Publicidade:

10 filmes vencedores do Óscar que pode ver na Netflix

Com a cerimónia dos Prémios de Academia à vista, está na hora de rever alguns dos vencedores do Óscar na Netflix. Reveja filmes memoráveis e intemporais.

10 filmes vencedores do Óscar que pode ver na Netflix
Quem tem Netflix, tem tudo

Desde 2007 que o mundo ficou melhor, pois foi nesse ano que o negócio de streaming da Netflix começou e com ele veio melhor entretenimento. A oferta tem vindo a aumentar de forma considerável, tanto em séries como em filmes, conseguindo a proeza de não descurar em qualidade. Aliás, há uma série de filmes vencedores do Óscar na Netflix que deve ver ou rever, especialmente agora que se avizinha mais uma cerimónia de entrega dos prémios da Academia. Portanto, recorde o que de bom e de muito bom já se fez na sétima arte, revendo os seguintes vencedores do Óscar na Netflix.

10 filmes vencedores do Óscar na Netflix: para ver ou rever


1. Icarus

Realização: Bryan Fogel

O primeiro dos vencedores do Óscar na Netflix que apresentamos é um documentário. Icarus ganhou o Óscar de Melhor Documentário de Longa Metragem, em 2018, e foi realizado por Bryan Fogel. Fogel, um ciclista amador, explora neste filme a “facilidade” com que é possível recorrer-se a táticas menos lícitas (entenda-se doping) e, mesmo assim, não ser “detetado” pelos laboratórios anti-doping. O pior é que há participação estatal neste esquema que dura há décadas e que permeou em grandes competições mundiais, como os Jogos Olímpicos.

2. Indiana Jones e os Salteadores da Arca Perdida

Com: Harrison Ford, Karen Allen, Paul Freeman, Ronald Lacey, John Rhys-Davies, Denholm Elliott

Realização: Steven Spielberg

A história segue o arqueólogo Indiana Jones que, em meados dos anos 1930, é contratado para encontrar a Arca da Aliança. Na Arca, estariam as escrituras bíblicas com os Dez Mandamentos revelados por Deus a Moisés os quais, segundo uma lenda, tornariam invencível quem os possuísse. Como seria de esperar, este tesouro suscita a cobiça noutras pessoas, inclusive no próprio Adolf Hitler.

Este filme da épica série Indiana Jones arrecadou um monte de Óscares em 1982: Melhores Efeitos Visuais, Mistura de Som, Melhor Montagem e Melhor Direção de Arte.

3. A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça

Com: Johnny Depp, Christina Ricci, Miranda Richardson, Michael Gambon, Casper Van Dien, Jeffrey Jones

Realização: Tim Burton

Recuemos 19 anos para mais um dos vencedores do Óscar na Netflix. Em 2000, este filme recebeu o Óscar de Melhor Direção de Arte, tendo sido ainda nomeado para Melhor Fotografia e Melhor Guarda-Roupa.

A sinopse é algo do género: em 1799, um investigador de Nova Iorque – Ichabod Crane – é enviado ao condado de Sleepy Hollow para resolver um caso de decapitações em série. Os locais parecem acreditar que se tratam de crimes relacionados com seres sobrenaturais, mas Crane duvida que seja esse o caso…

4. Lawrence da Arábia

Com: Peter O’Toole, Omar Sharif, Alec Guiness, Anthony Quinn, Claude Rains

Realização: David Lean

Em 1963, o incrível Lawrence da Arábia ganhou os Óscares para Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Banda Sonora Original, Melhor Fotografia, Melhor Mistura de Som e Melhor Montagem. A saber, o filme é baseado na história real de Thomas E. Lawrence (1888-1935), um militar britânico.

Esta longa metragem (literalmente longa, com mais de 3h30!) abre com o fim: o funeral de Lawrence, depois de ter sido atropelado por uma mota. É através dos flashbacks dos presentes que ficamos a conhecer a sua história e o seu percurso. Durante a primeira guerra, insatisfeito com o posto de cartógrafo, Lawrence acaba por aceitar uma missão mais perigosa: ser observador do exército na Arábia. À medida que o tempo passa e Lawrence fica mais intrusado nas dinâmicas regionais e interesses geopolíticos mais vastos, torna-se uma figura pilar da unificação das tribos árabes contra o império turco-otomano que controlava a região.

5. Os Intocáveis

Com: Kevin Costner, Charles Martin Smith, Andy García, Robert De Niro, Sean Connery

Realização: Brian de Palma

E a meio da lista dos filmes vencedores do Óscar na Netflix, propomos uma película de Brian de Palma. Durante a Lei Seca (década de 1920 até meados da de 1930), em Chicago, Al Capone controla uma rede de venda ilegal de bebidas alcoólicas. Eliot Ness está do outro lado da barricada: ele é um agente federal com ordens para mandar a operação abaixo e prender os responsáveis. Ness consegue reunir uma equipa com mais três agentes – que mais tarde viriam a ficar conhecidos como Intocáveis, pelo seu caráter incorrumpível, ao contrário de outros agentes da polícia de Chicago.

Eliot Ness existiu de facto, assim como a sua equipa dos intocáveis, e ficou famoso devido à sua participação no caso que levou o famoso gangster Al Capone à prisão.

