Catarina Reis
Catarina Reis
17 Nov, 2022 - 19:20

6 dicas para curar a procrastinação

Catarina Reis

Nós temos 5 dicas muito simples e fáceis de pôr em prática que vão ajudá-lo a descobrir como curar a procrastinação, de uma vez por todas!

curar a procrastinação

Tem o péssimo hábito de deixar para amanhã o que pode fazer hoje? Não é o único com problemas de procrastinação. Mas existem formas de curar esse problema, sabia?

Numa linguagem simples, o ato de procrastinar significa deixar para amanhã, ou uma outra altura, o que devíamos fazer hoje. Dito de outra maneira, dá-se quando desejamos adiar um trabalho que tínhamos para fazer agora, ou seja, que era prioritário. 

Não se trata necessariamente apenas de uma mudança de prioridades, pois procrastinar pode ser muitas vezes simplesmente abdicar de fazer um trabalho ou uma tarefa, em prol de nada.

Naturalmente, tarefas mais complexas ou que nos causam desconforto e um certo grau de esforço, são as candidatas para fazerem parte de uma sessão de procrastinação.

A importância de curar a procrastinação

Curar a procrastinação é um passo fundamental para que o nosso percurso não fique prejudicado. Um episódio ou outro de procrastinação de longe a longe é considerado normal. Afinal somos humanos e nem sempre temos disposição para enfrentar certos desafios em determinadas alturas. 

No entanto, quando se torna crónico, pode ser sinal de algum problema com a nossa relação com o trabalho. Mais do que isso, ao adiarmos constantemente o que temos para fazer podemos estar a dificultar em muito a nossa carreira, e em última instância, a nossa vida pessoal.

A chave para combater a procrastinação está em arranjar formas de mantermos uma motivação constante e duradoura, para que, ao ficarmos mais produtivos, nem sequer nos passe pela cabeça deixar para depois as tarefas importantes que temos pela frente.

De uma modo resumido, a procrastinação afeta a nossa produtividade, e por arrasto o crescimento pessoal e profissional, bem como a nossa relação com os outros.

6 dicas para curar a procrastinação

procrastinar trabalho

Identifique o problema

O primeiro passo para descobrir a cura para a procrastinação é perceber quais são os motivos que estão por trás dessa vontade irresistível de adiar tarefas. Terá que fazer uma análise fria do que está a acontecer, e enfrentar a origem de tudo. Numa primeira análise poderá apenas atirar as culpas para o cansaço, ou para a preguiça, mas terá que se esforçar para perceber porque é que está a desejar evitar fazer a tarefa.

Tem receio de não conseguir fazer o trabalho bem feito? Está ansioso com algo que não está seguro de fazer? Ou pura e simplesmente não sabe por onde começar?

Depois de analisar o problema de forma realista e honesta, está na hora de encontrar soluções!

Discipline-se nas redes sociais

As redes sociais são atualmente um fator de distração enorme para muita gente, e um agente seriamente causador de procrastinação. Quem nunca se deixou levar por navegar nas redes sociais, sem conseguir parar, deixando tarefas por fazer? Seja frio e analise se as redes sociais o andam a desestabilizar. Se a resposta for sim, o que tem a fazer é simples: desligar-se mais vezes, manter o telemóvel longe e sem notificações, e fechar as redes sociais enquanto trabalha.

Divida o trabalho em pequenas tarefas

Há trabalhos que se tornam um autêntico fardo pesado, quando pensamos neles como um só. Se um trabalho aparenta ser complexo, uma boa forma de olharmos para ele é desconstruindo-o em pequenos trabalhos. Concentre-se em cada um dessas partes, uma de cada vez.

Crie subtarefas pequenas, de forma a conseguir ir fazendo o que tem para fazer, aos poucos. Comece então por subdividir o trabalho em pequenos pontos, para que os possa ir fazendo, e mais importante, para que encare cada etapa como um trabalho simples.

Desta forma deverá conseguir realizar o trabalho e a deixar a procrastinação de parte!

Em adenda, poderá encarar o trabalho através de mini prazos. Em vez de fixar um prazo só para terminar um trabalho complexo, divida todas as tarefas em pequenos prazos. Isso vai ajudar.

Mude o seu mindset

A forma como analisa a situação vai determinar a forma como responde e, consequentemente, a forma como age! Pare de ficar preso a pensar “Este projeto é demasiado difícil, nunca o vou conseguir fazer!” pois isto levará a que acabe por desanimar e, consequentemente, procrastinar. Em vez disso, foque os seus esforços em fazer!

O pensamento que deve ter é “Este projeto é difícil, mas eu vou começar e vou conseguir realizá-lo!”. Este pensamento irá ajudá-lo a motivar-se e, consequentemente, a curar a procrastinação inerente aos pensamento negativos.

Reformule a questão

Sabe o que vai acontecer quando nem sequer tenta? Arrependimento. Não se quer arrepender de algo que podia ter feito e não fez, pois não? Então reformule a questão e pergunte a si mesmo, “O que vou perder ao não fazer determinado trabalho?”, “A minha vida, carreira e relações não irão sofrer com o resultado da minha inércia?”.

Conseguir concretizar algo leva a um sentimento tão recompensador que, quando pensar nisso, não querrá adiar mais nada.

Recompense-se a si próprio

Crie um sistema de incentivos dirigidos a si mesmo, por cada etapa concluída. Assim, a motivação dificilmente irá escapar. O incentivo pode ser qualquer coisa que goste, como ver um filme, um novo episódio da sua série favorita do momento, ou simplesmente tirar tempo livre.  

Veja também