Publicidade:

Siemens Portugal vai criar mais 240 empregos

A Siemens Portugal anunciou a criação de mais 240 novos postos de trabalho altamente qualificados, estando já em fase de recrutamento.

Siemens Portugal vai criar mais 240 empregos
Tecnologias de informação, engenharia e serviços financeiros e de gestão

Siemens Portugal anunciou em comunicado que vai reforçar a equipa ainda durante o ano de 2018. A empresa, para fazer face ao crescimento que projeta para este ano, criou 240 novos postos de trabalho altamente qualificados, em Tecnologias de Informação, engenharia e serviços financeiros e de gestão, para os quais já está a recrutar novos colaboradores.

O ano passado, a empresa contratou já 253 novos colaboradores, terminando o ano com um total de 2.022 colaboradores.

Este crescimento foi sustentado pelo bom desempenho da empresa no ano fiscal de 2017. A Siemens Portugal, no ano que terminou a 30 de setembro de 2017, registou encomendas de 433,4 milhões de euros, representando um incremento na ordem dos 10%.

2017 foi também o ano em que a Siemens Portugal reforçou a sua projeção internacional, com as exportações a ultrapassarem, pela primeira vez, os 100 milhões de euros, representando um aumento de 30% face ao período homólogo.

Pedro Pires de Miranda, presidente executivo da Siemens Portugal, divulgou que a empresa tem “uma carteira de encomendas no valor de 850 milhões de euros, perspetivando que esse valor possa chegar aos 900 milhões de euros até ao final do ano”, e destacou ainda que os resultados obtidos em Portugal são “a confiança de que precisamos para continuar a investir no país”.

Sobre a Siemens Portugal


Há mais de 112 anos no país, a empresa tem marcado o desenvolvimento das infraestruturas de Portugal nas áreas da energia, indústria, mobilidade e tecnologias para edifícios empregando atualmente no seu universo mais de 2.150 profissionais.

Em território nacional, a Siemens tem ainda vários centros de competência mundiais nas áreas da energia, infraestruturas, tecnologias de informação , serviços partilhados e laboratórios aplicacionais que exportam engenharia e serviços made in Portugal para 37 países. Possui também uma fábrica de quadros elétricos que exporta 95% da sua produção para clientes em todo o mundo.

Se ficou interessado em candidatar-se, consulte as vagas disponíveis aqui.

Veja também: