Publicidade:

Vale a pena investir em carros? O que precisa de saber

Gostava de criar ou desenvolver negócios no mundo automóvel? Perceba se vale a pena investir em carros, incluindo riscos e consequências.

Vale a pena investir em carros? O que precisa de saber
Tudo depende de alguns fatores

Alguns automóveis são verdadeiros tesouros, por razões sentimentais, pelo valor estético e, claro, pelo valor mecânico, de qualidade, que o torna inesquecível. Mas será que vale a pena investir em carros, hoje em dia?

Para algumas pessoas, o valor que alguns carros chegam a ter é simplesmente impressionante. Mas segundo especialistas, é preciso ter alguns cuidados. Dar-lhe uma resposta significativa sobre os investimentos em carros não é tão linear quanto isso, por isso preparação e olho para o negócio pode ser a chave para vir a ganhar muito dinheiro.

Será que vale a pena investir em carros?

carros

É importante notar que nos focamos sobretudo no investimento em carros clássicos. E, dentro desta categoria, tudo depende de marcas, modelos, história, custos de manutenção, etc.

É muito comum ouvir dizer que não vale a pena investir em carros, a partir do momento em que saímos do stand já está a perder valor. Contudo, saber comprar um carro é uma arte, sobretudo quando estes carros já são bastante valorizados de antemão.

Segundo o observatório Knight Frank Luxury Index (para produtos de luxo), os carros foram dos artigos que mais valorizaram nas últimas décadas, bem mais do que jóias, propriedades, vinhos e outros artigos que inspiram coleccionistas em todo o mundo. Investir o seu dinheiro num automóvel, sobretudo um clássico já bem cotado, pode ser uma escolha inteligente, mas tenha atenção a alguns pontos antes de tomar uma decisão.

Vale a pena investir em carros se os conhecer

Investir em carros clássicos pode vir a ser vantajoso se realmente soubermos aquilo que estamos a fazer e percebermos que nem sempre corre como queremos. Se tem pensado nisto, prepare-se para levar a sério. Há muitos exemplos bem sucedidos e damos-lhe conta de um carro de um passado recente: um BMW M3, dos nos 80, vale hoje quase 40 mil euros… Interessante como os valores oscilam, mas para apanhar uma boa oportunidade destas, é preciso fazer pesquisa e reconhecer os sinais.

Se gosta do mundo automóvel, pesquise e leia tudo o que poder, contacte outras pessoas com o mesmo interesse, saiba a quem confiar o seu investimento, quer inicial, quer nos custos de manutenção que se seguem. É importante reconhecer o que tem potencial de valorização, evitar réplicas ou unidades que tenham passado por mãos inexperientes. Por exemplo, uma restauração que não seja feita com peças originais implica uma depreciação.

Optar por comprar um carro com potencial de clássico pode ser um verdadeiro ativo. Um investimento que nos é útil no dia a dia. Estes futuros clássicos podem, no entanto, ser considerados um investimento pois caso acabem por ser considerados como tal, valem muito. Continua a ser preciso alguma preparação e bastante pesquisa.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.

Também lhe pode interessar: