Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Miguel Pinto
Miguel Pinto
17 Fev, 2020 - 12:41

Pronto para o Entrudo Chocalheiro com os Caretos de Podence?

Miguel Pinto

Está aí mais um Entrudo Chocalheiro, com os Caretos de Podence a tomarem conta das ruas da aldeia. Não perca e rume até Macedo de Cavaleiros.

entrudo chocalheiro em Podence

Macedo de Cavaleiros acolhe de 22 a 25 de fevereiro a primeira edição do Entrudo Chocalheiro com o selo da UNESCO, depois de as “Festas de Inverno: Carnaval de Podence” terem sido classificadas como Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Durante quatro dias, a aldeia de Podence acolhe o Carnaval mais genuíno de Portugal, num evento onde são esperados mais de 40 mil visitantes de sábado até terça-feira.

entrudo chocalheiro: conheça o programa

Careto de Podence

Organizado pela Associação Grupo Caretos de Podence, com a colaboração da Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros, da União de Freguesias de Podence e Santa Combinha e do Instituto Português do Desporto e Juventude, o programa do “Entrudo Chocalheiro” promete.

Passeios e visitas ao Geopark Terras de Cavaleiros, os Geocruzeiros na Albufeira do Azibo, a Ronda das Tabernas, com 25 espaços aderentes em Podence, o Pregão Casamenteiro, a Queima do Entrudo, o Desfile de Marafonas e o Festival do Grelo, que conta com a adesão de 26 restaurantes do concelho, são algumas das atividades a não perder no Entrudo Chocalheiro.

“Esperamos, como é normal, um aumento significativo do número de visitantes, tendo em conta todo o protagonismo que a classificação como Património Cultural Imaterial da Humanidade conferiu ao Entrudo Chocalheiro”, frisa o presidente da Câmara de Macedo de Cavaleiros, Benjamim Rodrigues.

Festejos do entrudo chocalheiro

Milhares de visitantes

O autarca diz que o Entrudo Chocalheiro tem um impacto económico significativo no concelho, contribuindo para esgotar as unidades hoteleiras e de Alojamento Local, mas que não se cinge a Macedo de Cavaleiros.

“O Entrudo Chocalheiro de Podence é vantajoso para os concelhos vizinhos, diria que para todo o Nordeste Transmontano, contribuindo para lotar os hotéis, o alojamento local e os próprios restaurantes”, sustenta.

Benjamim Rodrigues garante que “é uma injeção de dinamismo e de capital muito importantes para a região”, estimando que o evento possa gerar receitas, no distrito, a rondar os três a quatro milhões de euros.

“Não faltam motivos para vir a Podence festejar aquele que é, de facto, o Carnaval mais genuíno de Portugal”, sustenta Benjamim Rodrigues. O autarca promete quatro dias de muita animação, além, claro, de assistir à promoção da cultura ancestral das festas carnavalescas que continua a ser preservada pelos Caretos de Podence.

Albufeira do Azibo em Macedo de Cavaleiros
Não perca Albufeira do Azibo: conheça o oásis do nordeste transmontano

Caretos são património

Os Caretos de Podence foram considerados Património Cultural Imaterial da Humanidade. Esta distinção foi tomada no decurso da 14.ª Reunião do Comité Intergovernamental para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial que decorreu em Bogotá (Colômbia),

Os Caretos, protagonistas do Entrudo Chocalheiro, representam imagens diabólicas e misteriosas que todos os anos desde épocas que se perde no tempo saem à rua nas festividades carnavalescas de Podence, Macedo de Cavaleiros.

Interrompendo os longos silêncios de cada inverno, como que saindo secretos e imprevisíveis dos recantos de Podence, surgem silvando os Caretos e seus frenéticos chocalhos bem cruzados nas franjas coloridas de grossas mantas.

No momento actual mais que uma tradição, são o símbolo da Cultura Nordestina tornando-se um dos Grupos mais emblemáticos a nível nacional. 

Constituído em 1985 dentro de uma associação cultural, com o objectivo de preservar a tradição carnavalesca, o grupo assume-se como etnográfico, sendo constituído por cerca de 20 elementos, todos homens, e por onde passam deixam um fascínio sedutor.

Veja também