Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Júlia Rocha
Júlia Rocha
29 Jun, 2018 - 07:29

Como desligar o sistema Start/Stop

Júlia Rocha

Se não gosta deste sistema, saiba como desligar o sistema Start/Stop. Se não lhe é útil, saiba como fazê-lo sem dificuldade.

Condução: como desligar o sistema Start/Stop

Nem todos os automobilistas são apreciadores do sistema Start/Stop, a inovação que torna o carro um pouco mais inteligente, “ligando e desligando” o carro sem precisar da chave. Este sistema é sobretudo dirigido a uma condução urbana, condicionada por filas de trânsito, pelo pára/arranca, etc. Saiba, então, como desligar o sistema Start/Stop.

Apesar de ser cada vez mais popular, existem especialistas, fabricantes e condutores que não o consideram como uma mais-valia. Há quem defenda que como existe um maior ciclo de arranques, isso pode prejudicar a saúde do carro, mas são muitos os fabricantes que têm isso em conta e reforçam o motor e a bateria.

Tem as suas vantagens e desvantagens, e não deixa de ser útil em determinadas circunstâncias. Contudo, não é impedimento para aproveitar bem o seu automóvel, se considera o sistema um incómodo e prefere controlar o carro manualmente.

Fique a saber como desligar o sistema Start/Stop

conduzir

É bastante simples. Na maioria dos carros, é apenas necessário pressionar o botão com um “A” junto a uma seta no sentido dos ponteiros do relógio. Noutros modelos, é possível fazê-lo a partir do computador de bordo. Em qualquer dos casos deverá surgir um aviso no painel de instrumentos, ou uma luz no próprio painel, a indicar que a tarefa foi bem-sucedida.

Este ficará desligado até que volte a ativá-lo, ou até à próxima vez que der à chave. Em modelos mais recentes, o botão ou o computador podem ser o suficiente para desligar permanentemente o sistema. Mas tente perceber se o seu carro memoriza a opção de manter o sistema Start/Stop desligado, ou se vai automaticamente accioná-lo quando voltar a dar à chave. Nesses casos, se não quiser que o sistema esteja ligado, tem de passar sempre por este processo.

Para o desligar permanentemente, é provável que tenha de pedir ajuda profissional. Pode variar de marca para marca e modelo para modelo. Antes de tomar essa decisão, faça o teste e desligue-o durante algumas viagens, para perceber se o consumo do automóvel aumenta, comparando com os momentos em que o sistema está funcional.

O grande objetivo do sistema Start/Stop é ajudar a reduzir o consumo de combustível, e reduzir emissões de CO2, dar algum conforto à condução. Apesar disso, o desgaste pode ocorrer no motor e na bateria. E, claro, há sempre os condutores que preferem continuar a conduzir de forma tradicional e consideram o sistema algo irritante e inútil. Se é o seu caso, pense seriamente em desligá-lo.

Veja também