Publicidade:

Conheça a YouTube TV e saiba tudo o que pode oferecer

A Google criou um novo serviço que concorre diretamente com os grandes da TV por cabo. Saiba mais sobre a YouTube TV, que pode vir a revolucionar o mercado.

Conheça a YouTube TV e saiba tudo o que pode oferecer
Por agora, a YouTube TV só existe no mercado norte-americano

A YouTube TV foi lançada pela Google em 2017 para dar forma à ideia de oferecer um serviço de televisão em streaming que permitisse aos seus utilizadores assistir às transmissões em direto dos canais de TV habituais.

Isto quer dizer que não estamos a falar de opções de TV como a Netflix, cujo conteúdo é entregue a pedido, mas da hipótese do utilizador ver jogos de futebol ou determinados programas que vão para o ar em direto nos seus canais favoritos. Assim surgiu um serviço que permite ver canais de TV ao vivo, gravar programas para ver mais tarde, obter conteúdos a pedido e também ver os habituais vídeos do YouTube.

O serviço começou por estar disponível em 10 das grandes áreas metropolitanas dos EUA, mas em poucos meses já englobava grande parte do território norte americano.

As características que oferece aos seus utilizadores prometem mexer como o mercado da distribuição de TV por cabo e tudo indica que, mais tarde ou mais cedo, o serviço possa expandir-se para fora das fronteiras americanas. Até porque já são muitos os sites que tentam ensinar os utilizadores mais avançados a subscrever este serviço, simulando via VPN (Virtual Private Network) acessos a partir das cidades americanas onde este já está disponível.

YouTube TV e TV cabo convencional: qual a diferença?


YouTube TV

1. Subscrição

A YouTube TV é controlada através de uma aplicação. O utilizador pode subscrever o serviço ao fazer o download através de uma aplicação móvel, ou visitando o site tv.youtube.com, tudo formas mais intuitivas e simples do que subscrever TV cabo nos fornecedores habituais. Uma subscrição que vai ao encontro do novo mundo digital e dos hábitos dos novos utilizadores.

2. DVR infinito

A Google promete um DVR (Digital Video Recorder) armazenado numa cloud infinita, ao contrário do que a maioria dos serviços de TV cabo podem oferecer. Pode gravar tudo o que quiser para ver mais tarde, desde que o veja nos próximos 9 meses. Este é o tempo limite para que a Google guarde a sua gravação. Quanto ao espaço que pode ocupar, a empresa afirma que é ilimitado.

3. Ver intuitivamente noutros dispositivos

Embora a maioria dos serviços de TV cabo já permitam aos seus utilizadores ver conteúdo dos canais aderentes noutros dispositivos, a YouTube TV conta com a experiência que todos os utilizadores de Internet ganharam com o YouTube.

Como a interface do serviço é tremendamente familiar, permite que todos os subscritores se lhe adaptem naturalmente, coisa que muitos interfaces de outras TVs por cabo ainda não têm facilidade em conseguir.

4. Personalizar 6 contas num só pacote

A oferta da YouTube TV é clara e apenas com um preço fixo. Nenhum subscritor fica perdido em listas de pacotes intermináveis, que podem mudar os encargos mensais a cada alteração.

Neste momento, os clientes norte-americanos apenas podem optar por um pacote único que custa 40 dólares por mês. Mas este pacote único traz uma agradável surpresa: uma subscrição que pode ser partilhada por 6 contas individuais.

Cada utilizador controla a sua conta individualmente e pode configurar as suas preferências pessoais, desde assistir ao que deseja até transmitir qualquer programa para outro dispositivo seu, sem afetar as contas ou o serviço global a que os outros utilizadores têm acesso. Isso quer dizer que cada pessoa lá em casa pode gerir os seus canais como quiser, e tudo numa única assinatura.

5. Oferece canais locais

À semelhança das outras TVs por cabo, a YouTube TV já disponibiliza canais famosos como a ABC, CBS, FOX, NBC, ESPN, Disney Channel, Nacional Geographic e muitos outros. Mas mesmo assim, a Google tem insistido em incluir todos – ou quase todos – os canais locais nos mercados em que já consegue atuar, marcando pontos face aos seus concorrentes.

E foi também a insistência nesta adesão que tornou um pouco mais lento o crescimento e o alargamento da cobertura do serviço a todas as regiões e estados norte-americanos, por isso prevê-se que esta possa continuar a ser a política da empresa, mesmo em caso de uma internacionalização.

6. YouTube Originals também vem com o pacote

Quem subscrever a YouTube TV fica com acesso, pelo mesmo preço, ao YouTube Originals, um canal composto por comédias, dramas, reality shows e programas de ação e aventura, produzidos em vários países e que compete diretamente com o catálogo Netflix.

Apesar do YouTube Originals ainda não estar disponível para Portugal, tal como o YouTube Premium (antigo YouTube Red) que permite ver todos os vídeos sem anúncios, ele já tem ganho muita popularidade em vários países e pode ser que ainda chegue cá, via YouTube TV ou como serviço individual.

Onde pode ver a YouTube TV?


YouTube TV

Os utilizadores podem ver a YouTube TV em smartphones, tablets e computadores com Android e iOS, no ecossistema Mac ou PC. A recomendação é para que os utilizadores do serviço no computador, façam o download da última versão do Chrome para conseguir uma melhor experiência de visualização.

Também é possível ter o serviço numa televisão normal, basta que esta seja compatível com os dispositivos Google Chromecast ou fazer download da aplicação Roku, Apple TV, Android TV ou Xbox One. O serviço também já é suportado pelos dispositivos da Samsung e LG.

Veja também: