Publicidade:

Vender roupa usada: 10 dicas e 5 locais onde vender

Vender roupa usada é cada vez mais comum e, dependendo da qualidade das peças, pode conseguir um bom dinheiro.

Vender roupa usada: 10 dicas e 5 locais onde vender
Venda as suas roupas usadas de forma cómoda, rápida e lucrativa

Vender roupa usada é uma boa forma de libertar espaço nos seus armários e de ganhar dinheiro. Por isso, não espere mais e comece já a selecionar o que já não usa e pode vender.

Se tem muita roupa, alguma dela usada apenas uma vez ou usada várias vezes, mas que está em bom estado, venda-a! Seja online, em vendas de rua, lojas de especialidade ou às suas amigas, acredite que é possível conseguir um rendimento extra vendendo o que já não usa. Tome nota das nossas dicas.

10 dicas para vender roupa usada


1. Avalie as suas roupas

Avalie cada peça com cuidado e tente perceber se têm qualidade para serem vendidas. Não venda aos outros o que não compraria para si!

2. Atenção à apresentação

Lave e passe a roupa antes de a vender. Repare o que for preciso, como um botão despregado, uma bainha descosida, etc. Roupa cheirosa, sem vincos ou defeitos vende melhor!

3. Boas fotografias para a venda online

tirar fotografias

Se vai vender online, saiba que uma boa fotografia é meio caminho andado para conseguir vender roupa usada. Não tire fotografias em espaços sujos e desarrumados. Fotografe sempre com bastante luz, para que as pessoas percebam bem os pormenores da roupa.

O ideal é que a roupa seja fotografada vestida, para que se tenha uma melhor perceção de como assenta no corpo. Idealmente, as roupas devem ser vestidas por alguém a quem as peças favoreçam.

4. Tire fotos de várias perspetivas

Tire fotografias aos pormenores de cada peça e de várias perspetivas. De frente, de trás, de lado, de detalhes e pormenores – como a textura, os botões ou um aplique.

5. Dê muita informação sobre as peças

É importante ser detalhado na descrição da peça, referindo marca, tipo de peça, tipo de tecido, comprimento e tamanho, cor, se é nova ou usada. Sugestões de uso também funcionam bem, porque ajudam os clientes a perceber a potencialidade da utilização da peça.

6. Acrescente valor à roupa

etiqueta label

Quer esteja a pensar em vender roupa usada online ou na rua, se ainda tem as etiquetas ou caixas das roupas, junte-as aos produtos para que os compradores possam comprovar a autenticidade.

7. Retire as fotografias das peças que já vendeu

Se vende online e já vendeu determinadas peças, retire as respetivas fotografias. Os clientes perdem o interesse em explorar a sua página se perceberem que todos os produtos pelos quais se interessam já foram vendidos, porque vão considerar uma perda de tempo.

8. Venda as peças nas épocas certas

Se optar por vender de forma permanente, venda peças da estação ou da que esteja para começar. À partida, não existirá grande interesse em comprar um gorro no pico do verão.

9. Cuidados da venda na rua

venda rua garagem

Tenha muito cuidado com a apresentação, tanto das roupas como a sua. Use os seus melhores cabides, tenha tudo limpo e ordenado e esteja apresentável e disponível. Não há uma segunda oportunidade para uma primeira impressão!

10. Crie uma página específica

Se resolver vender roupa usada na internet, não use a sua página pessoal de uma rede social para o efeito.

Crie uma página só para a venda ou exponha as suas peças numa página partilhada por vários vendedores. Assim, quem está interessando em comprar, não tem de procurar exaustivamente entre as suas publicações pessoais aquilo que realmente lhe interessa. E também é uma forma de manter a sua página pessoal mais privada, porque o objetivo não é vender apenas aos amigos, mas sim a todas as pessoas a quem consiga chegar.

5 locais para vender roupa usada


1. Online

Pode vender a sua roupa usada nos sites:

Não se esqueça de que fotografias com qualidade e de vários ângulos são fundamentais. A descrição tem que ser detalhada e o preço irresistível.

2. Facebook

Quer seja uma página criada por si, quer nas dezenas de grupos de vendas que há no Facebook, esta é uma boa plataforma para vender roupa usada, porque lhe permite chegar a muita gente. Não perde por tentar e é bem possível que corra bem!

vender online

3. Vendas de rua

As vendas de rua são cada vez mais habituais nas cidades portuguesas. Falamos das antigas feiras da Ladra ou da Vandoma, em Lisboa e no Porto, respetivamente. Mas também dos novos mercados de rua que há em várias cidades.

Se na sua cidade ainda não existe, que tal começar um? Informe-se junta da sua Câmara Municipal ou Junta de Freguesia sobre o que é necessário.

Quanto às que já existem, deixamos aqui mais algumas sugestões de feiras e mercados aos quais se pode juntar para vender a sua roupa usada:

4. Lojas de segunda mão

Nas lojas de segunda mão será mais fácil vender roupas mais antigas, como peças vintage que tenham valor histórico e sejam diferentes. Experimente estas:

5. Roupa de bebé e criança

Para quem já viu os filhos crescer e agora quer aproveitar para vender as peças em bom estado, apresentamos-lhe 2 opções:

  • Kid to Kid: loja destinada à compra e venda de roupas, sapatos e acessórios para bebés, crianças e pré-mamãs. Só tem que levar os seus produtos até uma das lojas espalhadas pelo país. Os artigos são avaliados e o pagamento é feito na hora;
  • Dar a Vender: loja online de venda de produtos de bebé e criança em segunda mão. Os artigos que quer vender são enviados para que sejam avaliados. O preço é definido e, depois disso, o artigo é colocado no site, sendo que 50% do lucro irá para a Dar e Vender.

 

Veja também: