Publicidade:

6 vantagens do seguro de saúde que o fazem valer a pena

Prevenir é sempre melhor do que remediar e poder contar com uma protecção adicional em situação de doença é uma das vantagens do seguro de saúde.

6 vantagens do seguro de saúde que o fazem valer a pena
Já pensou fazer um seguro de saúde?

É ou não é aconselhável termos um seguro de saúde? Há muitos portugueses com esta mesma dúvida, mas a verdade é que não há uma resposta única para todos. Apesar de serem muitas as vantagens do seguro de saúde, o facto de ser um serviço pago (e muitas vezes a um preço elevado) pode mudar um pouco as coisas.

Ainda assim, ter um seguro de saúde é ter uma rede de proteção para as situações de aflição. Já sabemos que tem um preço, mas dependendo da nossa situação financeira ou até da probabilidade de virmos a ter complicações de saúde, pode valer muito a pena o investimento.

As vantagens do seguro de saúde


Subscrever um serviço de seguro de saúde tem inúmeros benefícios além do facto de saber que, em caso de necessidade, pode contar com o amparo financeiro da instituição. As consultas médicas mais baratas são, provavelmente, a parte mais visível dos seguros de saúde, mas existem outras vantagens.

1. Independência

vantagens do seguro de saude

Embora a qualidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS) português seja reconhecida internacionalmente, os hospitais e centros de saúde estão quase sempre cheios até ao limite da capacidade, o que se traduz em longos períodos de espera e em atendimentos frequentemente pressionados pelo tempo. Além disso, e porque os problemas de saúde não escolhem dia nem lugar, nem sempre estamos perto de um hospital público quando precisamos dele.

Assim, uma das vantagens do seguro de saúde é a independência em relação ao SNS: em qualquer lugar onde precise de ajuda, pode procurar uma instituição privada e receber o mesmo apoio que receberia em qualquer hospital do Estado.

2. Melhores condições para acompanhantes

As vantagens do seguro de saúde não são só para quem está doente, também os acompanhantes têm direito a um tratamento melhorado. De facto, quando se fala em utentes dos serviços de saúde há que considerar aqueles que os acompanham e que precisam, igualmente, de algum conforto.

Quando tem um seguro de saúde, pode aceder a uma enorme rede de prestadores de cuidados de saúde em todo o país. Salas mais confortáveis, horários de visita alargados e até camas adicionais para os acompanhantes são alguns dos privilégios que as estas instituições privadas podem oferecer e tudo a um preço que, graças à comparticipação do seguro, se torna mais fácil para o beneficiário de suportar.

3. Coberturas adicionais

vantagens do seguro de saude

Nem só de consultas médicas se faz o nosso historial clínico, e as coberturas adicionais são outra das vantagens do seguro de saúde. Exames, linhas de apoio 24 horas, médicos que nos visitam em casa ou até check-ups regulares são serviços adicionais muito comuns nas apólices, e às vezes nem se pagam à parte.

Ter um seguro de saúde pode ser uma espécie de melhoria ao SNS: tem tudo que o serviço público tem e ainda mais uns extras.

4. Tempos de espera mais reduzidos

Quem já tentou marcar exames ou consultas de especialidade num hospital sabe bem do que falamos: os tempos de espera no SNS podem ser desesperantes de tão longos e, enquanto não somos vistos por um médico, ficamos na angústia de não saber que mal nos afeta.

Com um seguro de saúde do seu lado, estes tempos diminuem consideravelmente. Qualquer hospital ou clínica privada vai dar prioridade na marcação aos utentes que trazem seguro de saúde, e isso significa que, em poucos dias, consegue realizar os exames e tê-los avaliados por um médico.

5. Descontos para a família

vantagens do seguro de saude

A oferta de serviços alargados para a família é relativamente recente, mas é uma das vantagens do seguro de saúde a ter em conta. Desde apoio domiciliário alargado até descontos no prémio de familiares que o beneficiário adicione à apólice, as possibilidades são muitas e podem ser ótimos negócios.

6. Comparticipação

Embora a maioria das pessoas não se lembre disso, os hospitais privados atendem qualquer pessoa, em qualquer altura. O preço, no entanto, é que é bem distinto em função de ter ou não um seguro de saúde.

A comparticipação é uma das maiores vantagens do seguro de saúde porque, graças a ela, o beneficiário paga apenas uma parte do valor das consultas e a seguradora põe o resto. Assim, e se for “cliente habitual” de consultas médicas de especialidade, vale muito a pena investir num seguro de saúde, porque este serviço vai poupar-lhe uns euros no final do ano.

Veja também:

Marta Maia Marta Maia

Jornalista de formação, trabalhou no Público e na Fugas, mas logo passou para o lado do Marketing. Apaixonada pelo digital e por pessoas, é poupada por natureza e faz questão de tratar o dinheiro com o respeito que ele merece. Ecologista convicta, não dispensa música, livros e boas conversas offline.

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].