Publicidade:

Viagem medieval está de volta a Santa Maria da Feira

Santa Maria da Feira recebe até 11 de agosto mais uma Viagem Medieval. Cavaleiros, princesas, reis e muita animação esperam por si. Não perca.

Viagem medieval está de volta a Santa Maria da Feira
O reinado de D. Fernando I está em destaque

A Viagem Medieval em Terra de Santa Maria está de volta, até 11 de agosto, para mais uma edição que tem atraído milhares de pessoas às cercanias do Castelo da Feira e às ruas da cidade. Este ano, é o reinado de D. Fernando I que estará em destaque, com uma série de iniciativas e recriações históricas pensadas ao pormenor e que são sempre uma garantia de sucesso.

Viagem Medieval recria o reinado de D. Fernando I


viagem medieval

Mas o que se passou assim de tão especial no reinado deste rei? Numa época de grandes transformações sociais e económicas do mundo ocidental, em consequência da nefasta Peste Negra, sobe ao trono em 1367, el-rei D. Fernando, o Belo, intitulado rei de Portugal e do Algarve.

Não obstante as mudanças, o monarca vai receber um reino em paz e com um tesouro riquíssimo, pelo que poderá alimentar as suas grandes paixões: a caça e as modas de gostos artísticos e culturais, muito refinados, que eram também praticadas pela restante aristocracia europeia.

Após a morte de D. Pedro, de Castela, no âmbito da crise sucessória, Portugal entra em guerra com aquele reino, em três períodos distintos. D. Fernando reclama para si o trono castelhano, iniciando as guerras fernandinas com a invasão da Galiza, onde é aclamado rei em várias destas cidades por ter ali muitos apoiantes.

Sendo um monarca inconstante em algumas das decisões, a sua governação em tempos de paz foi notável, dando início a um projeto político inovador que vai partilhar com a rainha D. Leonor Teles.

Assumiu a construção de muralhas e de grandes edifícios em várias cidades, promulgou a Lei das Sesmarias, criou a Torre do Tombo, a Casa dos Contos e fundou a Companhia das Naus, adaptando assim, a administração régia às necessidades dos novos tempos.

Viragem no governo de Portugal

Por volta de 1379, há referências a um episódio de tentativa de assassinato de D. Fernando, em que lhe terão dado peçonha para o matar. As consequências deste ato deixaram-lhe graves problemas de saúde, originando uma viragem na governação, promovendo uma participação mais ativa nas decisões e ações do reino por parte da rainha D. Leonor Teles, a “mal-amada” pelo povo. D. Fernando foi-se debilitando, lentamente, até à sua morte que ocorreu no ano de 1383.

Após a morte de D. Fernando, Portugal entra numa crise dinástica, que culmina com a crise de 1383-85, durante a qual emergem personagens como D. João I, o Mestre de Avis e o Condestável D. Nuno Álvares Pereira. Foi a altura da maior vitória militar portuguesa, na Batalha de Aljubarrota. Mas isso é tema de outras viagens medievais. Nesta, é D. Fernando e a sua mulher, D. Leonor Teles que estão em evidência.

viagem medieval

Viagem Medieval: experiências a não perder


Como acontece todos os anos, a Viagem Medieval em Terra de Santa Maria conta com uma serie de recriações e experiências que apelam à participação dos visitantes. Para estas, deve comprar antecipadamente bilhetes, o que pode fazer online.

  • Visita guiada com história: Na companhia de um Bobo da Corte que, entre trovas e prosas, vai contando a história e as estórias e mostrando as mais diversas facetas, ora divertidas e cómicas ora cheias de conteúdo e saber, as “Visitas Guiadas com História” prometem ser uma surpresa cheia de encantos;
  • Visita guiada com história ao castelo: O ex libris da cidade de Santa Maria da Feira abre as suas portas para uma visita guiada onde um ator é salvo-conduto para os visitantes, por cantos e recantos de um monumento ímpar em Portugal;
  • Viver a viagem: Viva e explore a Viagem da forma mais plena e diversificada com o melhor acolhimento que a XXIIIª edição do maior evento de recriação histórica da Europa tem a oferecer;
  • Da realeza ao povoado: Fazer uma visita única ao Castelo de Santa Maria da Feira, deixar-se guiar por entre o arvoredo de uma floresta encantada, fresca e verdejante e “desaguar” no frenesim de um Povoado crepitante de vida, tarefas, danças e artifícios é certamente uma experiência única. Na sombra da taberna vários petiscos a preceito esperam pelos que chegam para tomar parte na merenda. À despedida do povo segue-se um espetáculo ímpar que deixará as melhores memórias;
  • Repasto no povoado: O “Repasto no Povoado” desperta o melhor dos sentidos e, para o visitante mais experiente ou estreante, tem de ficar um conselho – apurar o palato para iguarias únicas que só neste momento do ano são confecionadas;
  • Merenda no povoado: A “Merenda no Povoado” convida o visitante a vivenciar a experiência sensorial que é a degustação de iguarias únicas que só neste momento do ano são confecionadas no Povoado;
  • Guerreiro por um dia: Esta é a experiência que a Viagem Medieval oferece que é em si a mais viva, mais intensa, mais cheia de emoção e de Viagem. A possibilidade de integrar o elenco do espetáculo bélico de Grande Formato, que se realiza diariamente no Terreiro das Guimbras, é algo absolutamente singular;
  • Casar na viagem: Na Viagem Medieval queremos que os amores sejam celebrados e eternizados. Numa cerimónia inesquecível para os “noivos”, o templo do povoado recebe juras e votos de sempre e para sempre com vista a perpetuar com uma Certidão de Casamento atestada pelo próprio Rei;
  • Cavaleiro por um dia: “Cavaleiro por um dia” é uma experiência cheia de aventura e divertimento para os mais novos, que tornará a visita à Viagem Medieval numa viagem às aventuras de tempos medievais. Os mais pequenos trajam a rigor, de capa e espada, para esta jornada, tendo acesso a diversas áreas temáticas;
  • Princesa por um dia: Porque todas as meninas desejam ser princesas, esta experiência é a concretização desse sonho! Desde o traje medieval, à caracterização, penteado e a um lugar especial como protagonista na área temática do Bosque das Guimbras, esta experiência permite uma viagem ao mais encantador lugar do imaginário infantil das meninas – ser uma verdadeira Princesa.

Preços

A Pulseira de acesso é válida para todos os dias de realização do evento.    

Pré-venda | 16 de julho a 30 de julho – 7 euros

Durante o evento | 31 de julho a 11 de agosto – 8 euros

Bilhete Diário: 2,5 euros à semana, 4,5 euros ao Sábado e 3,5 euros ao Domingo

Horário: De segunda a sexta das14h00 à 01h00

Sábado e Domingo, das 12h00 à 01h00; 

Crianças até 1,30m de altura isentas de pagamento

Como chegar

De carro:

  • A1 (Porto/Lisboa/Porto) -> Saída “Feira”
  • A29 (Aveiro/Porto/Aveiro) -> Saída “Feira”
  • A32 (Oliveira de Azeméis/Porto/Oliveira de Azeméis) -> Saída “Feira” 

De autocarro:

  • Porto (Batalha) – Santa Maria da Feira (centro – rotunda hospital): Transdev / UTC – União Transportes Carvalhos / Auto Viação Feirense

Veja também: