Publicidade:

10 vantagens e desvantagens das retomas de bancos

Conheça as vantagens e desvantagens das retomas de bancos e perceba se está perante uma oportunidade de negócio ou investimento.

10 vantagens e desvantagens das retomas de bancos
Perceba se é um bom investimento
  • Sempre ouvimos dizer que crise é também oportunidade e as retomas de bancos são um excelente exemplo.

Numa crise económica, com consequências desastrosas a nível de muitos sectores, incluindo o imobiliário, o que é um momento bastante negativo para uns, pode ser uma oportunidade de negócio para outros. Existem algumas vantagens e desvantagens das retomas de bancos, que podem influenciar a compra de imóveis apropriados pelas entidades bancárias.

Retomas de bancos são os imóveis que são tomados ou penhorados pelos bancos, quando os proprietários deixam de pagar as prestações do crédito à habitação. São uma realidade bastante dura, é verdade. Provavelmente já conheceu alguém a quem o banco “tirou a casa”. Outra verdade é que se tornou um nicho de negócio no mercado imobiliário porque se transformam em oportunidades de investimento.

Vantagens e desvantagens das retomas de bancos

retomas de bancos

Vantagens

1. Preços extremamente competitivos para comprar casa. Pode até acontecer a casa ser colocada à venda pelo valor da dívida do anterior proprietário, o que significa que pode ser um preço baixo e que o banco é compensado do valor que investiu;

2. Os bancos pretendem vender o mais rapidamente possível, por isso praticam preços muito atrativos;

3. O crédito habitação pode ser mais barato e praticamente garantido;

4. Prazos de pagamento alargados (entre os 40 e 50 anos), períodos de carência e spreads competitivos;

5. Não é obrigado a aderir a outros produtos bancários;

6. Isenção de comissões.

Pesquise nos sites dos bancos ou em imobiliárias especializadas e conheça a oferta existente. Se lhe interessar, os leilões também podem ser uma óptima oportunidade. Pode encontrar nas retomas de bancos a sua casa.

Desvantagens

1. A grande parte dos imóveis nesta situação encontra-se nas periferias das grandes cidades. Esta questão pode ser uma das vantagens ou desvantagens das retomas de bancos – tudo depende do que prefere;

2. Uma oferta mais limitada pode não agradar aos futuros proprietários;

3. Alguns imóveis, apesar do preço baixo, podem precisar de algum investimento a nível de obras, pode ser um daqueles casos em que o barato sai caro. Convém analisar bem antes de proceder à compra;

4. Alguns imóveis podem estar em dívida a mais do que uma instituição.

Se está a pensar comprar casa consulte as várias ofertas das instituições financeiras ou agências imobiliárias. Analise bem as vantagens e desvantagens caso a caso. Podemos falar de casas para habitar, como também de terrenos, lojas, armazéns etc. Em qualquer um dos casos pode poupar consideravelmente e criar possibilidades de investimento.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.