Na cerimónia dos Óscares da Academia de 1988, Os Intocáveis levaram apenas a estatueta de Melhor Ator Secundário (pela prestação do ator Sean Connery), tendo perdido a corrida na Melhor Banda Sonora, Melhor Guarda-Roupa e Melhor Design de Produção.

6. Argo

Com: Ben Affleck, Bryan Cranston, Alan Arkin, John Goodman

Realização: Ben Affleck

Em 2013, Argo recebeu o Prémio da Academia para Melhor Filme, Melhor Argumento Adaptado e Melhor Montagem e, apesar das boas reviews, o filme não deixou de ser criticado pelas suas imprecisões históricas, como foi o facto de se minimizar o papel da embaixada do Canadá, exagerar o perigo real por que passaram os americanos, entre outras coisas. Mas adiante…

Durante a revolução iraniana de 1979 que tirou o shah do poder e colocou os xiitas à frente do país, os EUA deram asilo político ao shah. Ativistas iranianos descontentes com o papel dos americanos, invadem e tomam a embaixada dos EUA em Teerão, fazendo 60 reféns. No entanto, seis diplomatas americanos conseguem escapar do local, pouco antes da invasão, conseguindo guarida na casa do embaixador do Canadá. Durante meses eles vivem escondidos, enquanto a CIA monta uma operação para os retirar em segurança do país.

7. O Expresso da Meia-Noite

Com: Brad Davis, Randy Quaid, John Hurt, Paul L. Smith, Irene Miracle

Realização: Alan Parker

Midnight Express é outro dos filmes vencedores dos Óscares que está disponível na Netflix. A saber, ganhou em 1979 o prémio para Melhor Banda Sonora e Melhor Argumento Adaptado.

O protagonista é Billy Hayes, um estudante dos EUA que visita a Turquia, na década de 1970. Ao deixar o país, decide levar escondido consigo alguns pacotes de haxixe, prendendo-os debaixo da roupa. Acontece que ele é apanhado no aeroporto e a sua vida transforma-se num pesadelo, quando é mandado para a prisão.

8. Eva

Com: Bette Davis, Anne Baxter, George Sanders, Celeste Holm

Realização: Joseph L. Mankiewicz

O filme Eva foi nomeado para 14 Óscares da Academia em 1951, tendo ganho 6: Melhor Filme, Melhor Ator Secundário, Melhor Realizador, Melhor Argumento Adaptado, Melhor Mistura de Som e Melhor Guarda-Roupa. Foi o primeiro filme a ter tal performance nos Óscares, e só Titanic e La La Land é que conseguiram algo semelhante.

Margo Channing é uma estrela da Broadway a entrar nos quarenta e a sua idade já começa a ser um entrave para conseguir bons papéis. Entretanto, ela conhece Eve, a sua alegada maior fã, e toma-a como protegida. No entanto, como poderá ver, Eve não é merecedora deste tratamento; ela é má, ambiciosa e manipuladora e não há nada que queira mais que a fama de Margot.

9. Hugo

Com: Asa Butterfield, Chloe Grace Moretz, Ben Kingsley, Sacha Baron Cohen

Realização: Martin Scorsese

Hugo é um jovem órfão que mora numa estação de comboio parisiense, nos anos 30, e o seu trabalho é manter o relógio da estação e arranjar o autómato que o pai lhe deixou, esperando que, depois de terminado, este lhe traria uma mensagem. Por força da necessidade, Hugo teve de se dedicar aos pequenos furtos e a pedir esmola para sobreviver, até que é apanhado pelo inspetor da gare. É então que conhece Isabelle, uma menina que, tal como ele, vive isolada do mundo na casa do seu tio, um dono de uma loja de brinquedos amargurado. E, assim, nasce a amizade de Hugo e Isabelle, que vão viver a maior aventura das suas vidas e aprender uma lição muito importante sobre os outros e sobre si próprios.

Este filme teve 8 nomeações aos Óscares, das quais arrecadou Melhor Fotografia, Melhores Efeitos Visuais, Melhor Mistura de Som, Direção de Arte e Melhor Edição de Som.

10. Os Rapazes Não Choram

Com: Hilary Swank, Chloe Sevigny, Peter Sarsgaard, Brendan Sexton III

Realização: Kimberly Peirce

O último dos vencedores do Óscar na Netflix que sugerimos é um filme é baseado na história real de Brandon Teena, um jovem transgénero. Quando o irmão de uma ex-namorada descobre o seu género de nascença, a vida dele começa a desmoronar, vendo-se então obrigado a começar da estaca zero, noutro lugar. É aí que Brandon se muda para Falls City, no Nebraska, onde conhece os ex-presidiários John Lotter e Tom Nissen e as amigas destes, Lana e Candace. Brandon envolve-se com Lana e é aí que a sua vida volta novamente a piorar.

Este filme foi nomeado para dois Óscares em 2000, ganhando o de Melhor Atriz Principal pela prestação da atriz Hilary Swank. Em 2004, a atriz voltou a receber o mesmo prémio pelo seu papel em Million Dollar Baby, de Clint Eastwood.

Como pode ver, na Netflix não há só séries. Há imensos filmes de grande qualidade para ver, alguns deles vencedores do Óscar na Netflix. Aliás, este ano, temos um filme da Netflix – que entretanto já estreou nos cinemas- e que é candidato aos Óscares de 2019: Roma!

Veja também: