Publicidade:

Exposição Paula Rego em Gaia. Entrada gratuita até 30 de abril

A exposição Paula Rego em Gaia está patente a Casa-Museu Teixeira Lopes/Galerias Diogo de Macedo e mostra uma seleção de obras da artista de 1982 a 2006. A entrada é gratuita.

Exposição Paula Rego em Gaia. Entrada gratuita até 30 de abril
Foto: ©2018 Nick Willing

A Exposição Paula Rego em Gaia está patente na Casa-Museu Teixeira Lopes/Galerias Diogo de Macedo e promete deslumbrar e surpreender todos aqueles que desejam saber mais sobre a vida e obra de um dos nomes maiores da pintura portuguesa.

Exposição Paula Rego em Gaia. Um talento único


Paula Rego, 1982-2006: Uma Seleção

Esta exposição com obras de Paula Rego em Vila Nova de Gaia tem curadoria de Catarina Alfaro, que é também coordenadora da programação e conservação da Casa das Histórias Paula Rego, em Cascais.

Até dia 30 de abril, poderá contemplar um espólio que totaliza 60 obras desta notável artista portuguesa. As obras estão distribuídas pelas três salas de exposições temporárias das Galerias Diogo de Macedo, apresentando três temáticas distintas: uma dedicada aos anos 80, outra aos anos 90 e uma outra com o tema Peter Pan.

A curadora Catarina Alfaro confidenciou à Agência Lusa que “esta série condensa todo um imaginário infantil, recriando um mundo de fantasia, de faz-de-conta sobre a fantástica história de Peter Pan, o rapaz que se recusava a crescer”, lembrando que, por outro lado, “coloca-nos frente a frente com a vivacidade e a solidez do mundo imaginário da artista, onde as histórias ouvidas durante a infância funcionam como verdadeiras estruturas realistas que integram aspetos da sociedade e seus arquétipos”.

A fantástica exposição nasce fruto da parceria desenvolvida entre a Casa das Histórias Paula Rego, Fundação D. Luís I, Câmara Municipal de Cascais e o Pelouro da Cultura e Programação Cultural da Câmara Municipal de Gaia.

Horário

  • De terça a sexta, das 09h às 12h30; das 14h às 17h;
  • Aos sábados, das 09h às 12h; das 14h às 17h;
  • Aos domingos, das 10h às 12h; das 14h às 17h.
  • Preço: Gratuito

Nota: A entrada para a exposição é feita pelas Galerias Diogo de Macedo, rua Conselheiro Veloso da Cruz, nº 714 (mesmo em frente ao Arquivo Municipal Sophia de Mello Breyner).

Paula Rego, biografia

Paulo Rego nasceu no dia 26 de janeiro de 1935, em Lisboa. Entre 1945 e 1951, frequentou a St. Julian’s School, em Carcavelos. O seu importante ingresso na Slade School of Fine Art, Londres, ocorreu no ano de 1952 e aí permaneceu até 1956.

Foi nessa escola que conheceu o homem com quem viria a casar e com quem teve três filhos, Victor Willing, artista inglês. Recebeu o 1º prémio de Summer Composition, Slade School of Fine Art, em 1954 e, entre 1962 e 1963, é bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian.

Seguem-se anos onde vai vivendo entre Portugal e Inglaterra, até que em 1976 fixou residência em Londres. Sucederam-se diversos momentos importantes em solo britânico, tais como ser professora convidada de Pintura na Slade School of Fine Art, em 1983; ter a primeira grande exposição individual na Serpentine Gallery, em 1988; receber, de diferentes universidades, títulos de Mestre e de Doutora honoris causa e, no ano de 2004, ser condecorada com a Grã-Cruz da Ordem de Sant’Iago da Espada, concedida pelo Presidente da República de Portugal.

Em 2009, inaugurou a Casa das Histórias Paulo Rego, na cidade de Cascais. Este museu, dedicado à obra de Paula Rego e Victor Willing, foi um projeto arquitetónico com a assinatura de outro ilustre português, o arquiteto Eduardo Souto de Moura.

Atualmente, a artista Paula Rego continua a viver e a trabalhar na capital inglesa.

Veja também: