Publicidade:

Por terras de Viriato: uma escapadinha a Viseu

Partilhamos consigo um roteiro de Viseu para uma escapadinha de fim-de-semana, bem no centro de Portugal. Saiba o que ver e visitar por terras de Viriato.

Por terras de Viriato: uma escapadinha a Viseu
Rume ao centro de Portugal

Viseu fica no centro de Portugal e já foi eleita várias vezes a melhor cidade portuguesa para se viver. Num fim-de-semana, e sem precisar de mudar de hotel nem fazer grandes deslocações, conseguirá ficar a conhecer os principais atrativos locais.

Caso possa ficar por Viseu mais algum tempo, então a nossa sugestão é que explore um pouco mais do que fica nas imediações, como o Vale do Douro, a Serra da Estrela, as aldeias históricas, Aveiro, os Passadiços do Paiva e a Mata Nacional do Buçaco. Saiba mais.

Roteiro de Viseu: 8 sítios a não perder em terras de Viriato


1. Cava de Viriato

roteiro de viseu

Fonte: VisualHunt/Portuguese_eyes

O ponto de partida é a Cava de Viriato, uma fortificação octogonal que terá sido construída na época dos romanos ou muçulmanos. No local, existe uma estátua em honra de Viriato, líder dos lusitanos e herói de Viseu.

O parque que fica aí perto serve de estacionamento, mas em agosto e setembro serve de recinto da famosa Feira de São Mateus, uma das mais antigas do país. Também nesse parque existe um funicular. Apanhe-o, rumo ao centro histórico.

2. Sé

Chegado ao centro, comece a sua visita pela Sé. Esta catedral do século XII sofreu alterações até ao século XVII, pelo que neste monumento estão presentes marcas de estilos como o românico, o gótico e o barroco.

3. Museu Nacional de Grão Vasco

Junto à Sé fica este Museu, fundado no início do século XX, mais concretamente em 1916. Embora o seu nome se deva à exposição de obras do pintor quinhentista viseense Vasco Fernandes, também conhecido como Grão Vasco, há ainda quadros de Columbano Bordalo Pinheiro, José Malhoa, Alfredo Keil, Soares dos Reis, Silva Porto, António Ramalho ou Silva Porto para admirar.

4. Igreja da Misericórdia

roteiro de viseu

Fonte: VisualHunt/Portuguese_eyes

Sem ter de se afastar muito, irá encontrar esta Igreja do século XVI, mas que foi remodelada no século XVIII, evidenciando por isso muitas marcas barrocas.

5. Praça da República – Rossio

Dirija-se, agora, até à Praça da República, também conhecida por Rossio de Viseu. Pelo caminho, irá passar pela Porta do Soar, uma das 7 portas de entrada da cidade, as quais faziam parte da muralha quatrocentista que protegia a cidade medieval.

Esta praça é muito agradável. Há bancos onde se sentar, à sombra das árvores, no parque Aquilino Ribeiro; azulejos do pintor Joaquim Lopes para apreciar; a igreja de São Francisco para visitar.

6. Museu do Quartzo

O Monte de Santa Luzia foi, durante 25 anos, (1961 a 1986) palco, de extração de quartzo pela “Companhia Portuguesa de Fornos Elétricos” de Canas de Senhorim. Como resultado, restou uma grande cratera, uma autêntica “janela para o interior da terra”, tendo sido recentemente aproveitada para a construção deste Museu. Único no mundo, é um centro interativo de exploração do património geológico e natural da região.

7. Capela de Santo António

Ali perto fica a rua dos Andrades, onde pode admirar a fachada do Solar dos Condes de Prime e ficar a conhecer a capela setecentista de Santo António.

8. Igreja de Nossa Senhora do Carmo

Quando avistar a rotunda, saiba que aí se encontra esta igreja, cujo interior é um bom exemplo do barroco português, com talha dourada e painéis de azulejo.

9. Rua Direita

Se já estiver na hora de parar para uma refeição de faca e garfo, então vá até esta rua comercial, onde há restaurantes, lojas e, ainda, casas em estilo manuelino.

10. Largo Mouzinho de Albuquerque

A partir desta praça, há muito para ver e visitar. Vá até à igreja barroca de Santo António e desça alguns metros para admirar a Porta dos Cavaleiros (outra porta de entrada e de saída da muralha medieval da cidade) e a Fonte de São Francisco.

11. Do Largo de São Teotónio à rua Augusto Hilário

Este é o itinerário certo para os fãs de street art. Viseu acolhe, desde 2015, um festival desta expressão artística e é possível apreciar estes exemplares um pouco por todo o centro histórico.

12. Praça Dom Duarte

Conclua o roteiro pelo centro histórico de Viseu, na praça que acolhe a estátua do rei homónimo – D. Duarte –, nascido na cidade em 1391.

Outras sugestões para explorar em Viseu


Centro Comercial Palácio do Gelo

Para acabar o dia de forma fria, mas muito original, pode deslocar-se até ao centro comercial Palácio do Gelo, onde existe uma pista de gelo e, mais interessante ainda, o único bar de gelo em Portugal.

Construído com toneladas de água dos glaciares do Canadá, tudo neste bar é feito de gelo – paredes, cadeiras, escultoras e, até, copos!Há música e cocktails como em qualquer bar e não se preocupe com a indumentária, pois à entrada ser-lhe-ão fornecidos casaco e luvas para suportar as temperaturas negativas.

Ciclovia/Ecopista

Para quem prefere outros programas, Viseu possui a maior ciclovia/ecopista de Portugal. Ela fica na desativada linha férrea do Dão e o percurso é de 98km (ida e volta), ao longo dos quais há paisagens, pontes e rios para descobrir. O ponto de partida é na rua Adelino Azevedo Pinto e o término na estação de Santa Comba Dão.

Veja também: