testes de urina realizados em casa encontram-se à venda em farmácias e parafarmácias, pelo que estão bastante acessíveis. No que se refere aos preços, existem variações de acordo com a marca e as capacidades do teste, já que há marcas com testes capazes de fazer uma estimativa do tempo de gestação – de uma forma geral, os valores oscilam entre os 6 e os 10 euros.

Veja também:

Inês Pereira Inês Pereira

Licenciada em Jornalismo e Pós-Graduada em Branding e Content Marketing, sempre se deu bem com a escrita. Embora prefira escrever com um teclado, não acredita nessa ideia de ler um livro através de um ecrã: um livro lê-se em papel e tem um marcador. Gosta de fotografia, de história e de conhecer o mundo.