Publicidade:

Tenha cuidado! Erros no IRS podem custar-lhe até 22.500 euros

A partir de hoje já pode entregar a declaração de IRS relativa ao ano de 2018. Porém, tenha atenção aos pormenores, pois as multas são pesadas.

Tenha cuidado! Erros no IRS podem custar-lhe até 22.500 euros
Coimas variam entre 375 e 22.500 euros

Não se apresse a entregar a declaração de IRS relativa ao ano fiscal de 2018. Apesar de já o poder fazer a partir de hoje, dia 1 de abril, é importante que dedique algum tempo a verificar com calma todos os detalhes. Isto porque se entregar a declaração com “mentiras fiscais” corre o risco de ser multado pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT).

Recorde-se, a este propósito, que o Regime Geral das Infrações Tributárias estabelece que os enganos para com o Fisco implicam uma coima de 375 euros a 22.500 euros.

Uma omissão e uma falsificação têm, contudo, sanções diferentes. Dado que a falsificação é comparada a um crime de fraude fiscal, a coima varia entre 750 euros e os 37.500 euros.

No caso de omissão, onde se verifique que não existiu intenção de dolo, as multas da AT podem ser reduzidas. Isto no caso de o contribuinte corrigir o erro ou não tiver cadastro.

Note-se que a declaração de substituição ao documento com erros só pode ser entregue até 30 dias depois da primeira.

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].