Publicidade:

CTT estão a recrutar carteiros para reforço de férias

Os CTT pretendem contratar carteiros em todo o país para reforçar a equipa de distribuição durante o período de férias. Conheça os requisitos.

CTT estão a recrutar carteiros para reforço de férias
Saiba como candidatar-se

Os CTT – Correios de Portugal são o operador postal universal em Portugal, operando também em Espanha e em Moçambique. Desenvolvem atividades de correio, de expresso e encomendas e de serviços financeiros. São também os únicos acionistas do Banco CTT, um banco com uma oferta simples mas completa de serviços bancários para particulares.

Com raízes no ano de 1520, têm o exclusivo da emissão de selos com a menção Portugal e plataformas únicas de distribuição e atendimento ao cliente, com proximidade e conhecimento profundo da população e de todo o território.

Recentemente, o operador postal abriu uma bolsa de recrutamento para contratação de carteiros.

Recrutamento carteiros CTT


Os Correios de Portugal estão a recrutar colaboradores para reforçar a equipa de distribuição de Correio no período de férias, entre maio e novembro.

Para se candidatarem à bolsa de carteiros os interessados devem ter no mínimo 18 anos, o 9.º ano de escolaridade, carta de condução e, preferencialmente, conduzir motociclos. São procurados candidatos com:

  • Gosto por uma função não rotineira;
  • Gosto pelo contacto com clientes;
  • Apetência para trabalhar no exterior;
  • Apetência para trabalhar em equipa.

Este processo visa colmatar necessidades em todo o território nacional.

A duração dos contratos poderá variar entre os três e os sete meses, sendo que as contratações vão decorrer em todos os Centros de Distribuição. Os contratados vão desempenhar funções nas áreas de Distribuição, Centros de Produção e Logística e para as Empresas subsidiárias.

Para submeter a sua candidatura, aceda à página dos CTT.

Veja também:

Inês Silva Inês Silva

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior e com uma pós-graduação em Assessoria de Comunicação pela Escola Superior de Jornalismo do Porto, o seu percurso profissional foi sempre na área da comunicação com a criação dos mais diversos tipos de conteúdos.