Publicidade:

Bityond: a nova plataforma de recrutamento

A Bityond é uma nova plataforma de recrutamento, que pretende dar um incentivo económico aos utilizadores, durante a procura de emprego. Saiba mais.

Bityond: a nova plataforma de recrutamento
Uma plataforma com um formato diferente

Surgiu uma nova plataforma de recrutamento, procura de emprego e gestão de talentos. A Bityond pretende distinguir-se de outras plataformas, como o LinkedIn ou ITjobs, no sentido de fazer corresponder os candidatos inscritos aos projetos adequados.

O fundador, Pedro Febrero, explica que os interessados têm de se inscrever, preenchendo o perfil com as suas competências, disponibilidade, habilitações, conhecimentos linguísticos e outras características, e a Bityond faz o match com os projetos disponíveis na plataforma.

Em vez da típica procura e candidatura a diferentes projetos, os candidatos focam-se naqueles para os quais as suas competências profissionais já foram previamente matched. Isto resulta numa poupança de tempo, tanto para recrutador como para candidato.

Bityond: incentivo económico aos utilizadores


A plataforma foi fundada em maio de 2017 e pretende também oferecer aos empregadores e recrutadores uma oportunidade de gerirem equipas dentro da sua organização, apostando da gestão de talentos, além dos projetos.

Outro aspeto que distingue a Bityond da concorrência é o incentivo económico oferecido na plataforma. Neste momento e até julho está a decorrer uma ICO – Initial Coin Offering, aos utilizadores. Os participantes recebem um ativo digital – os Bityond Tokens.

Com estes Tokens, têm algum poder de voto em novos desenvolvimentos e funcionalidades criados na Bityond. Estes ativos digitais são atribuídos gratuitamente, e à medida que os utilizadores criem conteúdos na plataforma. Ao mesmo tempo que monetiza os seus dados, têm a oportunidade de ajudar na governação e gestão desta plataforma, numa nova utilização do conceito de criptomoeda.

Como objetivo final, os criadores da Bityond pretendem uma maior participação neste modelo de negócio, que irá contribuir para melhorias na plataforma e consequentemente valorizar a moeda que os utilizadores que se estejam a inscrever já detêm. Um incentivo ao feedback.

São o sistema de matching, da uma base de dados standardizada, juntamente com o fator gestão de talentos, que pretende atrair investidores até 15 de julho, data em que a ICO está ativa. Apesar de estar registada em Portugal, a empresa opera em todo o mundo. Pedro Febrero destaca também que os candidatos nunca irão pagar pela utilização da Bityond, apenas os recrutadores, já que já existe a relação estabelecida entre o feedback dado para melhorar a plataforma.

Veja também: