Publicidade:

iPhone. Bug no FaceTime deixa ouvir e ver mesmo quem não atenda a chamada

Foi detetado um bug nas conversas de FaceTime da Apple, que permite que outras pessoas ouçam tudo o que está a dizer - sem sequer atender a chamada.

iPhone. Bug no FaceTime deixa ouvir e ver mesmo quem não atenda a chamada
Tenha cuidado com as conversas de grupo

As conversas individuais estão excluídas, já que o erro foi detetado nas chamadas de grupo do FaceTime. Quem se apercebeu foi Grant Thomson, um americano de 14 anos, que filmou o problema e publicou no YouTube. Este é um erro que viola em absoluto a privacidade dos utilizadores da Apple, que já desativou a funcionalidade de conversas em grupo.

Falha de segurança no FaceTime da Apple


O bug encontrado permite que ouça tudo aquilo que uma pessoa está a dizer sem que esta atenda sequer a sua chamada. O erro foi encontrado no princípio desta semana e deixou em estado de alerta muitos utilizadores da Apple. A marca americana identificou rapidamente o problema e desativou a opção de conversas em grupo no FaceTime.

Esta acaba por ser uma falha de segurança muito grave e ainda não está provado que alguém tenha tomado conhecimento da mesma antes de Grant Thomson, que alertou para a falha no início desta semana. O motivo de preocupação assenta no facto de existirem hackers que já tenham entrado nos sistemas Apple e ouvido conversas do género.

A gigante tecnológica avisou os consumidores que já tinha identificado o erro e que um novo update estará disponível até ao final da semana para todos os utilizadores. Até lá, a marca aconselha os utilizadores a não fazerem chamadas em grupo ou, então, a desativar por completo o FaceTime.

No âmbito desta falha de segurança, a Kaspersky Lab já emitiu uma declaração onde afirma que da “informação que foi publicada nos meios de comunicação, parece ser difícil para um hacker explorar este bug que permite ver e ouvir a pessoa para quem se está a ligar antes mesmo de ela atender, já que a vítima receberia uma chamada de aviso”.

Os especialistas em software anti-vírus adiantam ainda que, neste caso, “o hacker pode ouvir secretamente as conversas privadas do alvo. Em geral, o software compreende tantas linhas de código que é quase impossível garantir que ele será 100% bug free, e os fornecedores de software contam com a comunidade de segurança para ajudá-los a encontrar e corrigir esses bugs antes que eles possam ser usados pelos hackers”.

Independentemente do dispositivo que use, seja ele um iPhone ou iPad, este é um erro transversal aos dispositivos Apple. O mais seguro, para já, será mesmo desativar o FaceTime no seu smartphone ou tablet até que a marca garanta que a segurança e privacidade dos utilizadores foi reforçada e que estará de volta à normalidade.

Veja também: