Afonso Aguiar
Afonso Aguiar
01 Set, 2022 - 15:07

Compressor do ar condicionado: o que é e problemas mais comuns

Afonso Aguiar

O compressor do ar condicionado é fundamental para que o habitáculo do seu carro tenha uma temperatura agradável. Saiba como funciona.

Compressor do ar condicionado

É no verão que lhe dá importância e no inverno que se esquece dele. O compressor do ar condicionado é uma (ou a) componente fundamental para que possa sentir a aragem fresca.

Pode parecer meramente palavreado técnico e caro. Porém, sem o compressor de ar condicionado dificilmente sobreviveria aos meses mais quentes do ano.

Tal como muitas peças , a sua importância normalmente é desvalorizada. Porém, se não quer gastar centenas de euros mais vale saber um pouco mais sobre esta peça.

O que é para que serve?

A função do compressor do ar condicionado é simples: como o próprio nome indica, esta peça comprime o gás ou líquido de arrefecimento de baixa pressão e assegura a respetiva circulação do ar frio produzido. Mas como é que isso acontece?

Para poder refrigerar o habitáculo, o sistema de ar condicionado tem um compressor (no exterior do motor), que recebe o refrigerante, em estado gasoso, proporcionalmente enquanto é carregado com calor. É no exterior do motor, nesse mesmo local, que a serpentina de condensação aumentará a pressão graças à força do compressor.

Consequentemente, o refrigerante retornará ao estado líquido. Portanto, agora estará pronto para entrar dentro do veículo e recuperar o calor interno do carro, circulando enquanto ar frio e permitindo refrigerar e expandir-se ao longo do habitáculo.

Apesar das suas vantagens, este compressor é uma peça que consome muita energia, uma vez que necessita de muita potência para comprimir o gás. Por essa razão, costuma recorrer a um motor elétrico ou ao próprio motor do carro para conseguir funcionar.

Tipos de compressor do ar condicionado

Atualmente, existem mais de 40 tipos diferentes no mercado. Ainda assim, os mais comuns são os seguintes.

Compressores de Pistão

Este tipo de compressor de ar condicionado recorre a pistões (ou embolos) que, com o apoio de um disco de inclinação, permitem comprimir o gás ou líquido para refrigeração do habitáculo assim que o eixo de comando começa a mover-se.

Compressores Rotativos de Palhetas

Neste caso, o compressor possui um rotor com várias palhetas que, quando começam a girar, sugam o gás pelas aberturas entre cada palheta.

Problemas com o compressor do ar condicionado

O compressor do ar condicionado tem tendência a desgastar-se com o tempo. A vida útil do mesmo costuma rondar os oito a dez anos, sendo possível aumentar a duração com a manutenção correta. As principais causas para as falhas desta peça são:

  • Fuga do gás ou líquido de refrigeração;
  • Desgaste da correia de transmissão;
  • Junta da peça partida;
  • Válvulas encravadas.

Recomenda-se também que, caso note ruídos estranhos, quando liga e desliga o ar condicionado do carro, ou inclusive sinta um odor estranho no interior do habitáculo, procure ajuda técnica especializada para perceber se o problema é do compressor do ar condicionado.

Mão sobre o ar condicionado de um carro
O bom funcionamento do compressor é fundamental para ter a temperatura ideal

Causas mais comuns para a avaria

Existem diversas causas que podem originar as falhas acima descritas do compressor do ar condicionado.

  • Falha nas manutenções programadas;
  • Despressurização do circuito;
  • Excesso ou falta de gás ou de líquido de refrigeração;
  • Tubulação do ar condicionado danificada;
  • Ventoinha danificada;
  • Utilização de produtos de baixa qualidade.

Para evitar prejudicar o compressor do ar condicionado, recomenda-se que faça uma manutenção adequada e tenha cuidados reforçados recorrendo aos seguintes passos:

  • Substituir os filtros de pólen a cada 12.000 quilómetros.
  • Evitar pequenos toques ao estacionar.
  • Substituir o dessecante a cada 2 anos.
  • Aumente gradualmente (e não de uma vez só) a potência do ar condicionado.

Se o compressor do ar condicionado estiver danificado, um técnico especializado poderá efetuar a sua reparação.

A verificação do estado deste componente é feito com um suporte especial em que é medida a pressão do gás ou líquido de refrigeração: se forem descobertas anomalias, o compressor do ar condicionado deve ser desmontado e limpo, ou em casos mais graves substituídos.

Se precisar de substituir esta peça, prepare-se para desembolsar algum dinheiro: os preços variam consoante as marcas e os modelos dos automóveis, mas não será expectável ter de desembolsar menos de uma centena (ou mais) de euros.

Veja também