David Afonso
David Afonso
20 Set, 2022 - 10:38

Bloqueador de veículos: saiba como evitar o roubo

David Afonso
Bloqueador de veículos evita roubo

Para evitar quaisquer problemas de roubo ou furto, existem vários tipos de equipamentos disponíveis no mercado. O bloqueador de veículos é um deles e pode ser uma solução eficaz contra os amigos do alheio.

É que o número de roubos de carros nas grandes cidades continua a aumentar todos os dias. Mesmo com seguro, as consequências de um assalto não são nada agradáveis. Na maioria das vezes, o carro é encontrado em péssimo estado e nem sempre o seguro reembolsa o prejuízo.

O que é um bloqueador de veículos?

O bloqueador de veículo é um dispositivo capaz de limitar momentaneamente o movimento de um automóvel ou mota através do corte de combustível, ou do bloqueio da ignição. Segundo as principais organizações anticrime, o investimento em equipamentos como o bloqueador de veículos ajuda a diminuir riscos de roubo dos carros.

Para se tornar mais cómodo, alguns fabricantes criaram o bloqueador de veículo com acesso ao smartphone. Com o bloqueador “ligado” ao seu carro, é possível pará-lo à distância e protegê-lo em casos de roubo e furto.

Como funciona o bloqueador de veículos?

A resposta pode parecer óbvia: bloqueia o carro. Antigamente era apenas isso que o bloqueador de veículos fazia, mas agora avisa também o proprietário através do smartphone.

O bloqueador de veículos é um equipamento capaz de bloquear a ignição ou da bomba de combustível do veículo, caso o alarme dispare numa tentativa de furto. Se não tiver alarme, o sistema deteta que alguém esta a tentar colocar o carro em marcha sem a chave. O proprietário do veículo recebe e notificação (SMS) através do smartphone e pode dar “ordem” para bloquear o veículo no seu telemóvel.

Automaticamente, o equipamento corta a bomba de combustível. O utilizador recebe ainda a informação sobre a localização do veículo, podendo ser vista pelo Google Maps do smartphone ou no computador. Se mais tarde, quando chegar perto do veículo quiser desbloquear a ação, é só enviar outro SMS.

Vantagens e desvantagens do bloqueador de veículos

Ainda que sejam um claro benefício para a segurança dos veículos e dos proprietários existem sempre pontos que se destacam mais e menos. Vejamos as principais vantagens e desvantagens associadas a este componente automóvel.

Vantagens

  • O benefício implícito da utilização de um bloqueador não precisa de ser realçado. No entanto, para além da função primária, nomeadamente a prevenção imediata do roubo de automóveis, alguns sistemas são também suficientemente inteligentes para desempenharem um papel mais importante.
  • Alguns dos sistemas mais avançados de imobilização automóvel podem mesmo iniciar um intervalo de tempo durante o qual o motor não arranca de todo, num esforço de defesa contra intrusos persistentes.
  • Outros podem soar alarmes sonoros que, para além de assustar o potencial ladrão, também alertarão as pessoas que passarem por aqui desta tentativa de roubo.
  • Há também sistemas que podem enviar uma mensagem à agência de segurança que instalou o sistema, para que o proprietário possa ser notificado.

Desvantagens

  • Embora a nobre ideologia da prevenção do roubo de automóveis seja na realidade apoiada por sistemas de imobilização, eles tornam as coisas bastante difíceis para o verdadeiro proprietário do automóvel, caso seja contornada a questão da ignição.
  • A substituição dos componentes pode ter um custo elevado.
  • O mecanismo antirroubo do bloqueador de veículos não é infalível contra um hacker qualificado.
Carro roubado
O número de roubos a automóveis tem vindo a aumentar, em especial nas grandes cidades

O bloqueador de veículo acionou. E agora?

Em certas situações acionar o bloqueador de veículos pode ser perigoso e mesmo causar danos ao veículo e ao condutor. Portanto, este tipo de equipamento tem de ter garantias de segurança e deve ser instalado com muito cuidado por profissionais.

Por norma, o bloqueador de veículo é acionado apenas em situações onde não existe nenhum risco para o veículo e, principalmente para o proprietário. Sendo ativado somente a partir do comando do proprietário.

Existem alguns sistemas alternativos como o rastreadores e os alarmes que são as principais ofertas para a segurança do seu veículo. O bloqueador é o mais básico entre os três equipamentos.

No caso dos localizadores, a principal função é informar onde está localizado o carro furtado ou roubado, avisando também a empresa que vendeu o produto. Já os rastreadores são os equipamentos mais avançados entre os três sistemas. Este tem o mesmo objetivo do localizador, mas a vantagem de permitir a consulta da localização do carro mesmo que o motorista não tenha ativado a central de atendimento.

Com efeito, um dos crimes mais comuns é o roubo de veículos. Os bloqueadores são então o método mais acessível e mais simples de prevenir este tipo de ato criminoso. Neste artigo analisámos os diferentes pontos do bloqueador de veículos, bem como as vantagens da sua utilização.

Embora não exista um bloqueador ideal, existe sempre uma maior segurança associada a este tipo de sistema.

Veja também