Publicidade:

E se pudesse decidir os preços praticados no supermercado?

Já imaginou se pudesse decidir os preços dos produtos no supermercado? Parece que a partir de agora vai ser possível, na Carrefour.

E se pudesse decidir os preços praticados no supermercado?
Carrefour lança desafio aos clientes para decidirem preços

Andamos sempre preocupados com os preços, a tentar escolher as melhores profissões e os supermercados/hipermercados mais baratos, mas até agora havia algo que não conseguimos fazer: decidir os preços dos produtos. Com vontade de alterar este paradigma está a cadeia de supermercados francesa, Carrefour, que acaba de anunciar o lançamento de uma nova marca própria onde pretende que sejam os consumidores a escolher os preços dos produtos. Pode parecer irreal, mas a iniciativa da Carrefour vai mesmo avançar.

Segundo o comunicado da marca, “serão os próprios consumidores a decidir quanto querem pagar por cada produto”, sendo que o primeiro produto “será uma embalagem de leite que será vendida a 99 cêntimos”. Este preço já foi decidido “através de um inquérito online que abrangeu respostas de 6 000 clientes Carrefour.

Relativamente a este produto, a Carrefour estima que a nova marca comercialize, por ano, cerca de sete a dez milhões de litros, sendo que “a cadeia francesa vai abastecer-se junto da cooperativa Laiterie de Saint-Denis, que faz a distribuição do leite de 51 pequenos produtos com dificuldades de subsistência”.

Para além do preço, a Carrefour ainda envolveu os consumidores noutras características do produto, como por exemplo a alimentação das vacas, entre outros. Esta iniciativa será estendida a outros produtos.


Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].