Publicidade:

Como ver filmes online: 5 sugestões

Ser um cinéfilo mais caseiro é possível, mesmo de forma legal. Conheça aqui as melhores plataformas para ver filmes online.

Como ver filmes online: 5 sugestões
Ver filmes de forma acessível e legal

A internet na ponta dos dedos, um ou dois dispositivos e vontade para passar uma tarde a ver grandes obras da Sétima Arte. Ver filmes online é fácil e vamos dar-lhe a conhecer algumas plataformas onde o pode fazer de forma legal.

Algumas das nossas sugestões passam obrigatoriamente pelas úteis e já indispensáveis plataformas de streaming, outras passam por um aluguer, que já não o obrigam a sair de casa para requisitar ou entregar o filme. Conheça melhor as nossas sugestões e divirta-se a ver filmes online.

5 sites e apps para ver filmes online


1. Netflix

Não se podia começar de outra forma. A Netflix está em Portugal desde outubro de 2015 e ganha cada vez mais adeptos, sobretudo pelas séries (exclusivas ou não) e do conceito que revolucionou a forma como vemos séries.

Mas nem só de séries vive a plataforma. Tem um catálogo impressionante de filmes à disposição e todos os meses há novas entradas. As produções exclusivas também se estendem aos filmes, visto a empresa ser já um gigante da produção cinematográfica.

Pode usar a Netflix no computador, em aplicação para smartphone e tablet e através da televisão, nos sistemas que suportem o serviço e através de acordos com algumas operadoras.

A grande vantagem é que existem diferentes preços para diferentes carteiras e a possibilidade de multi-ecrãs: podem estar até 4 dispositivos em simultâneo a ver conteúdos diferentes. Sugestão: divida a conta do Netflix com amigos.

ALT netflix

2. Prime Video

O Amazon Prime Video é o irmão mais novo da Amazon Prime e o serviço de streaming da gigante norte-americana que temos disponível em Portugal. Apesar de no nosso país não existir oficialmente uma filial da Amazon, pode-se já desfrutar do Amazon Prime Video, uma plataforma que, além de séries, tem também um catálogo de filmes extenso. Tal como com a Netflix, tem também a possibilidade de ver no computador ou via aplicação.

Apesar de só ter um tipo de plano de subscrição, os preços são muito simpáticos: cerca de 8€ por mês. Contudo, ao aceder pela primeira vez, tem direito a um período de experiência grátis de uma semana e a 6 meses a 2,99€/mês. Visto ser ainda um serviço relativamente recente, o catálogo está sempre a ser reforçado. Aproveite.

3. iTunes

Se é cliente da Apple e usa os serviços, de certeza que tem uma conta associada e, por conseguinte, utiliza o iTunes. É possível ver filmes online no leitor de música, alugando-os através da iTunes Store ou comprando-os.

Os preços variam conforme a película selecionada e, no caso do aluguer, o filme fica disponível por 48 horas. Pode usar outro dispositivo Apple para ver o filme, a AppleTV ou, se tiver um PC, basta instalar o iTunes.

4. YouTube

ALT youtube

Pode alugar filmes no YouTube também e vê-los no computador, no smartphone, tablet ou na SmartTV. Ao abrir o site, basta clicar no menu lateral no canto superior esquerdo e selecionar Filmes do YouTube.

Pode pesquisar por várias categorias, desde género aos mais populares. Os preços variam, mas são normalmente acessíveis, começando nos 2,99€ e paga com o cartão de crédito. Acontece muitas vezes que o filme fica disponível no YouTube quando o DVD ou Bluray é lançado. Um plano excelente para uma noite em casa.

5. Google Play Filmes e TV

A Google Play Filmes e TV também disponibiliza um sistema de aluguer de filmes, mais direcionado para clientes Android. Contudo, se for cliente Apple e tiver a aplicação descarregada, pode também utilizar o serviço.

Tal como o iTunes, pode escolher entre comprar e alugar filmes. Ao alugar pode manter o vídeo selecionado durante 30 dias, ou por dois dias após ver pela primeira vez. Um dos vários serviços para ver filmes online de forma legal.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.