ebook
           
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Patrocinado por Escola Virtual - Grupo Porto Editora
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
28 Jun, 2022 - 12:00

7 exemplos de currículos criativos: inspire-se connosco

Catarina Milheiro

O mercado de trabalho é cada vez mais competitivo. Fique connosco e aprenda a destacar-se através dos nossos exemplos de currículos criativos.

coisas que nao deve dizer no curriculo

Os currículos criativos fogem ao padrão dos currículos tradicionais porque incluem novos recursos como vídeos, gráficos, imagens ou até mesmo um projeto de exclusivo de design ao documento.

Durante muitos anos, houve um padrão de formatação no que diz respeito à criação de currículos. Normalmente, este tipo de documentos era feito no Word, em tamanho A4 e utilizando sempre a fonte Times New Roman.

E apesar de esse modelo ainda parecer bastante comum nos dias de hoje, a verdade é que surgiram outras maneiras de apresentar a sua experiência profissional de uma forma muito mais atrativa e por vezes até interativa.

A verdade é que qualquer versão criativa de um CV se destaca facilmente entre as dezenas e centenas de currículos comuns. Uma estratégia que pode funcionar muito bem ao longo do processo de seleção.

Os currículos criativos são indicados para todas as áreas do mercado de trabalho?

Antes de lhe apresentarmos alguns exemplos de currículos criativos, é importante falarmos um pouco sobre o assunto. Isto porque a forma como se apresenta irá depender muito da sua função, da área de atuação e da cultura da empresa para a qual se candidata.

Por exemplo: se o objetivo for diferenciar-se dos outros candidatos que estão a competir para uma vaga na área de criação de uma start-up, poderá ser interessante demonstrar os seus conhecimentos de edição e a capacidade que tem em inovar através de um CV criativo.

Por outro lado, se estiver perante uma empresa com uma cultura organizacional tradicional e rígida, os currículos tradicionais são, por norma, os mais indicados.

Assim, se a sua área de atuação permitir criar um currículo criativo, como marketing, design gráfico, design de comunicação, publicidade ou arquitetura, reflita sobre um design exclusivo que contribua para uma melhor visualização do seu CV.

Não esquecendo nunca de inserir informações relevantes e palavras-chave em imagens, vídeos ou gráficos. No fundo, o objetivo é destacar-se da concorrência permitindo que o recrutador capte rapidamente as informações necessárias.

Exemplos de currículos criativos

Currículos criativos

Layout em estilo xadrez

Para quem gosta de arriscar e marcar pela diferença, este tipo de layout é definitivamente uma excelente aposta. Principalmente mais indicado para designers, proporcionando uma secção própria para cada categoria do CV.

Trata-se de um modelo que vai com certeza ocupar muito mais espaço do que o normal. No entanto, pode ser o ideal para um designer que esteja agora a começar e ainda não tenha muita experiência ou informação para colocar no documento.

Um jogo

Para captar a atenção dos empregadores, uma designer criou um jogo, chamado “The game of design”, com direito a dados, instruções e cartões sobre pesquisa, clientes, comunicação e composição.

Esta pode ser uma aposta um pouco mais arriscada. Afinal, este é um tipo de CV que muito dificilmente será lido e analisado pelos softwares utilizados para o efeito hoje em dia.

Contudo, pode ser uma boa escolha para alguém que procure um estágio curricular, por exemplo. Pode ser entregue em mão diretamente à empresa e demonstrará o seu empenho e criatividade.

Uma animação

E que tal um CV totalmente fora do comum? Este exemplo é um currículo animado que salientou as principais coisas que os empregadores deveriam saber sobre ela e em menos de um minuto. Esta foi a opção criativa de Livia Natalie.

Ideal para quem está na área do design, publicidade, marketing e até mesmo vendas.

Um currículo na horizontal

Optar por utilizar uma orientação horizontal em vez do tradicional formato vertical, vai fazer com que o seu CV chame imediatamente a atenção do recrutador. Este modelo criado por Justin Schueler, é um excelente exemplo.

Se elaborar um currículo na horizontal, com um layout devidamente equilibrado (isto é, não congestionado) e utilizar um esquema de cores a preto e branco, irá garantir que se destaca dos outros candidatos.

Pode ser utilizado para praticamente qualquer área, desde que bem adaptado e organizado (tenha em consideração o esquema de cores).

Um livro

Lucia Paul foi por um caminho diferente, mas não menos original. Transformou o seu currículo numa mostra das suas capacidades na área da ilustração criando um livro cheio de pormenores criativos. Hoje trabalha com grandes marcas.

Este tipo de currículo criativo pode ser uma excelente opção se atua como designer de produto, designer gráfico, arquiteto, na área do marketing, fotografia ou até no ramo imobiliário.

As hipóteses podem ser várias, basta que seja criativo e que se informe sobre a cultura da empresa para a qual se candidata.

Vídeo currículo

Um currículo criativo também pode ser um CV em vídeo. No fundo, este tipo de documento informa o recrutador sobre a sua experiência profissional, formação académica, habilidades e demonstra um pouco da sua personalidade.

Mas atenção: apesar de ser um tipo de currículo bastante utilizado atualmente, é importante que ele seja curto – no máximo 3 minutos para passar a sua essência e informações relevantes é suficiente.

Utilize gráficos

Se atua na área das vendas, saiba que também pode criar um currículo criativo tal como este exemplo de Martin Suster.

Muito provavelmente vai ter que utilizar gráficos e infográficos para demonstrar os resultados que alcançou no passado, não é verdade? Então porque não fazê-lo de forma eficaz, recorrendo a diferentes tipos de gráficos para representar também as suas habilidades, conhecimentos e experiências? Experimente.

Vale a pena criar um currículo criativo?

A resposta é sim. Vale a pena criar um CV criativo se a sua área e a cultura da empresa para a qual se candidata o permitirem fazer.

No fundo, este tipo de currículo irá demonstrar algumas das suas capacidades criativas e inovadoras – o que pode fazer a diferença em algumas vagas específicas, onde concorrem centenas e centenas de candidatos.

Mas não se esqueça que para que o seu currículo seja selecionado há determinadas coisas que não podem de todo faltar. Tome nota:

  • Ser objetivo;
  • Organizar o CV por secções (objetivo, formação, experiência, skills, idiomas, etc…);
  • Incluir informações pessoais e de contacto;
  • Formatar o documento de forma a que ele seja lido por um software;
  • Inserir palavras-chave;
  • Apresentar dados e provas de formação e experiências profissional do mais recente para o mais antigo;
  • Não ultrapassar mais de duas páginas ou 3 minutos no caso do vídeo currículo.
Veja também